Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


sábado, 30 de abril de 2016

Poema- Graça




Hoje a graça veio me abraçar
Viu que o chão
Para mim não é bom lugar
Segurou minha mão

Com um sopro trocou minhas vestes
Calçou os meus pés com um piscar
Me mostrou o caminho de volta
Às vezes a evolução é voltar

No céu ser rico é ter o bilhete de entrada
Tendo o bilhete você não precisa de mais nada

A graça agora me acompanha
Estou de volta no caminho certo
O caminho que passa pela cruz e pelos pregos
O caminho em que o riso não é constante
Mas a alegria da salvação é permanente

A graça caminha silenciosa
Caminha suave e perseverante
É boa companheira para a longa viagem
Ela ajuda, e além de apontar o caminho, diz baixinho: Avante!

Karla Waters


Tiago 4; 6: Antes, ele dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.

Tito 2; 11-14: Porque a graça salvadora de Deus se há manifestado a todos os homens, Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, e justa, e piamente, Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo; O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.

Efésios 2; 8-13: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas. Portanto, lembrai-vos de que vós noutro tempo éreis gentios na carne, e chamados incircuncisão pelos que na carne se chamam circuncisão feita pela mão dos homens; Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.


Aos que estiverem longe dos caminhos do Senhor, não percam tempo, voltem para o caminho que os levará à Salvação. Não é vergonha reconhecer o erro se houver arrependimento, vontade de mudança e atitude para a mesma; esta é uma mudança de vida (comportamento, veste, caminhada,...), voltar ao caminho que produz vida. Quem é humilde recebe a Graça de Deus, pois nEle crê. 

Amado (a), Recupere o seu Bilhete pra entrar no céu!



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 24 de abril de 2016

O veremos face a face...





Para que possamos prosseguir nos temas que o Senhor colocou em meu coração para estudarmos e assim possamos conhecê-lo melhor, precisamos falar sobre algo que se não for esclarecido adequadamente pode gerar dúvidas e as mesmas levam a murmuração e este não é o intuito deste Blog, muito pelo contrário, sempre busco sanar dúvidas que pairem na mente humana, embasada Biblicamente.

Pois bem, o ponto focal que estudaremos hoje é a promessa de vermos o Senhor face a face. Isto mesmo, esta é uma promessa, e nem mesmo Moisés pôde contemplar a face do Senhor, uma vez que nenhum homem (ser humano) pode ver o rosto do Senhor e permanecer vivo, o próprio Moisés apenas viu a sua Glória, manifestação do seu poder e pode sentir a sua presença, uma vez que Deus estava dialogando com Ele e permitiu que ele visse apenas as suas costas.

O termo face nem sempre se refere ao rosto de Deus e sim a manifestação do Seu Poder, da Sua Glória, ratificando a sua Presença; afirmação do grau de intimidade de Moisés com Deus.

Queridos, sabemos que o nosso Deus é Santo e onde Ele está não há pecado, pois bem, se como cristãos que somos e que desejamos sempre estar em sua presença e que Ele permaneça conosco, não podemos viver em pecado, pois Ele não se agrada do pecado e onde há pecado, Deus não permanece. Precisamos escolher: Deus ou Pecado; onde há um o outro não pode coexistir. O pecado nos separa de Deus.

Isaías 59; 2: Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.


Vemos nos textos abaixo que a presença de Deus pode ser sentida, vista e é audível; através da manifestação do poder e da glória de Deus. Observemos que houve trovões e relâmpagos sobre o monte Sinai, e um som de buzina mui forte e que ia crescendo cada vez mais que todo o povo estremeceu, e Ele desceu diante dos olhos de todos em fogo sobre o monte que fumegava e tremia grandemente e foi a Moisés em uma nuvem espessa, falando com ele e todos ouviram, pois Moisés falava e Deus lhe responda em voz alta. Deus falou dos céus com o povo (Moisés entre o Senhor e eles) e o povo permaneceu vivo; porém não poderiam subir o monte, nem tocar o termo delimitado para não morrerem.

Todas essas manifestações da natureza anunciam a presença e o poder de Deus. Tudo está no controle de suas mãos. Não compreendo como que o povo ainda teve a audácia de criar o bezerro de ouro depois de tudo isso?! É muita ingratidão, desobediência, falta de foco e de fé. Deus escolheu, adotou, separou, libertou e supriu este povo em tudo, a parte que lhes cabia/nos cabe é a gratidão, a obediência e a fé para adorá-lo, amá-lo e honrá-lo.  


