Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


jueves, 25 de junio de 2009

Vídeo que localizei entre as Mensagens já enviadas e as que vou enviar postando pelo Blog!

Como ter a Vida Eterna?

Quem não gostaria de ter a Vida Eterna?

Se você quer saber como tê-la, leia com atenção o que vem escrito abaixo.

Salmos 37; 5: Entrega o teu caminha ao Senhor, confia nEle e Ele tudo fará.

João 8; 32: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

João 5; 24 e 26: Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida. Porque, como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu também ao Filho ter a vida em si mesmo.

João 3; 34-36: Porque aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus; pois não lhe dá Deus o Espírito por medida. O Pai ama o Filho, e todas as coisas entregou nas suas mãos. Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece.

João 17; 3: E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

1 João 5; 13: Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus.

Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

Tempo pra Deus!

CONTA BANCÁRIA
• EU DEPOSITEI AMOR E BENÇÃOS EM SUA CONTA BANCÁRIA.
E A MELHOR PARTE DISTO É QUE NÃO LHE CUSTARÁ NADA.
EU PEÇO QUE VOCÊ USE ISTO EM ABUNDÂNCIA

SUA SENHA É: J-E-S-U-S

** NOTÍCIA IMPORTANTE **

SE VOCÊ PERDER SUA SENHA, VOCÊ PERDE TUDO.

FAÇA UM DEPÓSITO NA CONTA DE ALGUÉM HOJE!!
QUE SEUS PROBLEMAS SEJAM MENOS,
SUAS BÊNÇÃOS SEJAM MAIS
E NADA MAS ALÉM DE FELICIDADE
ENTRE POR SUA PORTA.



Se eu não receber esta de volta,
Eu saberei que você realmente
não leu esta mensagem.
Eu a recebi de alguém
e achei que a última parte
é um pensamento muito bom.

O pior é que a pessoa que me
enviou a mensagem, não conhece
dez pessoas que admitem conhecer
Nosso Senhor.

Se eu envio a mensagem para você,
por favor envie-a de volta para mim,
para que eu saiba que meus
amigos de verdade conhecem
NOSSO SENHOR.


Eu conheço dez Cristãos!

Você O ama?

Este é um simples teste:
SE VOCÊ AMA JESUS,

REPASSE PARA NO MÍNIMO DEZ
PESSOAS, INCLUINDO A MIM, QUE LH E ENVIOU!



O POEMA

Eu me ajoelhei para orar,
mas não por muito tempo,
Pois tenho muito a fazer.
Eu tive de apressar e ir trabalhar,
Pois contas em breve precisam ser pagas.
Assim, me ajoelhei e orei apressadamente
e me levantei depressa de meus joelhos.
Minha obrigação Cristã foi feita.
Minha alma pode descansar em paz...
Por todo o dia eu não tive tempo de espalhar uma palavra de alegria,
Sem tempo de falar de Cristo aos amigos,
Eles ririam de mim, eu receio.
Sem tempo, sem tempo, muita coisa a fazer,
era minha constante reclamação
Sem tempo para dar às almas necessitadas,
Mas por último o tempo, o tempo de morrer,
eu fui perante Nosso Senhor,
eu entrei e fiquei de olhos baixos.
Pois em Suas Mãos , Deus tinha um livro,
O Livro da Vida!
Deus olhou em Seu Livro e disse:
'' Seu nome não consigo encontrar,
Uma vez Eu ia escrever seu nome...
Mas nunca encontrei tempo''!!



Agora, diga, será que você tem tempo para repassar esta mensagem ?




Queridos Amigos e Irmãos,

Estou lhes repassando este e-mail, pois o achei muito interessante, até porque confirmou o assunto da Mensagem que eu já ia lhes enviar, pois esta mensagem é boa pra refletir sobre a importância do tempo e como o utilizamos? A que damos prioridade? O que estamos fazendo do nosso tempo? (Eclesiastes 3; 1-8: Há para todas as coisas um tempo determinado por Deus. Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de saltar; Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora; Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; Tempo de amar, e tempo de aborrecer; tempo de guerra, e tempo de paz.) Será que estamos fazendo com que outras pessoas conheçam a Jesus como nós o conhecemos, ou por não ter muito tempo pra conhecer e ter intimidade espiritual com Deus nós conseqüentemente também somos relapsos em pregar aos demais o amor de Jesus por cada um de nós, ou somos egoístas e queremos Deus só pra nós? Isto é uma prova de falta de amor pelo próximo e não se deve pensar assim, pois no céu há lugar pra mim, pra você e pra quantos mais tiverem vontade de estar ao lado do Pai das Luzes (Tiago 1; 17: Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação., Mateus 5; 13-16: Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.) que somos nós, que somos diferentes (santos, separados) deste mundo que jazz nas trevas e que ansiamos levar o amor de Cristo a toda criatura (Marcos 16; 15 e 16: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.).


Obs.: O termo “utilizar” quer dizer usar, porém não somente usar, usar de forma útil, proveitosa, edificante.

Leiam e Reflitam:

Argumentos que usam os que estão Sem Deus:


Muito novo;




Muito enamorado (apaixonado);




Muito preocupado;




Muito ocupado;




Muito velho;




Muito tarde (quando morrer)! “Hebreus 9; 27: E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo.”




Um Grande Engano!


Saiba, que é muito perigoso, se esconder atrás de uma desculpa: depois do estudo, ou depois de ter me casado, ou no fim da minha vida vou pensar sobre o céu e estas coisas.
A Bíblia diz em Provérbios 27; 1: “Não te glories do dia de amanhã. Porque não sabes do dia de amanhã, porque não sabes o que trará à luz.”
O tempo para tomar a decisão mais importante da sua vida não é amanhã ou em qualquer tempo, mas AGORA!
Está escrito na Bíblia: Eu te ouvi no tempo da oportunidade e te socorri no dia da salvação. Eis agora o tempo sobremodo oportuno, eis agora o dia da Salvação. Hoje se ouvires a sua voz, não endureçais os vossos corações.
Talvez amanhã ou mais tarde não haja mais oportunidade para você decidir-se por Jesus e receber o perdão dos pecados. Por isso não continue a sua vida sem Jesus, mesmo que você seja jovem ainda, ou já esteja trabalhando ou aposentado. Aceite agora a Jesus. Confesse os seus pecados a ELE e abra o seu coração totalmente para Jesus, então tudo dará certo, e a sua vida nunca mais será sem sentido.
“Aquele que tem o filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.”
Marcos 8; 36 e 37: Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Ou, que daria o homem pelo resgate da sua alma?

Salmos 37; 5: Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

Por Amor a Você!

Exatamente isto, por amor a você é que foram redigidas estas linhas. Pelo fato de existir alguém que efetivamente se preocupa com você, para quem você é importante, e que realmente quer e pode ajudar-lhe.
Certamente você dirá que isto não existe. E você até tem razão, porque entre as pessoas isto não existe, mas saiba, aquele que conhece o seu íntimo, e ama e se dedica a você, este é Jesus Cristo.
Ele já demonstrou o seu amor por você, pelo fato de ter morrido por você. Na Bíblia lemos em João 15; 13: “O maior amor que alguém pode ter pelos seus amigos é dar a vida por eles.”
Aquilo que ninguém podia fazer por você, Jesus fez.
O que fazer, quando um amigo chegado ou um conhecido quiser presentear você?
Como este objeto passa a ser sua propriedade?
Pela aceitação do presente, ele não precisa ser pago. Além disto, existem coisas que não podem ser pagas. No Salmo 49; 7 e 8 consta: “Mas ninguém pode salvar-se a si mesmo nem pagar a Deus o preço da sua vida, porque não há dinheiro que pague a vida de alguém. Por mais dinheiro que uma pessoa tenha.”
Assim é com o presente, que Jesus quer ser para você. Sua dívida perante Deus você não pode pagar, ela é demasiadamente alta, só lhe resta uma alternativa, aceitar o perdão que Jesus lhe quer dar. Você só pode aceitá-lo ou rejeitá-lo. Não esqueça, quando você rejeita, então o terrível sofrimento de Jesus, sua morte e o seu amor por você ficam sem efeito.
Com a sua decisão fica confirmado, que aquilo que Jesus fez, não tem nenhum efeito, ou, você vai reconhecer o conteúdo deste presente, que são: Perdão dos seus pecados, profunda Paz e uma Alegria perene além de um guia diuturno. Nunca mais você terá o sentimento de ter sido abandonado, mesmo que as pessoas o façam, a fidelidade de Jesus é eterna.
Em Romanos 6; 23 lemos: “Por que o salário do pecado é a morte, mas o presente de Deus é a vida eterna para quem está unido com Jesus Cristo, o nosso Senhor.”
O que você faz com o presente de Deus? Você o aceita ou o rejeita?

E.K.

Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

Vivendo na Verdade!