Êxodo 19; 8-25: Então todo o povo respondeu a uma voz, e disse: Tudo o que o Senhor tem falado, faremos. E relatou Moisés ao Senhor as palavras do povo. E disse o Senhor a Moisés: Eis que eu virei a ti numa nuvem espessa, para que o povo ouça, falando eu contigo, e para que também te creiam eternamente. Porque Moisés tinha anunciado as palavras do seu povo ao Senhor. Disse também o Senhor a Moisés: Vai ao povo, e santifica-os hoje e amanhã, e lavem eles as suas roupas, E estejam prontos para o terceiro dia; porquanto no terceiro dia o Senhor descerá diante dos olhos de todo o povo sobre o monte Sinai. E marcarás limites ao povo em redor, dizendo: Guardai-vos, não subais ao monte, nem toqueis o seu termo; todo aquele que tocar o monte, certamente morrerá. Nenhuma mão tocará nele; porque certamente será apedrejado ou asseteado; quer seja animal, quer seja homem, não viverá; soando a buzina longamente, então subirão ao monte. Então Moisés desceu do monte ao povo, e santificou o povo; e lavaram as suas roupas. E disse ao povo: Estai prontos ao terceiro dia; e não vos chegueis a mulher. E aconteceu que, ao terceiro dia, ao amanhecer, houve trovões e relâmpagos sobre o monte, e uma espessa nuvem, e um sonido de buzina mui forte, de maneira que estremeceu todo o povo que estava no arraial. E Moisés levou o povo fora do arraial ao encontro de Deus; e puseram-se ao pé do monte. E todo o monte Sinai fumegava, porque o Senhor descera sobre ele em fogo; e a sua fumaça subiu como fumaça de uma fornalha, e todo o monte tremia grandemente. E o sonido da buzina ia crescendo cada vez mais; Moisés falava, e Deus lhe respondia em voz alta. E, descendo o Senhor sobre o monte Sinai, sobre o cume do monte, chamou o Senhor a Moisés ao cume do monte; e Moisés subiu. E disse o Senhor a Moisés: Desce, adverte ao povo que não traspasse o termo para ver o Senhor, para que muitos deles não pereçam. E também os sacerdotes, que se chegam ao Senhor, se hão de santificar, para que o Senhor não se lance sobre eles. Então disse Moisés ao Senhor: O povo não poderá subir ao monte Sinai, porque tu nos tens advertido, dizendo: Marca termos ao redor do monte, e santifica-o. E disse-lhe o Senhor: Vai, desce; depois subirás tu, e Arão contigo; os sacerdotes, porém, e o povo não traspassem o termo para subir ao Senhor, para que não se lance sobre eles. Então Moisés desceu ao povo, e disse-lhe isto.

Trovões e relâmpagos (v. 16): As manifestações espantosas presentes à visitação de Deus tinham vários propósitos:
1.     Demonstrar a santidade, poder e transcendência de Deus (v. 9),

2.     Inspirar fé em Deus e firmar a autoridade do seu servo, Moisés (v. 9),


3.     Comunicar o temor de Deus no coração das pessoas, para que não pequem (v. 16, 20;20, Hebreus 12; 18-21: Porque não chegastes ao monte palpável, aceso em fogo, e à escuridão, e às trevas, e à tempestade, E ao sonido da trombeta, e à voz das palavras, a qual os que a ouviram pediram que se lhes não falasse mais; Porque não podiam suportar o que se lhes mandava: Se até um animal tocar o monte será apedrejado ou passado com um dardo. E tão terrível era a visão, que Moisés disse: Estou todo assombrado, e tremendo.),

4.     Conscientizar fortemente o povo de que resultará em julgamento e morte, a desobediência deliberada a Deus (v. 12-25, Hebreus 10; 26-31: Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados, Mas uma certa expectação horrível de juízo, e ardor de fogo, que há de devorar os adversários. Quebrantando alguém a lei de Moisés, morre sem misericórdia, só pela palavra de duas ou três testemunhas. De quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue da aliança com que foi santificado, e fizer agravo ao Espírito da graça? Porque bem conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu darei a recompensa, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo. Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo.).  