Como é que está a tua vida hoje?
Você tem semeado o Amor de Cristo?
Você tem perdoado aquele que te fez o mal?
Você tem sido compassivo, amoroso e humilde?
Quando alguém te estendeu a mão para lhe pedir ajuda, você se compadeceu dele?
Você tem sido fiel a Deus?
Você tem se afastado das coisas profanas deste mundo?
Você tem se corrigido quando erra?
Você tem feito de Jesus a sua Única regra de Fé?
Quando você ora, Jesus têm sido o Único Mediador entre você e Deus?
Você se mantém afastado das idolatrias?
Você lê a Bíblia?
Antes de ler a Bíblia, você ora para que Deus lhe dê entendimento?
Se você faz tudo isso com humildade, medite nesta mensagem:
“Bem-Aventurados os humildes de espírito, porque deles é o Reino dos Céus. Bem-Aventurados os manso, porque eles herdarão a terra. Bem-Aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.” Mateus 5; 3, 5 e 7.
Você pode perguntar: O que eu faço para ser bem sucedido e Bem-Aventurado?
Para a tua pergunta Deus te dá a Resposta: “Ele, porém, respondeu: Antes Bem-Aventurados são os que ouvem a Palavra de Deus e as guardam!” Lucas 11; 28.
Porque a palavra é a edificação do homem, para quem ouve e as pratica.
“Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica, será comparado a um homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. E caiu a chuva, transbordaram os rios, e sopraram os ventos, e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha.” Mateus 7; 24 e 25.
Amados estamos aqui só de passagem; dores e sofrimentos (João 16; 33 b: ...no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.), são passageiros, tudo nesta vida passa, mas a palavra de Deus permanece para sempre.
“Seca-se a erva, e caem as flores, soprando nelas o hálito do Senhor. Na verdade, o povo é erva. Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus permanece eternamente.” Isaias 40; 7 e 8.
“E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que fez a vontade de Deus permanece para sempre.” 1 João 2; 17.
Desejo que esta mensagem sirva pra você e que Deus venha através de sua palavra, dar ânimo aos desanimados, fortalecer os que estão fracos, levantar os que estão caídos, curar os enfermos e te encorajar cada vez mais, para que possas vencer as lutas do dia e que a Paz de Deus esteja contigo. Amém!

Jesus te Ama!

Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

Você diz: Tenho Deus no meu Coração!

Será que você está no Coração de Deus?

Mateus 15; 18 e 19: Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem.
Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias.

Salmos 101; 4 e 5: Um coração perverso se apartará de mim; não conhecerei o homem mau. Aquele que difama o seu próximo às escondidas, eu o destruirei; aquele que tem olhar altivo e coração soberbo, não suportarei.

Entre hoje no Coração de Deus!

Provérbios 21; 2: Todo caminho do homem é reto aos seus olhos, mas o SENHOR sonda os corações.

Jeremias 24; 7: E dar-lhes-ei coração para que me conheçam, porque Eu Sou o SENHOR; e ser-me-ão por povo, e eu lhes serei por Deus; porque se converterão a mim de todo o seu coração.

Ezequel 11; 19: E lhes darei um só coração, e um espírito novo porei dentro deles; e tirarei da sua carne o coração de pedra, e lhes darei um coração de carne;

Receba um novo coração, e viva no Coração de Deus.

Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

Escolha Certa!

Sua prioridade: Igreja ou a Família?

Qual a sua prioridade, Igreja ou a sua Família?
"Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel." (1 Timóteo 5; 8). Qual que vêm em primeiro lugar? A Igreja, a denominação ou a família. Hoje gostaríamos de abordar este assunto esclarecendo o seguinte:

A Igreja é importante, pois o Senhor a instituiu, porém a mesma é composta de famílias. A Igreja é importante, pois é através da mesma que os princípios de vida cristã são ensinados, através da doutrina da Palavra de Deus, a Bíblia; Porém é na família que o alicerce deve ser lançado. Na Igreja é onde devem estar os verdadeiros homens e mulheres de Deus, chamados para o Ministério Pastoral, porém é na família cristã, é que eles nasceram seguindo o exemplo de seus pais na vida de fé.

A Igreja é o lugar da união de pessoas que se dizem cristãs, ou seja, seguidoras de Jesus Cristo, porém é na família que esta unidade deve ser ensinada e vivida. A Igreja (templo) é o local onde as famílias vão adorar o Senhor entregando as suas vidas no altar em completo arrependimento de seus pecados, porém é na família que o altar de Deus encontra as vidas. É bom lembrar que a Igreja como nós a conhecemos, um templo de quatro paredes não era a prioridade na Igreja primitiva. As Igrejas se reunião nos lares. O lar era um permanente seminário de instruções cristãs, onde os preceitos, onde os mandamentos, os ensinos do Senhor eram aprendidos para serem praticados.

Infelizmente hoje a realidade é bem diferente. Os lares não estão cumprindo o seu papel na instrução dos verdadeiros valores de Deus. De fato alguns colocam a Igreja (a denominação) como prioridade, talvez por não sentirem a presença de Deus em suas próprias casas. Os homens como sacerdotes, não estão cumprido o seu papel de pastoreio de suas famílias. Eles precisam levá-las ao templo para que outros ministrem a elas. Os filhos não estão recebendo orientação Bíblica em suas casas. Pela misericórdia de Deus quando alguns se convertem necessitam de famílias espirituais diferentes da sua de origem para receberem delas cuidado. Não deveria ser assim, pois é a partir da família que o alicerce deve ser lançado, fundamentado. A família em torno da Palavra, dos cânticos, do testemunho, da comunhão e oração. É como pesar que informamos que muitas Igrejas estão doentes e estão na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo). Doentes porquê? Porque suas famílias não recebem alimento diário. Este alimento só é dado nos finais de semana por outras pessoas e diga-se de passagem, por alguns que nem são credenciados para isto. Durante a semana ficam famintas porque a leitura da Palavra e a oração estão sendo negligenciadas em seus próprios lares.

Outro dado também alarmante é o que diz respeito à família pastoral. Pastores espalhados neste mundo que têm um enorme zelo em alimentar as famílias de sua Igreja, mas que deixa a sua própria, faminta. Nos cultos, nas classes de escola bíblica, transformam-se em homens santos, poderosos na oração. São mestres na hora de expulsar os demônios, porém em casa não são sacerdotes. Maltratam suas esposas, espancam os seus filhos e se transformam totalmente. Estes homens em nome de sua denominação e até em nome de Deus abrem os seus pulmões e dizem: “A Igreja vêm em primeiro lugar, depois a família e ponto final”.

1 Timóteo 3; 12 e 13: Os diáconos sejam maridos de uma só mulher, e governem bem a seus filhos e suas próprias casas. Porque os que servirem bem como diáconos, adquirirão para si uma boa posição e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus.

Tito 1; 5-11: Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem as coisas que ainda restam, e de cidade em cidade estabelecesses presbíteros, como já te mandei: Aquele que for irrepreensível, marido de uma mulher, que tenha filhos fiéis, que não possam ser acusados de dissolução nem são desobedientes. Porque convém que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro da casa de Deus, não soberbo, nem iracundo, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância; Mas dado à hospitalidade, amigo do bem, moderado, justo, santo, temperante; Retendo firme a fiel palavra, que é conforme a doutrina, para que seja poderoso, tanto para admoestar com a sã doutrina, como para convencer os contradizentes. Porque há muitos desordenados, faladores, vãos e enganadores, principalmente os da circuncisão, Aos quais convém tapar a boca; homens que transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância.


Amados do Senhor. A instrução que você está recebendo neste momento têm o respaldo bíblico. A Palavra de Deus nos diz: “Mas se alguém não cuida dos seus e principalmente dos de sua família negou a fé e pior que o incrédulo”. Depois de Deus, a família deve vir em primeiro lugar e a seguir a Igreja. A família em relação aos dogmas precisa estar na frente. Que adianta, por exemplo, eu como pastor, ganhar inúmeras famílias para Cristo, e perder a minha para o diabo. A Igreja nada mais é, do que a extensão do meu lar. Se canto na Igreja devo cantar em meu lar, se prego na Igreja devo pregar em meu lar, se mantenho comunhão com outras famílias na Igreja, eu devo também ter comunhão com os da minha casa. Por não observar estas verdades em que vemos tantos relacionamentos frustrados, tantas famílias desunidas, longe de Deus, angustiadas, tristes e sem vida espiritual.

Eu tenho o pensamento que um trabalho de evangelismo deve ter o seu ponto de partida na nossa casa. Precisamos levar os de nossa casa a Cristo urgentemente. Alguns se justificam citando a passagem bíblica em que Jesus disse: “Quem não deixar pai e mãe, irmãos, casa, campos por amor de mim, não verá o Reino de Deus”. Se expressam assim para poder continuar agindo em duplicidade em suas vidas. Amados, devemos ser um Cristo, uma mesma pessoa na Igreja e dentro de casa. Não devemos usar mascaras. Devemos ser transparentes, devemos ser nós mesmos.


A Igreja somos nós. A Igreja não é quatro paredes. São pessoas lavadas e remidas pelo sangue do cordeiro. A verdadeira Igreja é composta de santos, Isto é, de santificados pela Palavra do Senhor. Não são poucos obreiros por aí que gastam noites de oração em vigília, buscando ao Senhor. São bons pregadores, expositores da Palavra, mas em seus lares parecem que são outras pessoas, se parecem com incrédulos. Eu tenho as minhas dúvidas se o Senhor os atende.


Que Deus nos ilumine debaixo de sua Graça, de sua unção para reconhecermos que a nossa família tem prioridade em relação ao cuidado que julgamos ter com a nossa Igreja. Deus tenha misericórdia do seu povo chamado de Cristão, ou seja, seguidor de Jesus Cristo.
Quero orar por você. De repente o seu lar está vivendo exatamente esta realidade. Como se dizem por aí. “É pastor, o senhor mexeu na ferida”. De repente o seu cônjuge é uma pessoa dentro de sua casa e outra pessoa quando está em comunhão com outras pessoas. No lar, ele deixa a desejar, parece que é um incrédulo, mas na igreja ele ora, ele lê a bíblia e até sai com o grupo para evangelizar. Não pode ser assim. Temos que ser a mesma pessoa em todos os lugares que estivermos. Por que Deus habita em nosso coração. Isto quer dizer que, por onde andarmos levaremos a presença de Deus conosco. Não faz sentido vivermos em duplicidade. Por isso eu quero orar para quebrar toda esta situação no seu lar. Para isso você precisa exercer fé neste momento, porque sem fé é impossível agradar a Deus. E a fé vem pelo ouvir e ouvir a Palavra Deus.


Oração: Nosso Deus, eu quero apresentar este internauta e a sua família diante do Senhor. Que haja concerto nesta oportunidade. Que haja entendimento da tua Palavra, tal qual ela nos apresenta. Abençoa Senhor com Poder e que a prioridade seja a família na vida daquele que te serve em espírito e em verdade. Desfazemos neste instante tudo aquilo que têm atrapalhado a comunhão familiar. Que a família nunca fique em segundo plano. Esclarece isto às mentes e corações que estarão em contato com este texto. Oramos em nome de Jesus Cristo, a quem damos a honra e o Louvor, hoje e por todo sempre. Amém, e amém.

Fonte: Pr. Nelson R. Gouvêa
www.ministeriocomfamilias.com.br
Um parceiro Melodia
www.melodia.com.br


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

“Mulher Rixosa”

Melhor é obedecer do que sacrificar!

“Melhor é morar num canto do eirado, do que com a mulher rixosa numa casa ampla” (Provérbios 21; 9)

Continuando os estudos sobre os tipos de mulheres citados no livro de provérbios, abordaremos agora a origem da personalidade da mulher rixosa.

A Bíblia nos fala que muito melhor é estar em situação difícil, às vezes morando ao lado de um nascente de águas do que viver numa casa ampla com a mulher rixosa. Mas o que significa ser rixosa?

O termo utilizado no original, em hebraico, quer dizer “dado a contendas, facilmente enraivecido” ou então poderia ser alguém implicante. É o retrato daquela que simplesmente provoca uma briga pelo simples prazer de brigar ou implicar, a Palavra de Deus compara a um gotejar continuo.

Interessante que nas guerras de antigamente e em filmes ouvimos falar desse tipo de tortura, onde a pessoa fica ouvindo um gotejar continuo até a pessoa confessar o crime. Geralmente a pessoa rixosa também costuma se achar a dona da situação, somente ela está certa, ela não acredita em nada diferente daquilo que pensa, nem adianta argumentar. E geralmente se você teimar em contradizê-la ela pode ter inclusive uma atitude agressiva.

Lembra muito uma criança quando contrariada, ou então aquelas que tiveram seus brinquedos pegos por outra na escola, que revidam com agressividade. E realmente esse comportamento tem origem na infância mesmo.
“Quem é tardio em irar-se é grande em entendimento; mas o que é de ânimo precipitado exalta a loucura”. (Provérbios 14; 29)

O mais interessante disso tudo é que mães rixosas freqüentemente geram filhas rixosas, não que seja hereditário, mas como a mãe nunca teve a sua vontade voluntariosa quebrada quando criança, mais tarde não vai se adaptar tão facilmente com os “nãos” da vida e poderá ficar assim.

Desta forma, se ela não foi contrariada, dentro do limite correto, na sua criação, como poderá educar a sua filha? A raiz traduzida de rixosa sugere o contrário de submissa, dominada, obediente e governada.

A psicologia prega que a criança deve ser frustrada, não demasiadamente, mas o necessário, para conseguir assimilar melhor o não que amanhã irremediavelmente a vida acabará lhe dando. Pais que tendem a fazer todas as vontades dos filhos, que jamais dizem não, que ao menor sinal de choro já atendem suas solicitações, estão correndo sério risco de criarem filhos rixosos.

“Aquele que poupa a vara aborrece a seu filho; mas quem o ama, a seu tempo o castiga”. (Provérbios 13; 24)
Hebreus 12; 5-11: E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, E não desmaies quando por ele fores repreendido; Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos. Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos? Porque aqueles, na verdade, por um pouco de tempo, nos corrigiam como bem lhes parecia; mas este, para nosso proveito, para sermos participantes da sua santidade. E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela.
É preciso entender que os filhos são criados para o “mundo” e por isso temos que prepará-los da melhor forma possível. Um autor escreveu uma vez que educar dá trabalho, mas se faz extremamente necessário. Hoje em dia a televisão, as creches, as igrejas, as escolas estão estabelecendo erroneamente a função principal de educadores, contudo esta que deve ser primariamente dos pais. E os pais ocupados, por sua vez, quando ficam com seus filhos começam a fazer todas as vontades deles, para que eles não fiquem tristes nos poucos momentos que estão juntos. Esses pais não imaginam o dano que estão causando aos seus filhos.”

Não que devam ser maus, mas sim justos e diligentes, uma coisa que está errada vai estar errada sempre o mesmo para algo que estiver certo, não vale deixar o cansaço cegar as situações, tem que haver uma Constância.
A Bíblia fala muito em mulher rixosa, mas acontece que há homens também assim e estes geralmente são aqueles que não estão satisfeitos com nada, mudam de opinião freqüentemente e também tem demonstrado grande instabilidade em seus relacionamentos pessoais e afetivos.

Geralmente, são pessoas, que foram muito mimadas na infância, que não tiveram a oportunidade de defrontar-se com as possibilidades da vida apresentadas pelos pais, pois eles sempre diziam sim. Desta forma a criança cresce, torna-se adulta, mais ainda carrega dentro de si uma certeza, meio que inconsciente que se ela “chorar insistentemente”, ou melhor, neste caso, falar insistentemente, cobrar insistentemente, pressionar insistentemente, poderá conseguir aquilo que quer.
Às vezes pode até conseguir mesmo, mas como vai ficar a sua imagem diante desta pessoa depois? Provavelmente será vista como aquela torneira quebrada que pinga a noite inteira, não permitindo que ninguém durma ou tenha paz.

“A mulher aprazível obtém honra” (Provérbios 11; 16 a)
Mas ao contrário desta mulher, encontramos a graciosa, esta é uma pessoa de comunicação agradável, atenciosa e tangível. Esta mulher é capaz de dialogar, incentivar, reconhecer suas limitações e lutar para superá-las. (Provérbios 18; 22: O que acha uma mulher acha uma coisa boa alcançou a benevolência do Senhor, Provérbios 19; 14b: ...do Senhor vem a mulher prudente, Provérbios 31; 10, 29 e 30: Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis. Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente! Enganosa é a graça, e vaidade, a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada)

Tudo isso depende da educação dada pelos pais. Reflita sobre a educação de seus filhos, como os tem criado e torne-o um ser humano aprazível no futuro, mesmo que não entenda na hora, mais tarde ele vai te agradecer.
“O filho sábio ouve a instrução do pai; mas o escarnecedor não escuta a repreensão”. (Provérbios 13; 1)

Em Cristo,

Missionária Adriana Fonte
Um parceiro Melodia
www.melodia.com.br


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

Jóia preciosa

Como ser uma mulher virtuosa

"Mulher virtuosa, quem a pode achar? Pois o seu valor muito excede ao de jóias preciosas". (Provérbios 31; 10)

Cada vez tem sido mais raro encontrar a mulher virtuosa nas nossas igrejas. O mundo tem contaminado o pensamento e personalidade das jovens com coisas destrutivas e superficiais. Infelizmente, por ser extremamente fácil persuadir uma adolescente com as idéias que compreendem a mulher sensual, muitas têm se deixado levar. A mulher sensual constitui-se de alguém moralmente falando não muito firme, dada a sexualidade e com isso acaba se tornando indiferente a pecados.

"Porque os lábios da mulher licenciosa destilam mel, e a sua boca é mais macia do que o azeite; mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois gumes. Os seus pés descem à morte; os seus passos seguem no caminho do Seol. Ela não pondera a vereda da vida; incertos são os seus caminhos, e ela o ignora". (Provérbios 5; 3-6).
Algumas características identificam a mulher sensual: Ela fala manso, palavras agradáveis, geralmente tem sido aquela que aparece nas horas em que você esta mais frágil, precisando levantar a sua auto-estima, ou então pode ser aquela que deseja ser sempre o centro das atenções.

Porém refletindo um pouco sobre a sua vida, vai perceber que foi marcada por relacionamentos instáveis, freqüentemente muda de amigos ou de namorado, mesmo com toda a sua beleza. Aliás, a sua instabilidade permeia todo o seu comportamento, muda de idéia sobre pessoas e coisas, quase como quem muda de roupa. "A qual abandona o companheiro da sua mocidade e se esquece do concerto do seu Deus" (Provérbios 2; 17)

Quanto a sua espiritualidade, mostra-se superficial, não há um aprofundamento, uma preocupação real em servir e seguir ao Senhor, somente quando a convém e geralmente se faz de vítima quando isso acontece ou é pega num desses atos. Há também uma preocupação muito grande com a sua aparência e seu exterior, enquanto o seu interior necessita urgentemente de cuidados e ela geralmente ignora isso. Outra coisa muito comum, pela sua instabilidade e sua apostasia, aliados a sua capacidade de lisonjear e falar coisas galanteadoras, é a capacidade de contar histórias mirabolantes, enganando, manipulando ou seduzindo alguém, sempre tendendo para o lado emocional, inclusive exagerando-o.