(Trecho extraído da Bíblia de Estudo Pentecostal)


Êxodo 20; 18-22: E todo o povo viu os trovões e os relâmpagos, e o sonido da buzina, e o monte fumegando; e o povo, vendo isso retirou-se e pôs-se de longe. E disseram a Moisés: Fala tu conosco, e ouviremos: e não fale Deus conosco, para que não morramos. E disse Moisés ao povo: Não temais, Deus veio para vos provar, e para que o seu temor esteja diante de vós, a fim de que não pequeis. E o povo estava em pé de longe. Moisés, porém, se chegou à escuridão, onde Deus estava. Então disse o Senhor a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: Vós tendes visto que, dos céus, eu falei convosco.

Não temas (v. 20): As coisas prodigiosas que Israel viu e ouviu no Sinai causaram assombro ao povo, o qual recuou para o lado oposto do vale. Moisés lhes falou para não temerem, a ponto de fugirem amedrontados. Deus estava demonstrando o seu poder, a fim de suscitar neles um santo temor e reverência, que os ajudariam a evitar o pecado.

(Trecho extraído da Bíblia de Estudo Pentecostal)


Deuteronômio 4; 32-36: Agora, pois, pergunta aos tempos passados, que te precederam desde o dia em que Deus criou o homem sobre a terra, desde uma extremidade do céu até à outra, se sucedeu jamais coisa tão grande como esta, ou se jamais se ouviu coisa como esta? Ou se algum povo ouviu a voz de Deus falando do meio do fogo, como tu a ouviste, e ficou vivo? Ou se Deus intentou ir tomar para si um povo do meio de outro povo com provas, com sinais, e com milagres, e com peleja, e com mão forte, e com braço estendido, e com grandes espantos, conforme a tudo quanto o Senhor vosso Deus vos fez no Egito aos vossos olhos? A ti te foi mostrado para que soubesses que o Senhor é Deus; nenhum outro há senão ele. Desde os céus te fez ouvir a sua voz, para te ensinar, e sobre a terra te mostrou o seu grande fogo, e ouviste as suas palavras do meio do fogo.

Deuteronômio 5; 1-5: E chamou Moisés a todo o Israel, e disse-lhes: Ouve, ó Israel, os estatutos e juízos que hoje vos falo aos ouvidos; e aprendê-los-eis, e guardá-los-eis, para os cumprir. O Senhor nosso Deus fez conosco aliança em Horebe. Não com nossos pais fez o Senhor esta aliança, mas conosco, todos os que hoje aqui estamos vivos. Face a face o Senhor falou conosco no monte, do meio do fogo (Naquele tempo eu estava em pé entre o Senhor e vós, para vos notificar a palavra do Senhor; porque temestes o fogo e não subistes ao monte).

Deuteronômio 5; 22-27: Estas palavras falou o Senhor a toda a vossa congregação no monte, do meio do fogo, da nuvem e da escuridão, com grande voz, e nada acrescentou; e as escreveu em duas tábuas de pedra, e a mim mas deu. E sucedeu que, ouvindo a voz do meio das trevas, e vendo o monte ardendo em fogo, vos achegastes a mim, todos os cabeças das vossas tribos, e vossos anciãos; E dissestes: Eis aqui o Senhor nosso Deus nos fez ver a sua glória e a sua grandeza, e ouvimos a sua voz do meio do fogo; hoje vimos que Deus fala com o homem, e que este permanece vivo. Agora, pois, por que morreríamos? Pois este grande fogo nos consumiria; se ainda mais ouvíssemos a voz do Senhor nosso Deus morreríamos. Porque, quem há de toda a carne, que ouviu a voz do Deus vivente falando do meio do fogo, como nós, e ficou vivo? Chega-te tu, e ouve tudo o que disser o Senhor nosso Deus; e tu nos dirás tudo o que te disser o Senhor nosso Deus, e o ouviremos, e o cumpriremos.



Por causa do pecado de Israel (construção do bezerro de ouro), Deus declarou que um anjo estaria em seu lugar, na caminhada para a terra prometida; porém Moisés que não ficou conformado com esta decisão, voltou a interceder diante de Deus, que decidiu não cumpriu com a advertência de destruir o povo, bem como em se manter presente no caminho à terra prometida. Nem toda decisão de Deus é totalmente imutável e/ou irrevogável; vai depender do nosso posicionamento perante o Senhor ao clamar em oração para que Ele não desista de nós, pois queremos agradá-lo e nem sempre agimos demonstrando isto.