O mundo tem criado este estereótipo, esta mulher que vive sempre rodeada de amigos e pretendentes. A televisão esta cheia delas, vendendo todos os dias esta imagem, mas como a Bíblia cita o fim dela é amargo, inclusive para si própria, muitas no fim da vida se vêem sozinhas. Faz-se necessário alertar sobre quanto pode ser prejudicial um comportamento assim no futuro, várias adolescentes têm se deixado levar por estes conceitos mundanos, mas eles nada oferecem, pois esses caminhos levam para lugares incertos e espinhosos.

Mas em contraste com essa mulher encontramos a mulher virtuosa: "A mulher virtuosa é a coroa do seu marido; porém a que procede vergonhosamente é como apodrecimento nos seus ossos". (Provérbios 12; 4). A mulher virtuosa tem a personalidade firme, mostra-se forte, capaz e eficiente, é uma mulher com força de caráter, entrega-se a Obra do Senhor, presta atenção em seu interior tanto quanto, ou mais que o exterior.

Vale ressaltar que nada há de errado em se preocupar com seu exterior, mas uma vez que isso se torna o mais importante na vida da pessoa, parece no mínimo preocupante e obviamente superficial. Esta mulher, a virtuosa, é conhecida por ter bons amigos, duradouros, é uma pessoa que se pode contar nos momentos incertos, com personalidade marcante e com uma opinião formada sobre determinados assuntos e é capaz de defendê-la quando necessário, ao contrário da outra que muda conforme a sua conveniência.

Esta última verdadeiramente é a coroa do marido, pois ele sabe que pode contar com ela em seus planos, na construção de um lar, na exposição de idéias e um dialogo. Pode ser até que não esteja tão rodeada assim de amigos, mas com certeza quem se aproximar dela vai estar certo de ter conhecido uma pessoa marcante, cativante e em quem se pode confiar. Assim mulheres, não se deixem levar pelo mundo, afinal as cristãs devem ser conhecidas desta forma, pois não há melhor gloria do que esta.
"Agora, pois, minha filha, não temas; tudo quanto disseres te farei, pois toda a cidade do meu povo sabe que és mulher virtuosa". (Rute 3; 11)

Em Cristo,

Missionária Adriana Fonte
Um parceiro Melodia
www.melodia.com.br

Obs.: Às mães, desde já, Felicito-as pelo seu DIA!

Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

Preconceito ou Moralidade?

Opinião
TV: Preconceito ou Moralidade?

Nestes últimos tempos, essas duas coisas têm causado grande confusão na mente das pessoas, embora completamente distintos. O primeiro necessário e aprovado pela Bíblia; o segundo deveras reprovado pela sociedade e também pela Palavra de Deus.

O problema consiste que às vezes as pessoas não conseguem diferenciar um do outro. Hoje em dia cada vez mais os "modismos" estão sendo aderidos, inclusive nas igrejas. "Se morrestes com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos sujeitais ainda a ordenanças, como se vivêsseis no mundo" (Colossenses 2; 20)

A televisão traz dia-a-dia a imoralidade e práticas não saudáveis como normal para dentro de nossa casa, fazendo com que nossos filhos se acostumem cada vez mais a eles e não fiquem mais chocados quando vêem uma coisa dessas como na época de nossos pais.

Este silencioso vilão sorrateiramente vai condicionado a nova geração, dia após dia a conviver com a imoralidade e degradação ética. Geralmente o povo evangélico tem sido taxado como preconceituoso, mas essa não seria a palavra mais adequada.

"Porque a nossa glória é esta: o testemunho da nossa consciência, de que em santidade e sinceridade de Deus, não em sabedoria carnal, mas na graça de Deus, temos vivido no mundo, e mormente em relação a vós". (2 Coríntios 1; 12). Não devemos nos apegar a estas coisas, devemos sim transformá-las.

"E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas" (2 Coríntios 5; 17). Devemos amar o pecador, mas jamais aderir ao pecado. Jesus mesmo disse que veio para os doentes e não para os que estão sãos. Só que entre um e outro há uma diferença muito grande. É também óbvio que não devemos atirar a primeira pedra, mas mesmo à mulher adúltera, Jesus mandou que ela fosse e não pecasse mais.

Obviamente Deus é misericordioso com os pecadores, mas odeia o pecado, pois a maravilhosa graça de Deus é transformadora. "Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que abunde a graça?

De modo nenhum. Nós, que já morremos para o pecado, como viveremos ainda nele?" (Romanos 6; 1 e 2). Não é que sejamos preconceituosos, mas não devemos aderir ao pecado ou achá-lo normal, antes de mais nada devemos combatê-lo. Toda vez que meu filho vê algo desse tipo na televisão e eu não consigo desligar a tempo, eu critico a atitude vista nela e meu marido reforça.

Por mais que o mundo diga que essas coisas são normais, para a Bíblia não é e não pode ser para nós Cristãos também.

"Todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia" (1 João 3; 4). Deus é conservador, nem por isso é preconceituoso. E Ele jamais mudará a Sua Palavra principalmente só para satisfazer os desejos do coração ou da carne.
"Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos" (Tiago 2; 10).

Assim mães e educadoras, atentem ao que seus filhos vêem na TV e jamais ceda a uma coisa "imoral" porque é bonitinho ou porque seu filho não tem maldade ainda.
Lembre-se o maior intuito do inimigo é fazer com que seu filho se habitue com a imoralidade, para que mais tarde não se espante ou até seja adepto dela.

"Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele". (Provérbios 22; 6)
Não tenha medo, você não estará sendo preconceituosa, na verdade você estará apenas zelando pela moral e pelos bons costumes.

Em Cristo,
Miss.Adriana Fonte
Um parceiro Melodia
www.melodia.com.br

Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

JESUS o Filho do DEUS VIVO, Único e Suficiente Senhor e Salvador:

Tudo começou nEle, com Ele e para Ele:
João 1; 1-5: NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.

O castigo que nos traz a Paz estava sobre Ele:
João 1; 29: No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.
João 3; 16 e 17: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
2 Coríntios 5; 21: Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.

Deus tem uma solução para sua vida:
Oséias 14; 9: Quem é sábio, para que entenda estas coisas? Quem é prudente, para que as saiba? Porque os caminhos do SENHOR são retos, e os justos andarão neles, mas os transgressores neles cairão.
João 8; 32: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
João 14; 6 e 7: Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto.
1 Timóteo 2; 5 e 6: Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo.
Atos 4; 12: E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.
Gênesis 1; 27: Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro.
Salmos 3; 8: A salvação vem do SENHOR; sobre o teu povo seja a tua bênção. (Selá.)
Deuteronômio 6; 4 e 5: Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR.
Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.
Isaias 43; 11: Eu, eu sou o SENHOR, e fora de mim não há Salvador.
Isaías 42; 8: Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.
1 João 5; 11 e 12: E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.

Os que seguirem a Jesus não mais estarão sóis nas lutas, pois Ele nos ajuda a seguir adiante:
João 16; 33: Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.
João 17; 15-17: Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. Não são do mundo, como eu do mundo não sou. Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.

Mateus 6; 33: Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

Sofonias 2; 3: Buscai ao SENHOR, vós todos os mansos da terra, que tendes posto por obra o seu juízo; buscai a justiça, buscai a mansidão; pode ser que sejais escondidos no dia da ira do SENHOR.

Aos que derem ouvidos à pregação do Evangelho:
João 15; 15 e 16: Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer. Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.

Lucas 19; 9 e 10: E disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, pois também este é filho de Abraão. Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.
Josué 24; 15 b: ... eu e a minha casa serviremos ao SENHOR.
Atos 16; 31: E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Atenciosamente,
Erica Carla

Atento

Escutando a Voz do Espírito Santo

Ler: (Provérbios 8; 32-36: Agora, pois, filhos, ouvi-me, porque bem-aventurados serão os que guardarem os meus caminhos. Ouvi a instrução, e sede sábios, não a rejeiteis. Bem-aventurado o homem que me dá ouvidos, velando às minhas portas cada dia, esperando às ombreiras da minha entrada. Porque o que me achar, achará a vida, e alcançará o favor do SENHOR. Mas o que pecar contra mim violentará a sua própria alma; todos os que me odeiam amam a morte.)
Jesus disse: "...mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas..." (João 14; 16-26: E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós. Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais, mas vós me vereis; porque eu vivo, e vós vivereis. Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele. Disse-lhe Judas (não o Iscariotes): Senhor, de onde vem que te hás de manifestar a nós, e não ao mundo? Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. Quem não me ama não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou. Tenho-vos dito isto, estando convosco. Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.). Precisamos entender que vida no Espírito é a base, o fundamento da vida cristã, pois vida cristã é vida no Espírito (Romanos 8; 9 e 14: Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.). Ministrar sem estar cheio do Espírito Santo é como sino que tine, só faz barulho! Quando se fala de vida no Espírito, muitos pensam que só se trata de algo místico, mas a vida no Espírito implica em ouvir a Deus e obedecê-lo!
Certa vez, Moisés disse: "Se Tua Presença não for comigo não irei à lugar algum". O Espírito Santo é nosso amigo, companheiro, conselheiro, ajudador e nos guia a toda a verdade.
Espírito Santo = Consolador = Pessoa
Como escutar a voz do Espírito Santo?