Observemos o grau de intimidade que Moisés tinha com Deus, por isso que se diz que o Senhor o conheceu face a face. Deus o considerava seu Amigo, alguém que pensa semelhante a Ele, que compartilhava de seus sentimentos. Isso se deu após uma vida dedicada verdadeiramente a Deus, através da oração (diálogo com Deus) adquiriu intimidade e comunhão profunda com o Senhor. Então Moisés diz ao Senhor: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faça subir daqui. Ele sabia da sua promessa e missão, conhecia o Senhor e dele era conhecido pelo nome, e o Senhor achou graça aos seus olhos (se agradou da atitude e intenção do coração de Moisés, pois queria conhecer o caminho do Senhor para agradá-lo) e revogou a sentença e permaneceu a sua presença no meio do povo, bem como pelo caminho à terra prometida.

Êxodo 33; 1-11: Deus não irá no meio do povo mas enviará um anjo
Disse mais o SENHOR a Moisés: Vai, sobe daqui, tu e o povo que fizeste subir da terra do Egito, à terra que jurei a Abraão, a Isaque, e a Jacó, dizendo: À tua descendência a darei. E enviarei um anjo adiante de ti, e lançarei fora os cananeus, e os amorreus, e os heteus, e os perizeus, e os heveus, e os jebuseus, A uma terra que mana leite e mel; porque eu não subirei no meio de ti, porquanto és povo de dura cerviz, para que te não consuma eu no caminho. E, ouvindo o povo esta má notícia, pranteou-se e ninguém pôs sobre si os seus atavios. Porquanto o Senhor tinha dito a Moisés: Dize aos filhos de Israel: És povo de dura cerviz; se por um momento subir no meio de ti, te consumirei; porém agora tira os teus atavios, para que eu saiba o que te hei de fazer. Então os filhos de Israel se despojaram dos seus atavios, ao pé do *monte Horebe. E tomou Moisés a tenda, e a estendeu para si fora do arraial, desviada longe do arraial, e chamou-lhe a tenda da congregação. E aconteceu que todo aquele que buscava o Senhor saía à tenda da congregação, que estava fora do arraial. E acontecia que, saindo Moisés à tenda, todo o povo se levantava, e cada um ficava em pé à porta da sua tenda; e olhava para Moisés pelas costas, até ele entrar na tenda. E sucedia que, entrando Moisés na tenda, descia a coluna de nuvem, e punha-se à porta da tenda; e o Senhor falava com Moisés. E, vendo todo o povo a coluna de nuvem que estava à porta da tenda, todo o povo se levantava e cada um, à porta da sua tenda, adorava. E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois tornava-se ao arraial; mas o seu servidor, o jovem Josué, filho de Num, nunca se apartava do meio da tenda.

*monte Horebe: Em algumas passagens bíblicas os eventos são descritos como tendo acontecido no Monte Sinai e em outras no Monte Horebe, não há contradição, pois Sinai e Horebe são considerados como tendo nomes diferentes para o mesmo lugar.
 


Êxodo 33; 12-17: Moisés roga a Deus a sua Presença
E Moisés disse ao Senhor: Eis que tu me dizes: Faze subir a este povo, porém não me fazes saber a quem hás de enviar comigo; e tu disseste: Conheço-te por teu nome, também achaste graça aos meus olhos. Agora, pois, se tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que me faças saber o teu caminho, e conhecer-te-ei, para que ache graça aos teus olhos; e considera que esta nação é o teu povo. Disse pois: Irá a minha presença contigo para te fazer descansar. Então lhe disse: Se tu mesmo não fores conosco, não nos faças subir daqui. Como, pois, se saberá agora que tenho achado graça aos teus olhos, eu e o teu povo? Acaso não é por andares tu conosco, de modo a sermos separados, eu e o teu povo, de todos os povos que há sobre a face da terra? Então disse o Senhor a Moisés: Farei também isto, que tens dito; porquanto achaste graça aos meus olhos, e te conheço por nome.

Deuteronômio 34; 10: E nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, a quem o Senhor conhecera face a face.