1- "Calando outras vozes" que estão falando em nossa vida

- Devemos observar que tipo de "vozes" estão nos influenciando negativamente.
- Quais são as coisas que podem sutilmente nos influenciar impedindo que não escutemos a voz do Espírito Santo? R: amigos, conversas, músicas, brincadeiras, televisão, etc.
- As nossas atitudes devem ser moderadas e os nossos pensamentos ocupados com as coisas de Deus (Filipenses 4; 5-8: Seja a vossa eqüidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor. Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.).

2- "Calando-nos"

- Devemos nos "calar"! O Espírito Santo manifesta-se com respeito, Ele é educado! Quando "falamos" muito Ele não pode se manifestar. O Espírito Santo é comparado a uma pomba, que por sua vez, é sensível e se assusta facilmente.
- Devemos mudar o nosso vocabulário e fazer uma análise sobre aquilo que estamos dizendo (palavras) e fazendo (atitudes) - julgamentos, críticas, murmurações, palavras torpes, mentiras, etc. Deus está "pesando" nossas atitudes e cada palavra que sai da nossa boca (Mateus 12; 36 e 37: Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo. Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condenado. Efésios 4; 23-32: E vos renoveis no espírito da vossa mente; E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade. Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros. Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira. Não deis lugar ao diabo. Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção. Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós, Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.).

3- Aprendendo a "esperar"

- Fé e Paciência (Hebreus 6; 12-15: Para que vos não façais negligentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e paciência herdam as promessas. Porque, quando Deus fez a promessa a Abraão, como não tinha outro maior por quem jurasse, jurou por si mesmo, Dizendo: Certamente, abençoando te abençoarei, e multiplicando te multiplicarei. E assim, esperando com paciência, alcançou a promessa.)
Fé: Crer naquilo que o Espírito Santo irá fazer.
Paciência: Esperar o momento de Deus para que as coisas aconteçam.
- Precisamos aprender a esperar! Somos imediatistas! Existe um "preço" à se pagar que é o da comunhão e intimidade com Ele! (Mateus 6; 6: Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.; Salmos 25; 14: O segredo do SENHOR é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança.); queremos escutar a voz do Espírito Santo mas não queremos "pagar este preço". Sempre estamos rodeados de pessoas e de coisas para fazer e não temos um tempo a sós com Deus. Ele quer ter intimidade conosco! Ele quer se revelar à nós! Se escutarmos Suas Palavras seremos totalmente transformados!


- Lembre-se que o mais importante é a intimidade com Deus, depois o nosso serviço à Ele (Mateus 4; 10: Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.).
- Temos que aprender a remir o nosso tempo (Efésios 5; 16: Remindo o tempo; porquanto os dias são maus.) renunciando algumas das nossas atividades para podermos escutar a voz do Espírito Santo. Não confunda atividades com obrigações diárias!

4- Saindo do nosso "lugar cômodo"

- Estamos acomodados com a nossa maneira de orar, de ler a Palavra, de pregar o evangelho, de ministrar, etc, pensando que o que estamos realizando é o suficiente; mas o Espírito Santo irá romper com estas comodidades nos levando à uma nova maneira de viver como aconteceu com os discípulos de Jesus depois do pentecostes quando foram cheios do Espírito Santo e saíram para todos os lados orando, curando, pregando o evangelho, fazendo prodígios e maravilhas (At. 2).
- Quando começarmos a conhecer o coração de Deus, sairemos da nossa "zona de comodidade". Coisas que criticávamos e não fazíamos, o Espírito Santo nos levará a fazer para nos tirar do nosso lugar cômodo e agir através de nós nos dando ousadia, poder, autoridade, graça e unção. Seremos transformados em outras pessoas!
- O que é que o Espírito Santo irá tirar de nós para saírmos do comodismo? R: nossas vaidades, nossa rotina diária, nossos valores e conceitos em relação às coisas, etc.
- Se crermos, o Espírito Santo fará prodígios através de nós! Faremos "loucuras" aos olhos humanos; oraremos por enfermos nas ruas, pregaremos o evangelho nas ruas, escolas, bares, casas de prostituição, etc. Este será um tempo onde o Senhor nos quebrantará com lágrimas para orarmos pelos enfermos, os cansados e abatidos tendo um sentimento de compaixão pelas pessoas.

5- Louvando e Adorando ao Senhor

- Em meio ao louvor e adoração o Senhor falará conosco, pelejará as nossas batalhas, se levantará grandemente em nosso meio (cura, salvação, restauração e libertação) e nos mostrará seus caminhos. Satanás será derrotado e Deus exaltado! (Salmos 68; 1-3: Levante-se Deus, e sejam dissipados os seus inimigos; fugirão de diante dele os que o odeiam. Como se impele a fumaça, assim tu os impeles; assim como a cera se derrete diante do fogo, assim pereçam os ímpios diante de Deus. Mas alegrem-se os justos, e se regozijem na presença de Deus, e folguem de alegria.).
- Através do louvor Deus opera maravilhas nos concedendo vitórias (2 Crônicas 20; 19-22: E levantaram-se os levitas, dos filhos dos coatitas, e dos filhos dos coratitas, para louvarem ao SENHOR Deus de Israel, com voz muito alta. E pela manhã cedo se levantaram e saíram ao deserto de Tecoa; e, ao saírem, Jeosafá pôs-se em pé, e disse: Ouvi-me, ó Judá, e vós, moradores de Jerusalém: Crede no SENHOR vosso Deus, e estareis seguros; crede nos seus profetas, e prosperareis; E aconselhou-se com o povo, e ordenou cantores para o SENHOR, que louvassem à Majestade santa, saindo diante dos armados, e dizendo: Louvai ao SENHOR porque a sua benignidade dura para sempre. E, quando começaram a cantar e a dar louvores, o SENHOR pôs emboscadas contra os filhos de Amom e de Moabe e os das montanhas de Seir, que vieram contra Judá, e foram desbaratados.) e destruindo cadeias e grilhões (Atos 16; 19-34: E, vendo seus senhores que a esperança do seu lucro estava perdida, prenderam Paulo e Silas, e os levaram à praça, à presença dos magistrados. E, apresentando-os aos magistrados, disseram: Estes homens, sendo judeus, perturbaram a nossa cidade, E nos expõem costumes que não nos é lícito receber nem praticar, visto que somos romanos. E a multidão se levantou unida contra eles, e os magistrados, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas. E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança. O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco. E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos. E, acordando o carcereiro, e vendo abertas as portas da prisão, tirou a espada, e quis matar-se, cuidando que os presos já tinham fugido. Mas Paulo clamou com grande voz, dizendo: Não te faças nenhum mal, que todos aqui estamos. E, pedindo luz, saltou dentro e, todo trêmulo, se prostrou ante Paulo e Silas. E, tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar? E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa. E lhe pregavam a palavra do Senhor, e a todos os que estavam em sua casa. E, tomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite, lavou-lhes os vergões; e logo foi batizado, ele e todos os seus. E, levando-os à sua casa, lhes pôs a mesa; e, na sua crença em Deus, alegrou-se com toda a sua casa.).


"O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu, para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos, e a pôr em liberdade os algemados". (Isaías 61; 1: O espírito do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;)



Ronaldo Bezerra
www.ronaldobezerra.com.br
Um parceiro Melodia
www.melodia.com.br


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Atenciosamente,
Erica Carla

O que é a Páscoa?

Tudo começa com a ordem de Deus a faraó, através de Moisés, de libertar o seu povo. Mediante o poder de Deus, Moisés invoca pragas como julgamento contra o Egito e para mostrar a faraó que Deus não estava pra brincadeira. Enfim chega o momento da décima praga, o qual os egípcios não podiam escapar, é a morte dos primogênitos (Êxodo 12; 12).
O Senhor ordenou que seu povo sacrificasse um cordeiro macho de um ano de idade e sem defeito (Prenuncio da morte de Cristo) e aspergir o seu sangue nas duas ombreiras e na verga da porta de cada casa. Quando o destruidor passasse por aquela terra, ele passaria por cima daquelas casas que tivessem o sangue aspergido sobre elas (daí o termo Páscoa, do Hebraico pesah, que significa “pular além da marca”, “passar por cima” ou “poupar”).
Deus ordenou o sinal do sangue, não porque Ele não tivesse outra forma de distinguir os israelitas dos egípcios, mas porque queria ensinar ao seu povo a importância da obediência e da redenção pelo sangue, preparando-o para o advento do “Cordeiro de Deus”, que séculos depois tiraria o pecado do mundo (João 1; 29).
Naquela noite específica, os israelitas deviam estar vestidos e preparados para viajar (Êxodo12; 11). Deviam assar o cordeiro, preparar ervas amargas e pães sem fermento (o fermento simboliza o pecado e a corrupção)(Êxodo 12; 29-36).
A partir desse momento histórico, o povo de Deus ia celebrar a Páscoa toda primavera, obedecendo às instruções divinas (Êxodo 12; 14). Era, porém, um sacrifício comemorativo, exceto o sacrifício inicial no Egito, que foi um sacrifício eficaz. Assim, de geração em geração, o povo hebreu relembrava a redenção divina e seu livramento do Egito (Êxodo 12; 26-28).
A última Ceia que Jesus participou com seus discípulos em Jerusalém, um pouco antes da cruz, foi uma refeição da Páscoa (Mateus 26; 1, 2, 17-29). O próprio Jesus foi crucificado na Páscoa, como o cordeiro pascoal (1 Coríntios 5; 7) que liberta do pecado e da morte todos aqueles que nEle crêem. Este foi um ato de amor sacrifícial, que foi pré-anunciado em Êxodo 12; 27, servindo de substituto do primogênito dos servos de Deus (Romanos 3; 25).
O cordeiro macho separado para morte tinha de ser “sem mácula” (Êxodo 12; 5); esse fato prefigura a impecabilidade de Cristo, o perfeito Filho de Deus (Hebreus 4; 15).
Alimentar-se do cordeiro representava a identificação da comunidade israelita com a morte física (1 Coríntios 10; 16 e 11; 24-26). Assim como na caso da Páscoa, somente o sacrifício inicial, a morte dEle na cruz, foi um sacrifício eficaz. Realizamos em continuação a Ceia do Senhor como um memorial, “em memória” dEle (1 Coríntios 11; 24).
O âmago do evento da Páscoa era a graça salvadora de Deus. Deus tirou os israelitas do Egito, não porque eles eram um povo merecedor, mas porque Ele os amou e é Fiel ao seu concerto (Deuteronômio 7; 7-10). Semelhantemente, a Salvação que recebemos de Cristo nos vem através da maravilhosa graça de Deus (Efésios 2; 8-10 e Tito 3; 4 e 5).
O propósito do sangue aplicado às vergas das portas era salvar da morte o filho primogênito de cada família; esse fato prenuncia o derramamento do sangue de Cristo na cruz a fim de nos salvar da morte e da ira de Deus contra o pecado (Êxodo 12; 13, 23, 27 e Hebreus 9; 22).
A aspersão do sangue nas vergas das portas era efetuada com fé obediente (Êxodo 12; 28 e Hebreus 11; 28); essa obediência pela fé resultou, então em redenção mediante o sangue de Cristo (Êxodo 12; 7 e 13). A Salvação mediante o sangue de Cristo se obtém através da “Obediência da fé” (Romanos 1; 15 e 16; 26).
Hebreus 9; 22: E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão dos pecados.
Efésios 2; 8: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; isto não vem de vós; é dom de Deus.
Lamentações 3; 22: As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não tem fim.
Romanos 3; 24-26: Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus, ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus; para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus.
Romanos 10; 10: Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a Salvação.
Romanos 2; 12- 16: Porque todos os que sem lei pecaram sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram pela lei serão julgados. Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados. Porque, quando os gentios, que não tem lei, fazem naturalmente as coisas que são da lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei, os quais mostram a obra da lei escrita no seu coração, testificando juntamente a sua consciência e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os, no dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho.

O que não é Páscoa?

Hoje em dia os “símbolos” da Páscoa não tem nenhum fundo de verdade, pois foge dos fundamentos Bíblicos, por que em nenhum momento Deus mencionou na Bíblia estes tais “símbolos” (Ovo de Chocolate, Bacalhau, ...), eles são só apelo comercial para lucrar em cima de datas festivas, e isso é obvio que tem influência do maligno, pois ele quer tirar o foco real da Páscoa, que é o sacrifício de Jesus lá na cruz (1 João 2; 22-24: Quem é mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho. Qualquer que nega o Filho também não tem o Pai; e aquele que confessa o Filho tem também o Pai. Portanto, o que desde o princípio ouvistes permaneça em vós. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis no Filho e no Pai.)
1 Coríntios 15; 3 e 4: Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.

Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

Salvação, Dom de Deus!

Romanos 3; 23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;
“O pecado afasta o homem de Deus!”

Romanos 6; 23: Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.
“E ao homem sem Deus, resta-lhe a morte.”

Hebreus 9; 27: E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,
“E vindo a morte, acabaram-se as oportunidades.”

Romanos 5; 8: Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.
“Mas Deus, em seu amor, busca o homem.”

João 3; 16: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
“E em Jesus, Deus nos livra da morte.”

Atos 16; 30: E, tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar?
“E nos salva, unicamente pela fé em Jesus.”

Efésios 2; 8 e 9: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie;
“Não somos salvos por nossas obras.”

Atos 4; 12: E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.
“Somos salvos somente por Jesus.”

João 1; 12: Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;
“E somente pela fé em Jesus somos feitos ‘Filhos de Deus’.”

1 Timóteo 2; 5: Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.
“E somente por Jesus nos comunicamos com Deus.”

João 14; 6: Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
“Jesus é o único caminho para Deus!”



Romanos 10; 8-10: Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.
“Confesse Jesus como seu Único e Suficiente Senhor e Salvador, e seja também um salvo.”

Números 6; 24-26: O SENHOR te abençoe e te guarde; O SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti; O SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.
“Esta é a minha oração por você!”

Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

O TESTE

5 Perguntas

Qual é a sua resposta?

Em 3 minutos você saberá qual será o seu futuro. “Eu não acredito!” Esta é certamente a sua resposta, mas faça o teste e saberá.
Você é honesto consigo mesmo e com o próximo?
Você gosta de fazer o que os outros também gostam?
Você avalia as coisas até o fim ou apenas as questões do momento?
Qual é o seu maior desejo na vida?
Se alguém te oferecer um presente, você o rejeitaria ou aceitaria?
Se você for sincero, então vai conseguir. Em Provérbios 2; 8 a Bíblia diz: Ele dá ajuda e proteção a quem é direito e honesto. Em Provérbios 28; 13 lemos: Quem tenta esconder os seus pecados não terá sucesso na vida, mas Deus tem misericórdia de quem confessa os seus pecados e os abandona. Você vai receber perdão dos seus pecados se honestamente admiti-los e pedir perdão por eles a Jesus. Assim você será salvo.
Seguir a onda da maioria é perigoso. Em Mateus 7; 13 diz: Entrem pela porta estreita porque a porta larga e o caminho fácil levam à perdição e há muita gente que anda por esse caminho. Para ser salvo é necessário estar disposto a sair da onda da maioria e fazer uma conversão do caminho em que andamos. Você só pensa naquilo que te trás vantagem para o momento ou você pensa que amanhã já não poderá mais existir tudo aquilo que te comove neste instante? Em Salmos 90; 12 diz: Ensina-nos a usar bem os dias da nossa vida para que nos tornemos sábios. O seu desejo mais profundo não é ser feliz, ter paz no coração e estar livre de uma má consciência? Tudo isso e muito mais lhe é dado gratuitamente por Jesus. Em João 10; 10 diz: ... Eu vim para que as ovelhas tenham vida e vida completa.
Não seria tolo receber um presente valioso e simplesmente rejeita-lo? Mesmo que você não tenha nenhuma resposta positiva a todas as perguntas, você pode ganhar tudo recebendo agora o maior presente da sua vida, Jesus Cristo. Quem crer em Jesus Cristo será salvo. Se você não o receber como quer ser salvo? Sem Jesus você está no caminho largo que leva para a perdição. Faça simplesmente uma conversão e entre pela porta estreita e você terá um futuro cheio de alegria e paz.

E.K.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

O Final dos Tempos!