Pela comunhão que gerou a intimidade de Moisés com Deus, ele se atreveu a pedir para ver a sua Glória; porém Deus diz que o seu rosto/face não poderia ver porque homem algum verá e viverá, no entanto o permite vê-lo de costas. Após tão grande honra, o rosto de Moisés resplandecia (ele nem sabia) de tal forma que Arão e os filhos de Israel temeram chegar-se a ele. Por causa desse resplendor na pele do seu rosto, tinha que colocar um véu sobre o seu rosto após falar com Deus e quando voltava a falar com o Senhor tirava-lhe o véu do rosto (sinal de reverência e temor). 

Êxodo 33; 18-23: Moisés roga a Deus que lhe mostre a sua Glória
Então ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória. Porém ele disse: Eu farei passar toda a minha bondade por diante de ti, e proclamarei o nome do Senhor diante de ti; e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem eu me compadecer. E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face, e viverá. Disse mais o Senhor: Eis aqui um lugar junto a mim; aqui te porás sobre a penha. E acontecerá que, quando a minha glória passar, pôr-te-ei numa fenda da penha, e te cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado. E, havendo eu tirado a minha mão, me verás pelas costas; mas a minha face não se verá.


Êxodo 34; 29-35: O rosto de Moisés resplandece
E aconteceu que, descendo Moisés do monte Sinai trazia as duas tábuas do testemunho em suas mãos, sim, quando desceu do monte, Moisés não sabia que a pele do seu rosto resplandecia, depois que falara com ele. Olhando, pois, Arão e todos os filhos de Israel para Moisés, eis que a pele do seu rosto resplandecia; por isso temeram chegar-se a ele. Então Moisés os chamou, e Arão e todos os príncipes da congregação tornaram-se a ele; e Moisés lhes falou. Depois chegaram também todos os filhos de Israel; e ele lhes ordenou tudo o que o Senhor falara com ele no monte Sinai. Assim que Moisés acabou de falar com eles, pôs um véu sobre o seu rosto. Porém, entrando Moisés perante o Senhor, para falar com ele, tirava o véu até sair; e, saindo, falava com os filhos de Israel o que lhe era ordenado. Assim, pois, viam os filhos de Israel o rosto de Moisés, e que resplandecia a pele do seu rosto; e tornava Moisés a pôr o véu sobre o seu rosto, até entrar para falar com ele.

2 Coríntios 3; 7: E, se o ministério da morte, gravado com letras em pedras, veio em glória, de maneira que os filhos de Israel não podiam fitar os olhos na face de Moisés, por causa da glória do seu rosto, a qual era transitória.



Vejamos o seguinte, neste texto não diz a maneira que Deus se revelou, porém sabemos que Ele não se revelou na sua plenitude. Ninguém pode contemplar a plenitude da sua Glória e continuar vivo, basta observarmos quando Ele revelou pra Moisés após a repetição dos 10 Mandamentos, Ele o cobriu com sua Mão e só depois permitiu que o visse de costas. No entanto, este acontecimento ensina que uma vez feita a expiação e o povo tendo se consagrado ao Senhor, então era possível a comunhão com Ele; este princípio também é valido no Novo Testamento:
 
Êxodo 24; 9-11: E subiram Moisés e Arão, Nadabe e Abiú, e setenta dos anciãos de Israel, e viram o Deus de Israel, e debaixo de seus pés havia como que uma pavimentação de pedra de safira, que se parecia com o céu na sua claridade. Porém não estendeu a sua mão sobre os escolhidos dos filhos de Israel, mas viram a Deus, e comeram e beberam.

Mateus 26; 28: Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados.

Hebreus 12; 18-24: Porque não chegastes ao monte palpável, aceso em fogo, e à escuridão, e às trevas, e à tempestade, E ao sonido da trombeta, e à voz das palavras, a qual os que a ouviram pediram que se lhes não falasse mais; Porque não podiam suportar o que se lhes mandava: Se até um animal tocar o monte será apedrejado ou passado com um dardo. E tão terrível era a visão, que Moisés disse: Estou todo assombrado, e tremendo. Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos; À universal assembleia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados; E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel.



Ratificando Biblicamente o que já falamos anteriormente, além da voz, não viram figura alguma, pois uma de suas características é ser invisível (nós não precisamos ver pra crer); Ele é quem nenhum dos homens (humanidade) viu ou pode ver. Ninguém jamais viu a Deus, Ele nunca foi visto por alguém. Homem nenhum verá a face de Deus e viverá.

Deuteronômio 4; 12: Então o Senhor vos falou do meio do fogo; a voz das palavras ouvistes; porém, além da voz, não vistes figura alguma.

1 Timóteo 1; 17: Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus sábio, seja honra e glória para todo o sempre. Amém.

1 Timóteo 6; 13-16: Mando-te diante de Deus, que todas as coisas vivifica, e de Cristo Jesus, que diante de Pôncio Pilatos deu o testemunho de boa confissão, Que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até à aparição de nosso Senhor Jesus Cristo; A qual a seu tempo mostrará o bem-aventurado, e único poderoso Senhor, Rei dos reis e Senhor dos senhores; Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver, ao qual seja honra e poder sempiterno. Amém.

1 João 4; 12 e 20: Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?

João 1; 14 e 18: E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou.

Êxodo 33; 20: E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face, e viverá. 



Há uma vertente que dissemina heresia por usar os textos da Palavra do Senhor fora de contexto para dizer que a Bíblia se contradiz, porém mais uma vez venho reforçar que ela se conversa, utilizando a própria Bíblia venho para provar que é assim desde o Antigo Testamento até o Novo Testamento. Pois bem, como o tema é ver a face de Deus há pessoas que tendem a pensar que quando alguns servos do Senhor viram anjos (vide exemplos abaixo) estes não seriam anjos e sim deus ou deuses diferentes para cada ocasião; porém sinto muito quem pensa assim, porém o meu dever é provar que é uma ideia sem nexo.

Deus dá ordens aos seus anjos para nos beneficiar, anunciar, livrar, alertar,...  Como já aprendemos, Deus não pode ser visto pelo ser humano sem que o mesmo pereça.

Salmos 91; 11: Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.

Juízes 6; 22: Então viu Gideão que era o anjo do SENHOR e disse: Ah, Senhor DEUS, pois vi o anjo do SENHOR face a face.

Lucas 1; 11-13, 18 e 19: O Anuncio do nascimento de João
E um anjo do Senhor lhe apareceu, posto em pé, à direita do altar do incenso. E Zacarias, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele. Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João. Disse então Zacarias ao anjo: Como saberei isto? pois eu já sou velho, e minha mulher avançada em idade. E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te estas alegres novas.

Lucas 1; 26-38: O Anúncio do nascimento de JESUS
E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim. E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum? E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril; Porque para Deus nada é impossível. Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.


É curioso como tentam usar dos mesmos artifícios que usaram para tentar desacreditar JESUS, dizendo que Ele expulsava demônios porque era um. Porém Ele o faz pelo poder que há no seu Nome, o inferno estremece de medo dEle. Não nos esqueçamos que na ocasião de sua morte, Jesus pegou as chaves da morte e do inferno, e posteriormente Ressuscitou e está Vivo Eternamente.

Mateus 12; 22-30: Trouxeram-lhe, então, um endemoninhado cego e mudo; e, de tal modo o curou, que o cego e mudo falava e via. E toda a multidão se admirava e dizia: Não é este o Filho de Davi? Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam: Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios. Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá. E, se Satanás expulsa a Satanás, está dividido contra si mesmo; como subsistirá, pois, o seu reino? E, se eu expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam então vossos filhos? Portanto, eles mesmos serão os vossos juízes. Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, logo é chegado a vós o reino de Deus. Ou, como pode alguém entrar na casa do homem valente, e furtar os seus bens, se primeiro não maniatar o valente, saqueando então a sua casa? Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha.



Deus demonstra o desejo de se revelar (em visão ou em sonhos) ao que o buscar com a mesma comunhão que Moisés tinha com Ele. Buscar a presença/face do Senhor é um anelo e dever de todo cristão, bem como uma necessidade para que assim possamos buscar estar sempre em comunhão e intimidade com Ele; e na glória/céu podermos vê-lo face a face.

Números 12; 6-8: E disse: Ouvi agora as minhas palavras; se entre vós houver profeta, eu, o Senhor, em visão a ele me farei conhecer, ou em sonhos falarei com ele. Não é assim com o meu servo Moisés que é fiel em toda a minha casa. Boca a boca falo com ele, claramente e não por enigmas; pois ele vê a semelhança do Senhor; por que, pois, não tivestes temor de falar contra o meu servo, contra Moisés?


1 Crônicas 16; 11: Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente.

Salmos 105; 4: Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente. 