O Final dos Tempos- O Estudo Teológico que trata desse tema chama-se escatologia, que quer dizer “O Estudo das últimas coisas”.
A segunda vinda de cristo dar-se-á em duas fases: O Arrebatamento da Igreja e a sua volta gloriosa para implantar o Reino Milenial na terra (1 Pedro 2; 2: Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo;).
O Prenúncio da sua vinda- Jesus falando aos discípulos acerca do que ocorria como Sinais da sua vinda (Mateus 24; 6 e 7: E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.),
Guerras e rumores de guerras- (Mateus 24; 6) O Século XX, assistiu duas grandes guerras, sem contar com algumas outras como Irã e Iraque, a guerra das Malvinas; a guerra do Golfo, etc. No mundo inteiro é grande a tensão sobre os rumores de guerra preditos por Jesus.
Fome- (Mateus 24; 7) alguém disse: “Desde que há vida na terra, a fome sempre existiu”. Teorias infundadas como esta, mostram claramente a falta de conhecimento de muitos acerca da Palavra de Deus e dos fatos que ocorrem no mundo. Fome não é a necessidade orgânica que se tem momentaneamente e que logo é suprida pelo uso de algum alimento; mas é, o que vemos hoje em países como a Etiópia, Moçambique, Somália, etc. que dizimam vidas, desde velhos até crianças; homens e mulheres, mostrando o triste quadro da humanidade carente de Deus.
Terremotos- (Mateus 24; 7) Só no século XX já foram registrado mais terremotos do que a soma dos terremotos ocorridos nos dezenove séculos passados. Muitos querem explicar a causa de terremotos, como motivo para desfazer o que foi predito por Jesus. Porém, os mesmos deviam saber que ninguém melhor do que Jesus para conhecer a causa dos terremotos, além disso, o que Ele mostrou foi o efeito, pois a sua preocupação não era mostrar a causa. Diante desses prenúncios, podemos concluir que tudo isso tem ocorrido frequentemente em nossos dias, como prova de que devemos estar preparados em todo o momento, pois a vinda de Cristo está próxima. Tudo isso é apenas o princípio das dores (Mateus 24; 8: Mas todas estas coisas são o princípio de dores.).
O Arrebatamento da Igreja- (1 Tessalonicenses 4; 13-18: Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele. Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.) Todo aquele que aceita a Cristo como o seu Único Salvador, tem o anseio de um dia morar com Ele no céu. Antes que Deus execute o seu desejo de ter consigo eternamente o seu povo, muitos acontecimentos ocorrerão. Tais fatos terão início com o arrebatamento da Igreja. Com este glorioso evento, Deus tem em vista alguns propósitos que são:
1. Tirar sua igreja da terra que esta tomada pelo pecado (2 Coríntios 5; 19-20: Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.);
2. Efetuar a transformação do nosso corpo (Romanos 8; 23: E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo.);
3. Nos entregar a herança que está guardada no céu para nós (1 Pedro 1; 4 e 5: Para uma herança incorruptível, incontaminável, e que não se pode murchar, guardada nos céus para vós, Que mediante a fé estais guardados na virtude de Deus para a salvação, já prestes para se revelar no último tempo,). Este acontecimento constitui-se em grande mistério para aqueles que não tem Cristo com Salvador, por dois motivos:
Porque estes mistérios pertencem unicamente à Igreja, pois todos seremos transformados no abrir e fechar de olhos (1 Coríntios 15; 52: Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.);
Porque o homem natural não pode entender os mistérios de Deus (1 Coríntios 2; 14: Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.).
Mesmo assim, o arrebatamento embora pertença à Igreja do Senhor, constitui-se um mistério para a mesma, pelo fato de que ocorrerá com os salvos, algo que jamais a mente humana poderá ter a percepção de como se desenvolverá esta outra vida, embora a Bíblia descreva o que acontecerá. O corpo que teremos no céu não será este que hoje temos, pois carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus (1 Coríntios 15; 20: Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e foi feito as primícias dos que dormem.). Pois o que é corruptível será revestido de incorruptibilidade e tudo o que é mortal se revestirá da imortalidade (1 Coríntios 15; 53 e 54: Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória.). Mas, quando Ele se manifestar, seremos semelhantes a Ele, pois assim como Ele é, o veremos (1 João 3; 2: Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.). Os que já dormem em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, os que de Deus que estiverem vivos, serão arrebatados juntamente com os que ressuscitarem.
O encontro com Jesus será nos ares; e estaremos para sempre com o Senhor (1 Tessalonicenses 4; 16 e 17: Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.). Não haverá tempo para subir contando, pois este evento ocorrerá de súbito e com indescritível rapidez (1 Coríntios 15; 52).
Após o arrebatamento, a terra se tornará um caos, o anti-Cristo dominará e se dará a grande tribulação (Mateus 24; 15-28: Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda; Então, os que estiverem na Judéia, fujam para os montes; E quem estiver sobre o telhado não desça a tirar alguma coisa de sua casa; E quem estiver no campo não volte atrás a buscar as suas vestes. Mas ai das grávidas e das que amamentarem naqueles dias! E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no sábado; Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias. Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito; Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Eis que eu vo-lo tenho predito. Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis. Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem. Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.). Neste período, a Igreja estará com Cristo. Como ela é a sua Noiva, e toda Noiva prepara-se para o seu casamento (Mateus 25; 1: Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo.), a Igreja no céu não será mais Noiva e sim, Esposa; pois estará nas bodas do Cordeiro (Apocalipse 19; 7-9: Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou. E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos. E disse-me: Escreve: Bem-aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.). Após sete anos de tribulação na terra e de gozo da Igreja com o Senhor na grande Santa Ceia, a Igreja glorificada descerá com o Senhor (Apocalipse 19; 11-14: E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo. E estava vestido de uma veste salpicada de sangue; e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus. E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.), Jesus virá com Poder e grande Glória (Mateus 24; 30: Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.). Todo olho o verá (Apocalipse 1; 7: Eis que vem com as nuvens, e todo o olho o verá, até os mesmos que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém.). O anti-Cristo será preso juntamente com o falso profeta e será julgado e desfeito pelo sopro da boca do Senhor (2 Tessalonicenses 2; 8: E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; ). Um anjo, enviado por Deus, implantará o seu governo e domínio na terra. É o Reino Milenial. Após este período de mil anos (Reino Milenial), satanás será solto para tentar os que habitam na terra, mas será por pouco tempo (Apocalipse 20; 3: E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo.). O diabo, o enganador, será lançado no lago de fogo e enxofre e será atormentado pelos séculos dos séculos (Apocalipse 20; 10: E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre.). Haverá o Juízo do grande Trono Branco (Juízo Final), e todo aquele que não foi achado inscrito o seu nome no livro da vida, também foi lançado no lago de fogo (Apocalipse 20; 15: E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.). Viveremos com o Senhor eternamente em uma nova terra (Apocalipse 21; 1: E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.). A sua Igreja será o seu povo (Apocalipse 21; 3: E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.). Lá não haverá nenhum tipo de sofrimento (Apocalipse 21; 4 e 5: E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas. E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.), tudo será Gozo e Alegria. Convém permanecermos fiéis na presença do Senhor, para podermos desfrutar de todas as Bênçãos que o Senhor reservou para os que o Amam (Jesus nos Amou Primeiro- João 15; 16: Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda. / Salmos 100; 3: Sabei que o SENHOR é Deus; foi ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; somos povo seu e ovelhas do seu pasto.).

Obs.: Deus vem buscar sua Igreja (corpo de Cristo- 1 Coríntios 3; 16 e 17: Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.), que são os fiéis à sua lei, à sua palavra e que crêem no seu sacrifício lá na cruz, pois Deus deu o seu Único Filho para morrer na cruz, pelos nossos pecados (João 3; 16: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna./ 2 Coríntios 5; 21: Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus. / 1 Pedro 2; 22: Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados./ 1 João 3; 5: E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e nele não há pecado.), e só através dEle poderemos ter a remissão de nossos pecados e receber a vida eterna (no Céu) pois Ele é Único Senhor e Salvador para nossas almas, pois não há outro mediador entre Deus e os homens (1 Timóteo 2; 5: Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.).

Observem esse Vídeo:




Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

Humildade

Um exemplo de humildade e de que Deus exaltou é José, pois foi vendido como escravo por seus irmãos, onde foi trabalhar na casa de Potifar, cuja mulher de Potifar começou a querer seduzir e pecar com José, o qual era fiel à Deus e ao seu senhor (Potifar), porém ela não gostou que ele resistiu a mesma e mentiu dizendo que José havia pecado com ela, contra Deus e Potifar, e por isso o prenderam; porém pela sua índole e fidelidade dele à Deus, ele ficou como o “chaveiro” do cárcere, pois o carcereiro-mor confiava nele; também enquanto estava no cárcere, o Senhor lhe concedeu a interpretação de dois sonhos e ele pediu ao copeiro-mor que se lembrasse dele quando estivesse perante Faraó, porém quando estes sonhos ocorreram o copeiro-mor não se lembrou de José, só após dois anos que ele veio a se lembrar de José e a mencioná-lo à Faraó, quando Faraó teve dois sonhos e nenhum de seus bruxos sabia decifrar/interpretar, daí Faraó chamou a José e lhe contou os sonhos e José disse que os sonhos na verdade era só um e disse a Faraó tudo quanto Deus havia dito através do sonho, mostrando que haveria sete anos de fartura e após estes sete anos de fome, e que nos anos de fartura Faraó deveria armazenar mantimentos para suprir nos anos de fome, e por isso ele escolheu a José para ser governador do Egito e foi através desses anos de fome que José reencontrou e se reconciliou com seu irmãos e pode ver seu irmão mais novo (Benjamim) filho de Jacó com Raquel (a mulher que Ele amava); e foi através de José que Deus abençoou a toda a geração/descendentes de Abraão, pois Deu não poderia deixar que morresse, pois em (Gênesis 15; 5 e 6: Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência. E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça.) Deus prometeu a Abraão um filho e que sua descendência seria incalculável, Pois é impossível que Deus minta (Hebreus 6; 18: Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta).
“Deus só prova quem Ele ama, e faz coisas que no momento não entendemos o porque nem o pra que, porém Ele sabe agir, e faz as coisas acontecerem no momento certo, pois Ele sabe o amanha e pra tudo tem um propósito. (João 13; 7: Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois./ Eclesiastes 3; 1: Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.)”

Veja uma parte da história narrada pela Bíblia aqui, e o restante leia Nela:
Gênesis 37; 1 – 50; 1-26: E Jacó habitou na terra das peregrinações de seu pai, na terra de Canaã. Estas são as gerações de Jacó. Sendo José de dezessete anos, apascentava as ovelhas com seus irmãos; sendo ainda jovem, andava com os filhos de Bila, e com os filhos de Zilpa, mulheres de seu pai; e José trazia más notícias deles a seu pai. E Israel amava a José mais do que a todos os seus filhos, porque era filho da sua velhice; e fez-lhe uma túnica de várias cores. Vendo, pois, seus irmãos que seu pai o amava mais do que a todos eles, odiaram-no, e não podiam falar com ele pacificamente. Teve José um sonho, que contou a seus irmãos; por isso o odiaram ainda mais. E disse-lhes: Ouvi, peço-vos, este sonho, que tenho sonhado: Eis que estávamos atando molhos no meio do campo, e eis que o meu molho se levantava, e também ficava em pé, e eis que os vossos molhos o rodeavam, e se inclinavam ao meu molho. Então lhe disseram seus irmãos: Tu, pois, deveras reinarás sobre nós? Tu deveras terás domínio sobre nós? Por isso ainda mais o odiavam por seus sonhos e por suas palavras. E teve José outro sonho, e o contou a seus irmãos, e disse: Eis que tive ainda outro sonho; e eis que o sol, e a lua, e onze estrelas se inclinavam a mim. E contando-o a seu pai e a seus irmãos, repreendeu-o seu pai, e disse-lhe: Que sonho é este que tiveste? Porventura viremos, eu e tua mãe, e teus irmãos, a inclinar-nos perante ti em terra? Seus irmãos, pois, o invejavam; seu pai porém guardava este negócio no seu coração. E seus irmãos foram apascentar o rebanho de seu pai, junto de Siquém. Disse, pois, Israel a José: Não apascentam os teus irmãos junto de Siquém? Vem, e enviar-te-ei a eles. E ele respondeu: Eis-me aqui. E ele lhe disse: Ora vai, vê como estão teus irmãos, e como está o rebanho, e traze-me resposta. Assim o enviou do vale de Hebrom, e foi a Siquém. E achou-o um homem, porque eis que andava errante pelo campo, e perguntou-lhe o homem, dizendo: Que procuras? E ele disse: Procuro meus irmãos; dize-me, peço-te, onde eles apascentam. E disse aquele homem: Foram-se daqui; porque ouvi-os dizer: Vamos a Dotã. José, pois, seguiu atrás de seus irmãos, e achou-os em Dotã. E viram-no de longe e, antes que chegasse a eles, conspiraram contra ele para o matarem. E disseram um ao outro: Eis lá vem o sonhador-mor! Vinde, pois, agora, e matemo-lo, e lancemo-lo numa destas covas, e diremos: Uma fera o comeu; e veremos que será dos seus sonhos. E ouvindo-o Rúben, livrou-o das suas mãos, e disse: Não lhe tiremos a vida. Também lhes disse Rúben: Não derrameis sangue; lançai-o nesta cova, que está no deserto, e não lanceis mãos nele; isto disse para livrá-lo das mãos deles e para torná-lo a seu pai. E aconteceu que, chegando José a seus irmãos, tiraram de José a sua túnica, a túnica de várias cores, que trazia. E tomaram-no, e lançaram-no na cova; porém a cova estava vazia, não havia água nela. Depois assentaram-se a comer pão; e levantaram os seus olhos, e olharam, e eis que uma companhia de ismaelitas vinha de Gileade; e seus camelos traziam especiarias e bálsamo e mirra, e iam levá-los ao Egito. Então Judá disse aos seus irmãos: Que proveito haverá que matemos a nosso irmão e escondamos o seu sangue? Vinde e vendamo-lo a estes ismaelitas, e não seja nossa mão sobre ele; porque ele é nosso irmão, nossa carne. E seus irmãos obedeceram. Passando, pois, os mercadores midianitas, tiraram e alçaram a José da cova, e venderam José por vinte moedas de prata, aos ismaelitas, os quais levaram José ao Egito. Voltando, pois, Rúben à cova, eis que José não estava na cova; então rasgou as suas vestes. E voltou a seus irmãos e disse: O menino não está; e eu aonde irei? Então tomaram a túnica de José, e mataram um cabrito, e tingiram a túnica no sangue. E enviaram a túnica de várias cores, mandando levá-la a seu pai, e disseram: Temos achado esta túnica; conhece agora se esta será ou não a túnica de teu filho. E conheceu-a, e disse: É a túnica de meu filho; uma fera o comeu; certamente José foi despedaçado. Então Jacó rasgou as suas vestes, pôs saco sobre os seus lombos e lamentou a seu filho muitos dias. E levantaram-se todos os seus filhos e todas as suas filhas, para o consolarem; recusou porém ser consolado, e disse: Porquanto com choro hei de descer ao meu filho até à sepultura. Assim o chorou seu pai. E os midianitas venderam-no no Egito a Potifar, oficial de Faraó, capitão da guarda. ...
Isaías 51; 14 e 15: O exilado cativo depressa será solto, e não morrerá na caverna, e o seu pão não lhe faltará. Porque eu sou o SENHOR teu Deus, que agito o mar, de modo que bramem as suas ondas. O SENHOR dos Exércitos é o seu nome.
Salmos 18; 24-27: Assim que retribuiu-me o SENHOR conforme a minha justiça, conforme a pureza de minhas mãos perante os seus olhos. Com o benigno te mostrarás benigno; e com o homem sincero te mostrarás sincero; Com o puro te mostrarás puro; e com o perverso te mostrarás indomável. Porque tu livrarás o povo aflito, e abaterás os olhos altivos.
Salmos 23; 5 a: Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.

1 Samuel 2; 7 e 8: O SENHOR empobrece e enriquece; abaixa e também exalta. Levanta o pobre do pó, e desde o monturo exalta o necessitado, para o fazer assentar entre os príncipes, para o fazer herdar o trono de glória; porque do SENHOR são os alicerces da terra, e assentou sobre eles o mundo.
Salmos 113; 7 e 8: Levanta o pobre do pó, e do monturo levanta o necessitado, Para o fazer assentar com os príncipes, mesmo com os príncipes do seu povo.
Ezequiel 17; 24: Assim saberão todas as árvores do campo que eu, o SENHOR, abati a árvore alta, elevei a árvore baixa, sequei a árvore verde, e fiz reverdecer a árvore seca; eu, o SENHOR, o disse, e o fiz.
Ezequiel 21; 26: Assim diz o Senhor DEUS: Tira o diadema, e remove a coroa; esta não será a mesma; exalta ao humilde, e humilha ao soberbo.
Lucas 1; 52: Depôs dos tronos os poderosos, E elevou os humildes.
Provérbios 22; 4: O galardão da humildade e o temor do SENHOR são riquezas, honra e vida.

Lucas 22; 24-30: E houve também entre eles contenda, sobre qual deles parecia ser o maior. E ele lhes disse: Os reis dos gentios dominam sobre eles, e os que têm autoridade sobre eles são chamados benfeitores. Mas não sereis vós assim; antes o maior entre vós seja como o menor; e quem governa como quem serve. E vós sois os que tendes permanecido comigo nas minhas tentações. E eu vos destino o reino, como meu Pai mo destinou, Para que comais e bebais à minha mesa no meu reino, e vos assenteis sobre tronos, julgando as doze tribos de Israel.
Filipensses 2; 3: Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.

1 Pedro 5; 5 e 6: Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;
Jó 36; 22: Eis que Deus exalta com sua força; quem ensina como Ele?
“Só Deus pode nos justificar e exaltar entre os demais (Ele é o Justo Juiz – Atos 10; 42 e 43: E nos mandou pregar ao povo, e testificar que ele é o que por Deus foi constituído juiz dos vivos e dos mortos. A este dão testemunho todos os profetas, de que todos os que nele crêem receberão o perdão dos pecados pelo seu nome.), pois só Ele sabe de todas as coisas e sabe a verdadeira intenção de cada coração (1 Samuel 16; 7 b: Pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração.)”
Salmos 3; 3 b: Porém tu, SENHOR, és um escudo para mim, a minha glória, e o que exalta a minha cabeça.

Salmos 119; 141: Pequeno sou e desprezado, porém não me esqueço dos teus mandamentos.
Provérbios 15; 33: O temor do SENHOR é a instrução da sabedoria, e precedendo a honra vai a humildade.

Mateus 11; 28-30: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.
Salmos 12; 5: Pela opressão dos pobres, pelo gemido dos necessitados me levantarei agora, diz o SENHOR; porei a salvo aquele para quem eles assopram.
Provérbios 16; 16 e 19: Quão melhor é adquirir a sabedoria do que o ouro! E quão mais excelente é adquirir a prudência do que a prata! Melhor é ser humilde de espírito com os mansos, do que repartir o despojo com os soberbos.
Deuteronômio 28; 1 e 2: E será que, se ouvires a voz do SENHOR teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que eu hoje te ordeno, o SENHOR teu Deus te exaltará sobre todas as nações da terra. E todas estas bênçãos virão sobre ti e te alcançarão, quando ouvires a voz do SENHOR teu Deus;

Devemos sempre perseverar:
O Humilhado será Exaltado!

Mateus 23; 12: E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.
Lucas 14; 11: Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado.
Lucas 18; 14: Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.
Lamentações 3; 30-33: Dê a sua face ao que o fere; farte-se de afronta. Pois o Senhor não rejeitará para sempre. Pois, ainda que entristeça a alguém, usará de compaixão, segundo a grandeza das suas misericórdias. Porque não aflige nem entristece de bom grado aos filhos dos homens.
2 Coríntios 12; 7: E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar.
Mateus 19; 30: Porém, muitos primeiros serão os derradeiros, e muitos derradeiros serão os primeiros.
Salmos 20; 8: Uns encurvam-se e caem, mas nós nos levantamos e estamos de pé.
Tiago 1; 9 e 10: Mas glorie-se o irmão abatido na sua exaltação, E o rico em seu abatimento; porque ele passará como a flor da erva.

A soberba não vem de Deus!
Provérbios 29; 23: A soberba do homem o abaterá, mas a honra sustentará o humilde de espírito.
Provérbios 16; 18: A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda.
Salmos 138; 6: Ainda que o SENHOR é excelso, atenta todavia para o humilde; mas ao soberbo conhece-o de longe.
Tiago 4; 6 e 10: Antes, ele dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.

Devemos Ajudar uns aos outros, temos que ser Unidos:
Isaías 41; 6: Um ao outro ajudou, e ao seu irmão disse: Esforça-te.
Salmos 133; 1: Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.
Provérbios 14; 21: O que despreza ao seu próximo peca, mas o que se compadece dos humildes é bem-aventurado.

“Humilde não é aquele que tem poucas condições financeiras!”

“Humildade é quando reconhecemos nossos erros/falhas e procuramos resolvê-los/ concertá-los!”

Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Atenciosamente,
Erica Carla