Salmos 24; 6: Esta é a geração daqueles que buscam, daqueles que buscam a tua face, ó Deus de Jacó.

Salmos 42; 2: A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?



Como dito acima, ver o nosso Deus face a face (rosto a rosto) é uma promessa e que se formos fiéis poderemos contemplar a sua formosura, adorá-lo na beleza da sua santidade. Isto só é possível através de Jesus Cristo, ou seja, se crermos nEle, na sua vida, morte e ressurreição teremos acesso ao PAI, nisto teremos conhecimento da glória de Deus na face de Cristo; pois ninguém vai ao PAI se não pelo FILHO.

1 Coríntios 13; 12: Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.


Salmos 27; 4: Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo. 

Salmos 96; 9: Adorai ao Senhor na beleza da santidade; tremei diante dele toda a terra. 

1 Cônicas 16; 29: Tributai ao Senhor a glória de seu nome; trazei presentes, e vinde perante ele; adorai ao Senhor na beleza da sua santidade. 


2 Coríntios 4; 6: Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo.

Lucas 10; 22: Tudo por meu Pai foi entregue; e ninguém conhece quem é o Filho senão o Pai, nem quem é o Pai senão o Filho, e aquele a quem o Filho o quiser revelar.

João 6; 43- 46: Respondeu, pois, Jesus, e disse-lhes: Não murmureis entre vós. Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia. Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto, todo aquele que do Pai ouviu e aprendeu vem a mim. Não que alguém visse ao Pai, a não ser aquele que é de Deus; este tem visto ao Pai.

João 14; 6: Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. 



Amados, Deus esconde sua face/presença daqueles que preferem o pecado, ou seja, Ele não fica no mesmo lugar que o pecado está. O nosso corpo é sua morada a partir do momento em que nós decidimos escolher o Senhor para habitar em nós, Ele se encarrega de fazer a faxina na nossa vida, Ele tira toda sujeira, todo mal, todo pecado; pois Ele é Santo e não se agrada de impureza.  A partir daí Ele não mais esconde a sua face e derramará do seu Espírito, porque onde abundou o pecado, superabundou a graça. Você quer ser alcançado pela graça salvadora de Deus? Escolhe, pois servi-lo e adorá-lo para poderes ver o Senhor face a face!

Miquéias 3; 4: Então clamarão ao Senhor, mas não os ouvirá; antes esconderá deles a sua face naquele tempo, visto que eles fizeram mal nas suas obras. 

Ezequiel 39; 29: Nem lhes esconderei mais a minha face, pois derramarei o meu Espírito sobre a casa de Israel, diz o Senhor DEUS.


Romanos 5; 20: Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça.




Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

lunes, 18 de abril de 2016

Poema- BRASIL – INDEPENDÊNCIA ou MORTE / CRISTO – Independência e Vida

Brasil colonial - gigante acorrentado.
Ainda um forte povo estando escravizado,
inúmeros heróis tombaram nas cidades
num derradeiro esforço em prol da liberdade.


Tiradentes* jamais se apagará da história:
o marco que deixou é símbolo de glória.
Coragem, sacrifício, segredo e imprudência,
traição, morte e degredo naquela inconfidência,
acordaram o gigante, belo adormecido,
inflamando o seu povo até à Independência.

                     *  *  *

O Riacho do Ipiranga reflete um céu nublado,
D.Pedro às suas margens pensa no passado...
Segura e decisiva notícia chegou:
Seus Atos importantes Lisboa cancelou.
Revolta-se ofendido e nisso encorajado,
exclama altissonante, intrépido e forte
- "Ninguém nos escravize, laços fora, soldados,
seja nossa divisa: Independência ou morte!"

Cento e cinquenta anos, Brasil independente...
Deixou de ser futuro e se tornou presente.
Territórios crescendo e se tornando Estados;
alongam-se as estradas, sonho realizado.
É o gigante que se ergue em marcha de progresso
ante as grandes potências rumo ao seu sucesso.
Marcou a Independência a luta triunfal
que teve em seus heróis a força do ideal.

                        *  *  *

JESUS CRISTO, também, traído e condenado,
inocente morreu pela libertação
das almas que viviam presas no pecado,
sem ter domínio próprio e sem a redenção.

A Pátria livre, fez seu sesquicentenário**
e há séculos atrás no cimo do Calvário,
Jesus nos proclamou a liberdade e paz
e um Reino singular que acabará jamais.


A luta contra o erro, o vício, a corrupção
há de continuar em prol da salvação.
Não ficará em vão o sangue de Jesus,
que derramado foi por nós na rude cruz.

Portanto, brasileiro, é dupla a tua sorte,
por isso, eleva a Deus tu'alma agradecida:
D.PEDRO proclamou Independência ou Morte
e CRISTO te oferece independência e Vida!


Eliúde Marques


Semana apropriada para os atuais acontecimentos no Brasil:

22 de Abril de 1500 (Descobrimento do Brasil)
*21 de Abril de 1792 (Tiradentes)
**07 de Setembro de 1975- (1822: Ano da Independência)






Ontem foi um dia muito importante para a democracia do Brasil, respeitando sim a Constituição e o povo que pede por justiça ainda que tardia (pois se soubessem votar após tantas manifestações que desencadearam em 2014 talvez o país não estivesse rumo à bancarrota; mesmo depois de tudo ainda votaram em Dilma/PT. Os que estão nas ruas são os que estão arrependidos e com a consciência pesada de terem votado nesta comunista, isto é o mínimo que podem fazer agora (este é um exemplo do por que dizem que o brasileiro tem memória curta)); Mesmo com a vitória de ontem não podemos dar a guerra por ganha, pois foi apenas mais uma batalha e ainda tem outras para que a justiça seja feita e os corruptos sejam punidos e destituídos, e assim o país volte para os trilhos do crescimento com a ajuda de Deus. Faliram nosso País e não podemos permitir que permaneçam impunes. Mais do que nunca precisamos orar pelo BRASIL!

Como já disse anteriormente, a finalidade prioritária deste Blog é a propagação da Palavra de Deus, bem como fazer o que Ele manda. Pois bem, não poderia me abster de falar sobre os fatos atuais do meu País, como formadora de opinião também tenho a responsabilidade de me expressar e instruir os leitores deste Blog a respeito desta fase que o país enfrenta. Crente não é ignorante e/ou desinformado, somos sábios, pois é o Senhor que nos instrui. Na Bíblia temos resposta para tudo, basta lê-la e pedir a Deus discernimento para saber aplicar as orientações. 

2 Crônicas 7; 14: E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.

Salmos 33; 12-14: Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o SENHOR, e o povo ao qual escolheu para sua herança. O SENHOR olha desde os céus e está vendo a todos os filhos dos homens. Do lugar da sua habitação contempla todos os moradores da terra.


Tiago 1; 5: E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. 



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 10 de abril de 2016

Poema- Do amanhecer ao pôr do sol




Louvado seja O Nome do SENHOR!

Pelo dia que amanhece;
Pela árvore que floresce;
Pela ave que livre voa,
Pelo canto que ela entoa,

Louvado seja O NOME DO SENHOR!

Pelo sol do meio dia
De calor e energia;
Pelo pão, que é diário,
Pela água e o vestuário,

Louvado seja O NOME DO SENHOR!

Pela noite a chegar
E a dormir nos convidar;
Pelo fato de se ter
Tanto Bem pra agradecer,

LOUVADO SEJA O NOME DO SENHOR!!!


Heloísa Helena Zachello






Salmos 113; 3: Desde o nascimento do sol até ao ocaso, seja louvado o nome do Senhor.

Salmos 150; 6: Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor.


Mateus 5; 45: Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.

Lucas 12; 22-24: E disse aos seus discípulos: Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes. Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves?






561 HC – Que Benção!

1.     Que bênção: a lua brilhando no espaço!
Que bênção: as ondas que rolam no mar!
Que bênção: as flores brotando nos campos!
Mas a maior bênção eu vou te contar:

Refrão
Jesus me salvou, dos pecados meus,
Que bênção, Jesus! que bênção, meu Deus!
Jesus me salvou, dos pecados meus,
Que bênção, Jesus! que bênção, meu Deus!

2.     Que bênção: as aves que cantam e encantam!
Que bênção: crianças em simples brincar!
Que bênção: rebanhos pastando entre os rios!
Mas a maior bênção eu vou te contar:

3.     Que bênção: amigos que a mim procuram!
Que bênção: a Pátria, a qual posso amar!
Que bênção: família, saúde, fartura!
Mas a maior bênção eu vou te contar:



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla