Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


domingo, 27 de septiembre de 2015

Justiça pelo Sangue!



Poema- Justiça pelo Sangue

Eles se deram para o cumprimento
com sangue marcaram
a terra e o firmamento

Disseram sim ao céu
trocaram a vida por fel
mas foram para o paraíso
clamar por justiça e juízo

Aqueles que usaram os punhais
e puxaram os gatilhos
vão implorar por misericórdia
ao reconhecerem que de Deus
mataram os filhos

O sangue dos
que perderam aqui a vida
por amor do que no céu habita
há de clamar estrondosamente por justiça

Até o dia em que Deus a fizer
àqueles que tiveram como premissa a fé
e que se deram por acreditar em Cristo
regozijarão em suas almas
pois seus olhos O terão visto.

Karla Waters


Queridos, observemos que esteve poema descreve pessoas que morreram por amar ao Senhor. Aí vocês podem me perguntar, se trata de mártires como Estêvão, que no passado morreram por pregar o evangelho?
Irmã Erica, será que isso ainda acontece nos dias de hoje (as pessoas estão mais ‘esclarecidas e tolerantes’!?)?

Atos 7; 59 e 60: E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito. E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu.


Pois bem, respondendo a estes tipos de questões digo que se trata tanto de mártires do passado, bem como os de hoje, como missionários que vão para lugares inóspitos e com conflitos e guerras, com intolerância religiosa por parte dos radicais que predominam como ‘religião’ nestes lugares e que não admitem e matam seus compatriotas que adoram e servem ao nosso Deus, o Único e Verdadeiro Deus.

O mundo mascara o ódio que sente pelo povo de Deus com pseudo tolerância e aceitação ao Cristianismo que na prática não acontece. Muitos se dizem simpatizantes (virou moda este termo, cujo se aplica muito mais ao homossexualismo, neste caso os que assim se intitulam realmente enaltecem e defendem o pecado) e/ou ‘amigos do Evangelho’; mais na verdade não são, é como se quisessem parecer com o sal mais não querem salgar e quando alguém pergunta se são evangélicos fazem como Pedro fez ao negar a Jesus, se envergonham de Cristo e não querem ser reconhecidos como seus filhos e servos. Amados, amigo do Evangelho é aquele que é amigo de Jesus: se você o obedece, Ele estará ao seu lado e você irá pensar, falar, agir e andar como Ele, aí então você será amigo dEle!

João 15; 13-15: Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando. Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer.

1 João 2; 1-6: Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo. E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele. Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.


Amados, estes nossos irmãos que foram cruelmente assassinados no passado ou nos dias atuais não tiveram medo, renunciaram a si mesmos e carregaram sua cruz, pois não tiveram sua vida por preciosa, subjugaram seu corpo para o serviço do Evangelho, se gastaram e se deixaram gastar por amor a obra do Senhor, às almas perdidas; e aos que pensaram que matando-os iria findar sua adoração a Deus, enganados estão, pois se o viver é Cristo, o morrer é lucro!

Mateus 16; 24-26: Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?

Atos 20; 24: Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus.

1 Coríntios 9; 27: Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado.

2 Coríntios 12; 15: Eu de muito boa vontade gastarei, e me deixarei gastar pelas vossas almas, ainda que, amando-vos cada vez mais, seja menos amado.

Filipenses 1; 21: Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.




Queridos, tudo que fizermos em prol da Obra de Deus ainda é pouco comparado ao que JESUS fez por todos nós, Ele se entregou à morte de cruz pra nos libertar da escravidão do pecado. Através do derramamento do Sangue de JESUS, sangue do mais puro e inocente Filho de Deus (Jesus nunca pecou), somos purificados, nossos pecados são remidos, recebemos o perdão pelos pecados. Ele foi castigado em nosso lugar e através deste sacrifício temos direito à Salvação, a Paz que o mundo não dá.

Hebreus 9; 22: E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão.

Hebreus 4; 15: Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

Isaías 53; 5: Mas Ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

João 14; 27 a: Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá.


Sabemos que Deus deu o seu filho unigênito, Jesus, em sacrifício por mim e por ti, por isso não podemos ter medo em crer, amar, adorar e servir ao Senhor, sejamos fortes e corajosos; pois Ele veio para todos, porém nem todos os querem, pois alguns o odeiam e consequentemente a nós também, amam mais as trevas do que a luz e por isso são capazes de cometer as piores atrocidades, entretanto se esquecem de que nada ficará impune.

João 3; 16-21: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.

Josué 1; 9: Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.

João 15; 18 e 19: Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim. Se vós fósseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia.


É isso mesmo, não há nada que escape do controle de Deus, e ninguém pode escapar de suas mãos, Ele é Deus zeloso e vingador, juiz justo que faz com que os perseguidores de seus filhos caiam nas covas que prepararam contra nós; a obra deles cairá sobre a sua cabeça, e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça.

Ele abomina o que justifica o ímpio e condena o justo. Como juiz justo, Ele não perverteria o direito e muito menos a justiça!

Isaías 43; 13: Ainda antes que houvesse dia, eu sou; e ninguém há que possa fazer escapar das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?

Naum 1; 2 e 3: O SENHOR é Deus zeloso e vingador; o SENHOR é vingador e cheio de furor; o SENHOR toma vingança contra os seus adversários, e guarda a ira contra os seus inimigos. O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande em poder, e ao culpado não tem por inocente; o SENHOR tem o seu caminho na tormenta e na tempestade, e as nuvens são o pó dos seus pés.

Salmos 7; 11-17: Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias. Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado. E já para ele preparou armas mortais; e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores. Eis que ele está com dores de perversidade; concebeu trabalhos, e produziu mentiras. Cavou um poço e o fez fundo, e caiu na cova que fez. A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça. Eu louvarei ao SENHOR segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do SENHOR altíssimo.


Provérbios 17; 15: O que justifica o ímpio, e o que condena o justo, tanto um como o outro são abomináveis ao SENHOR.

Jó 8; 3: Porventura perverteria Deus o direito? E perverteria o Todo-Poderoso a justiça?


Vimos acima que Ele toma as nossas dores e age em nossa defesa quando o ímpio não se arrepende do seu mal; portanto não precisamos e nem podemos agir no ímpeto, fazendo ‘justiça’ com as próprias mãos, pois a maior lição que aprendemos e ensinaremos aos perseguidores é o AMOR. Como assim? Amar aos que nos odeiam? Se pagamos mal com bem, amontoaremos brasas de fogo sobre a cabeça deles, pois eles ficaram confusos, sem entender e se perguntando: Como que eu só faço mal para ele (a) e recebo dele (a) o bem?!

Romanos 12; 19-21: Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor. Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça. Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.

Mateus 5; 43-48: Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus; Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos. Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo? E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim? Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus.



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 20 de septiembre de 2015

Marta ou Maria, com qual te pareces?



Observemos duas posições distintas entre duas irmãs, Marta e Maria (irmãs de Lázaro), Marta abriu as portas de sua casa e recebeu a Jesus, porém vemos um paradoxo no seu comportamento, pois não basta que recebamos a Jesus em nossas vidas se por qualquer outro afazer diário não o colocarmos como prioridade em nosso viver; às vezes estamos muito atarefados na obra do Senhor, porém falta abrir os ouvidos para escutar a voz do nosso PASTOR (Jesus), falta o amor àquela obra (não podemos fazer nada para o Senhor sem Amor à Ele, à sua Obra e às suas ovelhas e muito menos de forma mecânica). Vejamos o comportamento/postura de Maria, ela se sentou aos pés de Jesus para ouvir a sua Palavra, isto nada e ninguém podem tirar dela. Ela sim escolheu a boa/melhor parte!

Lucas 10; 38-42: E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa; E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude. E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.



Comparemos mais uma vez o comportamento de cada uma, agora na ocasião da morte de Lázaro (irmão delas):

João 11; 1-45: Estava, porém, enfermo um certo Lázaro, de Betânia, aldeia de Maria e de sua irmã Marta. E Maria era aquela que tinha ungido o Senhor com unguento, e lhe tinha enxugado os pés com os seus cabelos, cujo irmão Lázaro estava enfermo. Mandaram-lhe, pois, suas irmãs dizer: Senhor, eis que está enfermo aquele que tu amas. E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela. Ora, Jesus amava a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro. Ouvindo, pois, que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde estava. Depois disto, disse aos seus discípulos: Vamos outra vez para a Judéia. Disseram-lhe os discípulos: Rabi, ainda agora os judeus procuravam apedrejar-te, e tornas para lá? Jesus respondeu: Não há doze horas no dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo; Assim falou; e depois disse-lhes: Lázaro, o nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo do sono. Disseram, pois, os seus discípulos: Senhor, se dorme, estará salvo. Mas Jesus dizia isto da sua morte; eles, porém, cuidavam que falava do repouso do sono. Então Jesus disse-lhes claramente: Lázaro está morto; E folgo, por amor de vós, de que eu lá não estivesse, para que acrediteis; mas vamos ter com ele. Disse, pois, Tomé, chamado Dídimo, aos condiscípulos: Vamos nós também, para morrermos com ele. Chegando, pois, Jesus, achou que já havia quatro dias que estava na sepultura. (Ora Betânia distava de Jerusalém quase quinze estádios.) E muitos dos judeus tinham ido consolar a Marta e a Maria, acerca de seu irmão. Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa. Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido. Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá. Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar. Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia. Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto? Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo. E, dito isto, partiu, e chamou em segredo a Maria, sua irmã, dizendo: O Mestre está cá, e chama-te. Ela, ouvindo isto, levantou-se logo, e foi ter com ele. (Ainda Jesus não tinha chegado à aldeia, mas estava no lugar onde Marta o encontrara.) Vendo, pois, os judeus, que estavam com ela em casa e a consolavam, que Maria apressadamente se levantara e saíra, seguiram-na, dizendo: Vai ao sepulcro para chorar ali. Tendo, pois, Maria chegado aonde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés, dizendo-lhe: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido. Jesus pois, quando a viu chorar, e também chorando os judeus que com ela vinham, moveu-se muito em espírito, e perturbou-se. E disse: Onde o pusestes? Disseram-lhe: Senhor, vem, e vê. Jesus chorou. Disseram, pois, os judeus: Vede como o amava. E alguns deles disseram: Não podia ele, que abriu os olhos ao cego, fazer também com que este não morresse? Jesus, pois, movendo-se outra vez muito em si mesmo, veio ao sepulcro; e era uma caverna, e tinha uma pedra posta sobre ela. Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias. Disse-lhe Jesus: Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus? Tiraram, pois, a pedra de onde o defunto jazia. E Jesus, levantando os olhos para cima, disse: Pai, graças te dou, por me haveres ouvido. Eu bem sei que sempre me ouves, mas eu disse isto por causa da multidão que está em redor, para que creiam que tu me enviaste. E, tendo dito isto, clamou com grande voz: Lázaro, sai para fora. E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço.Disse-lhes Jesus: Desligai-o, e deixai-o ir. Muitos, pois, dentre os judeus que tinham vindo a Maria, e que tinham visto o que Jesus fizera, creram nele.

·        Marta ouvindo que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; vemos que ela foi até a presença dEle porém com o interesse de se queixar (Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido), mais ela não era cética, pois sabia que tudo quanto Jesus pedisse a Deus, Deus o concederia (á), bem como, ela sabia que Lázaro há de ressuscitar na ressurreição do último dia. Ela acreditava que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo. Vemo-la chamando Maria para ir ao encontro do Mestre.
Porém ela também disse a Jesus (Senhor, já cheira mal, porque é já de quatro dias). Mais Jesus não perguntou as condições do defunto, Ele mandou que tirasse a *pedra. Ele já tinha dito pra ela que se ela acreditasse veria a Glória de Deus. Pois é amados, foi por não parar para aprender mais de Jesus que ela não vigiou e em momentos de fraqueza/apatia espiritual ela não pode contemplar o objetivo do Senhor em permitir que seu irmão morresse. Ela esperava por uma cura e não imaginava que Jesus poderia ressuscitar seu irmão, e trazê-lo de volta a vida, não apenas no último dia (para vida eterna), mais em qualquer momento apenas para mostrar e provar o seu Poder e a para a Glória de Deus.

*tirar a pedra: neste momento podemos conjecturar que de forma análoga ao contexto Jesus manda que Marta tire a trave de seus olhos para ver o agir de Deus.

Mateus 7; 3 e 4: E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?


·        Maria porém ficou assentada em casa e só foi até Jesus quando Marta a avisou que o Mestre estava chamando-a. Nesta postura de Maria podemos observar uma calma, uma tranquilidade, algo que só quem está aos pés de Jesus pode sentir, pois cremos e descansamos nEle. Os judeus que estavam com ela em casa, consolando-a, viram-na saindo com pressa e a seguiram pois pensavam que ela iria ao sepulcro pra chorar. Mais não foi isto que ela fez, ela foi buscar consolo, conforto e providência do único que poderia ajudá-la. Ela mais uma vez ficou aos pés de Jesus, ela se lançou aos pés dEle. Não adianta contar nossos problemas pra ninguém, chorar no ombro de um amigo, pois eles nada podem fazer por nós; o único que pode nos socorrer é o Senhor Jesus (Ele é o nosso verdadeiro amigo, Ele nos AMA), lancemo-nos aos seus pés, clamemos a Ele que Ele responderá e nos socorrerá no seu tempo e para Glória de Deus!  

Salmos 37; 3 a, 4, 5 e 7a: Confia no SENHOR e faze o bem. Deleita-te também no SENHOR, e te concederá os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará. Descansa no SENHOR, e espera nele.

Salmos 46; 1: Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.




Mais uma vez vemos Marta no serviço doméstico e Maria aproveitando cada momento que tinha na presença de Jesus para adorá-lo. Ela estava grata pelo milagre que Jesus fez ao ressuscitar seu irmão (Lázaro). Ela não poupou esforços, ela pegou o unguento de nardo puro (muito valioso monetariamente) e ungiu os pés de Jesus e depois enxugou com os seus cabelos (os pés de Jesus remetem ao caminho para chegar a Deus. João 14; 6: Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.). Observemos quem se incomodou com esta atitude de Maria, ninguém menos que Judas Iscariotes. Este usou de ‘falsa preocupação’ com os pobres para questionar o ato de Maria. Porém Jesus que conhece o íntimo de cada um, viu que ele queria era roubar o valor do unguento se tivesse chance. E mais uma vez Jesus constatou que Maria escolheu a boa parte, que ela usou o que tinha de melhor para adorá-lo; pois aos pobres sempre poderemos ajudar, mais ver Jesus face a face e poder adorá-lo pessoalmente na forma humana não seria para todos e tão pouco por muito tempo, pois já estava perto de Jesus morrer, ressuscitar e ir para a Glória ficar ao lado do Pai Celestial.

João 12; 1-8: Foi, pois, Jesus seis dias antes da páscoa a Betânia, onde estava Lázaro, o que falecera, e a quem ressuscitara dentre os mortos. Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. Então Maria, tomando um arrátel de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento. Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse: Por que não se vendeu este unguento por trezentos dinheiros e não se deu aos pobres? Ora, ele disse isto, não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava. Disse, pois, Jesus: Deixai-a; para o dia da minha sepultura guardou isto; Porque os pobres sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes.

Deuteronômio 15; 11 a: Pois nunca deixará de haver pobre na terra.



Concluindo esta análise e reflexão de 2 irmãs com personalidades e posturas diferentes em meio ao convívio com alguém tão maravilhoso que é JESUS.
Jesus estava tão perto e tão acessível a ambas, porém apenas Maria soube usar este privilégio para seu enriquecimento espiritual.
Marta por outro lado estava com a visão limitada, ela não conseguia contemplar o propósito do Senhor para aquela situação, a qual não estava fora de controle, pois tinha uma finalidade: A Glória de Deus!
Amados, precisamos crer no impossível para poder ver o invisível!

Hebreus 11; 1: Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.



Queridos, se há algo em sua vida que parece que morreu, creia que Deus pode tornar a dar vida, seja qual for o problema que estiveres passando, se lance aos pés de Jesus e clame com fé que Ele te responderá, pois seus ouvidos não estão agravados impedindo que Ele nos ouça.

Porém tenho uma observação a fazer: Precisamos saber pedir (Como? O quê? Pra quê?), bem como, fazer uma auto análise de nossa vida espiritual, para que apresentemos os nossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o nosso culto racional e assim podermos experimentar qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. .

Jeremias 33; 3: Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes.

Isaías 59; 1: Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir.

Tiago 4; 3: Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.

Romanos 12; 1 e 2: Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 13 de septiembre de 2015

Poema- Pedinchona

Senhor, me faça transparente
pra qualquer má mente 
que queira meu fim

Que o inimigo não me note
Senhor, que Tuas mãos estejam prontas
para me livrarem do bote

Faça por mim o que não posso fazer
quando dependo de mim
meu fim é perecer

Que os meus pés 
não deixem Tuas pegadas
que minha alma 
pelo Teu sangue seja lavada

Me camufle com amor
quero que vejam em mim
o Teu favor

Faça com que eu faça
Tudo o que Tu farias
que fazer Tua vontade 
seja minha maior alegria

Me deixe perceber Teu ouvir
saber que quando choro
logo estás Tu a vir

Quero saber Tua presença
que minha alma à Tua pertença
e então serei feliz

Não me deixe ser má 
não deixe a maldade se ser em mim 
quero ser casa exclusiva Tua
que a maldade se abrigue na rua 
bem longe de daqui

Me deixa ver Tua poesia
mostre-se soberano 
mate minha ironia

Que Tu estejas em cada letra
que por aventura eu escrever 
correr em Tuas palavras 
saltar em Teus relevos

Pra mim Tu és aventura
o viver mais radical
amar o próximo é tão difícil 
que muitos preferem fazer o mal

Talvez eu fale pouco
e escreva demais 
é que em mim 
a letra desenhada é o que traz paz

Me encontrei em teu livro
ó, como amo Teu livro
nele tu mostras 
como Teu mundo é lindo

Creio que o decote em minh'alma 
seja propósito Teu 
talvez alguém tenha que ler 
o que em mim o Senhor escreveu

E assim termino minha oração
pedindo utilidade pra esse ser 
pedindo facilidade para Te pertencer

Que a palavra escrita seja clamada
que o clamor possa se escrever
que ao Teu coração
meus versos possam pertencer.

Karla Waters




Mateus 7; 7-11: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á. E qual de entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 6 de septiembre de 2015

Em qual dos 3 perfis você se enquadra?



1 Coríntios 2; 1-16: O caráter da pregação de Paulo em Corinto
E eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não fui com sublimidade de palavras ou de sabedoria. Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado. E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor. A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder; Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus. Todavia falamos sabedoria entre os perfeitos; não, porém, a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo, que se aniquilam; Mas falamos a sabedoria de Deus, oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória; A qual nenhum dos príncipes deste mundo conheceu; porque, se a conhecessem, nunca crucificariam ao Senhor da glória. Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam. Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus. As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

1 Coríntios 3; 1-5: E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens? Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais? Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um?


Hebreus 4; 12 e 13: Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.


Vamos destrinchar para compreender melhor cada tipo/ perfil de Homem/ Ser Humano:

1.     Homem Natural: Este é o que todos somos antes de conhecer ao Senhor, antes de termos um encontro pessoal, uma experiência espiritual e intransferível com Deus, até quem é filho de crente, pois cada um precisa ter a sua experiência com o Senhor.
Mais os que recusaram esta experiência e não quiseram nascer novamente (Jesus explicou a Nicodemos como se nasce novamente), como o Jovem rico que preferiu a riqueza desta terra à Celestial; estes nascem 1 vez (carne, corpo físico, do ventre de sua mãe) e morrem 2 vezes (corpo físico e espiritualmente, pois se não quis nova vida com Deus neste mundo, não terá direito a Vida Eterna com Deus). 
Para que possa mudar esta história, este derradeiro fim, é necessário reconhecer a Jesus Cristo como Senhor e Salvador de sua vida, para que alcanceis a Salvação Eterna, este é o antídoto para mudar o curso de sua vida, você quer? Jesus quer te dar, basta você buscá-Lo para receber!

João 3; 1-6: E havia entre os fariseus um homem, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele. Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.

Mateus 19; 16-26: O Jovem Rico
E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna? E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos. Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho; Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo. Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda? Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me. E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades. Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus. E, outra vez vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus. Os seus discípulos, ouvindo isto, admiraram-se muito, dizendo: Quem poderá pois salvar-se? E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.

Mateus 10; 33: Mas qualquer que me negar diante dos homens, Eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus.

Romanos 2; 12-16: Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados. Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados. Porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem naturalmente as coisas que são da lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei; Os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência, e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os; No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu evangelho.



2.     Homem Espiritual: Este somos nós que tivemos uma experiência de novidade de vida com Deus, que aceitamos o seu Filho, Jesus Cristo como nosso Senhor e Salvador para naquele dia alcançarmos a Vida Eterna. Neste caso nascemos 2 vezes (corpo físico e espiritualmente) e morreremos apenas 1 vez (corpo físico); pois após a morte da carne/matéria/corpo físico segue-se o juízo por que o que é corruptível será transformado e revestido da incorruptibilidade e o que é mortal da imortalidade; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro, depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com Ele. Pois Tragada foi a morte eterna na vitória por nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos deu a Vida Eterna. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
Mais para que isso aconteça, precisamos buscar a Santificação enquanto vivermos, pois sem ela não poderemos ver ao Senhor. Como? Não extinguindo o Espírito, mais sim Vivendo em Espírito, enchendo-nos, andando e sendo guiados pelo Espírito Santo de Deus, crucificando a carne com as suas paixões e concupiscências, mortificando as obras do corpo; Falando entre nós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no nosso coração; Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.

1 Coríntios 15; 45-58: Assim está também escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente; o último Adão em espírito vivificante. Mas não é primeiro o espiritual, senão o natural; depois o espiritual. O primeiro homem, da terra, é terreno; o segundo homem, o Senhor, é do céu. Qual o terreno, tais são também os terrestres; e, qual o celestial, tais também os celestiais. E, assim como trouxemos a imagem do terreno, assim traremos também a imagem do celestial. E agora digo isto, irmãos: que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção. Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

1 Tessalonicenses 4; 13-17: Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele. Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

Hebreus 9; 27 e 28: E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo, assim também Cristo, oferecendo-se uma vez, para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para a Salvação.


João 3; 30-35: É necessário que ele cresça e que eu diminua. Aquele que vem de cima é sobre todos; aquele que vem da terra é da terra e fala da terra. Aquele que vem do céu é sobre todos. E aquilo que ele viu e ouviu isso testifica; e ninguém aceita o seu testemunho. Aquele que aceitou o seu testemunho, esse confirmou que Deus é verdadeiro. Porque aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus; pois não lhe dá Deus o Espírito por medida. O Pai ama o Filho, e todas as coisas entregou nas suas mãos. Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece.


Hebreus 12; 14: Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.

1 Tessalonicenses 5; 19: Não extingais o Espírito.

Gálatas 5; 16-26: Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei. E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito. Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.

Romanos 8; 1-9-17: Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. De maneira que, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne. Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.

Efésios 5; 18-20: E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito; Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração; Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.



3.     Homem Carnal: Este podemos subdividir em 2 tipos;


·        O novo convertido, aquele que tem a alegria de um recém-nascido, que leva ao pé da letra o texto que diz devemos ser como criança pra agradar a Deus, esquecendo-se de que é na humildade de uma criança; este precisa crescer e amadurecer para poder dar fruto; pois como meninos novamente nascidos precisam desejar afetuosamente o leite racional para que vá crescendo, pois em vez de serem mestres, alguns ainda se alimentam de leite. Ele (o Senhor) quer o nosso aperfeiçoamento para fazermos a sua obra e edifiquemos o corpo de Cristo; Até que cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.
Cuidemos para que sejamos sempre como a vara que dá frutos, pois será limpa para que dê mais fruto e não será lançada fora, secando-se é lançada no fogo para arder. Busquemos estar nEle para dar muitos frutos e guardemos seus mandamentos e permaneçamos no seu Amor. Neste caso, este menino na fé nasce 2 vezes e morre 1 vez; porém precisa se alimentar da palavra nas fases corretas para um crescimento sadio (leite racional, sólido mantimento, carne,...).

Mateus 18; 1-6: Naquela mesma hora chegaram os discípulos ao pé de Jesus, dizendo: Quem é o maior no reino dos céus? E Jesus, chamando um menino, o pós no meio deles, E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus. E qualquer que receber em meu nome um menino, tal como este, a mim me recebe. Mas, qualquer que escandalizar um destes pequeninos, que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar.


1 Pedro 2; 2-10: Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo; Se é que já provastes que o Senhor é benigno; E, chegando-vos para ele, pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo. Por isso também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; E quem nela crer não será confundido. E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, A pedra que os edificadores reprovaram, Essa foi a principal da esquina, E uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; Vós, que em outro tempo não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia.

Efésios 4; 11-14: E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente.

Hebreus 5; 12-14: Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento. Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.

João 15; 1-10: Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado. Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não estiver em mim, será lançado fora, como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem. Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito. Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.


·        Aquele(a) velho(a) na caminhada, às vezes conhecemos de vista a muitos anos na congregação, porém vive com o foco errado, pois não se converteu verdadeiramente pois não aceita correção, é murmurador, desrespeita a liderança da Igreja; está em cima do muro, coxeando entre dois pensamentos, é como um apóstata que não saiu do meio dos crentes, se camufla, parece sal mais não é, ou pode ter sido algum dia mais deixou de salgar; estão junto do caminho e não no caminho; é quase crente, e quase vai entrar no céu se não mudar e morrer assim; pois por serem mornos, Deus os vomitará.
Cuidado, pois se o negarmos, Ele nos negará também. Ele os entregará às concupiscências de seus corações, às imundícias, às paixões infames. Você ficará a própria sorte! Ai daquele que contende com o seu Criador! Este caso é semelhante ao homem natural, ele nasce 1 vez e morre 2 vezes. Irmã Erica, mais pra ele não tem jeito? Se não cometeu blasfêmia contra o Espírito Santo de Deus, ainda tem jeito sim. Mais pra isso ele/ela precisa de libertação, de um novo nascimento genuíno, ou seja, mirar o alvo e prosseguir no caminho que leva a Deus! Aos que fizeram coisas dignas de açoites, lembrem-se que o Senhor açoita aos que recebe como filho e corrige aos que ama, então fique feliz pois Ele te dá uma nova chance, mais você não pode amar o mundo para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa. Deus é amor e também é justiça!


Mateus 5; 13: Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.

Marcos 4; 15: E, os que estão junto do caminho são aqueles em quem a palavra é semeada; mas, tendo-a eles ouvido, vem logo Satanás e tira a palavra que foi semeada nos seus corações.

João 14; 6: Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

João 7; 12: E havia grande murmuração entre a multidão a respeito dele. Diziam alguns: Ele é bom. E outros diziam: Não, antes engana o povo.

Marcos 3; 29: Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas será réu do eterno juízo.

1 Reis 18; 21: Então Elias se chegou a todo o povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o, e se Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu.

Apocalipses 3; 16: Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.


Romanos 1; 18-32: Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se veem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; Estando cheios de toda a iniquidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães; Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia; Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem.


Isaías 45; 9: Ai daquele que contende com o seu Criador! o caco entre outros cacos de barro! Porventura dirá o barro ao que o formou: Que fazes? ou a tua obra: Não tens mãos?


Lucas 12; 48: Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá.

Hebreus 12; 6: Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho.

1 João 2; 15-17: Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.

Filipenses 2; 15 e 16: Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo; Retendo a palavra da vida, para que no dia de Cristo possa gloriar-me de não ter corrido nem trabalhado em vão.

2 Coríntios 5; 17: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.



Amados, lembremos que a nossa luta não é contra a carne e o sangue, ou seja, as pessoas; mais sim contra os principados, potestades, príncipes das trevas deste século, hostes espirituais da maldade, ou seja, contra as astutas ciladas do diabo, contra o pecado, heresias,...
Cada cristão precisa ter bem claro em sua mente que esta é a missão da Igreja de Cristo e que se somos cristãos genuínos devemos negar a nós mesmos/nossos sonhos (para sonhar os sonhos de Deus) e tomar a nossa cruz de cada dia e segui-lo, fazer a sua obra, pregar em tempo e fora de tempo.

Efésios 6; 11 e 12: Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

Lucas 9; 23: E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.

2 Timóteo 4; 2: Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina.


Não podemos ter uma mentalidade medíocre de achar que a nossa alma tem depósito para muitos anos e que podemos descansar, comer, beber e folgar. É nesse desleixo espiritual que o inimigo se arma contra nós, pois ele só quer uma brechinha pra nos devorar como um leão bramando.

Lucas 12; 13-21: A parábola do rico insensato
E disse-lhe um da multidão: Mestre, dize a meu irmão que reparta comigo a herança. Mas ele lhe disse: Homem, quem me pós a mim por juiz ou repartidor entre vós? E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui. E propôs-lhe uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância; E ele arrazoava consigo mesmo, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. E disse: Farei isto: Derrubarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; E direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.

1 Pedro 5; 8: Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar.


Aprendemos que precisamos da nossa porção acostumada na nossa alimentação, mais às vezes não pensamos que também podemos atribuir à nossa alimentação espiritual, pois quando o Senhor diz (tome cada dia a sua cruz) é algo que precisamos todos os dias, e a alimentação de nossa alma também é cotidiana, pois se não estivermos prontos todos os dias para entrar na presença de Deus e fazer a sua obra, quanto mais se não estivermos prontos no dia que o Senhor voltar para buscar a sua Igreja?! Depois de tantos anos buscando a santidade, pregando a Palavra do Senhor pra que naquele Dia ficarmos como as virgens loucas e deixar de ver o noivo. Não é isso que eu quero pra minha vida. E você, quer ver o nosso Senhor face a face?

Provérbios 30; 8 e 9: Afasta de mim a vaidade e a palavra mentirosa; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; mantém-me do pão da minha porção de costume; Para que, porventura, estando farto não te negue, e venha a dizer: Quem é o SENHOR? ou que, empobrecendo, não venha a furtar, e tome o nome de Deus em vão.

Amós 8; 11: Eis que vêm dias, diz o Senhor DEUS, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do SENHOR.

Mateus 4; 4: Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.

João 6; 51: Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo.


Mateus 25; 1-13: Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo. E cinco delas eram prudentes, e cinco loucas. As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo. Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas lâmpadas. E, tardando o esposo, tosquenejaram todas, e adormeceram. Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro. Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas lâmpadas. E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam. Mas as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós, ide antes aos que o vendem, e comprai-o para vós. E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta. E depois chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos. E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.

1 Coríntios 13; 12: Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla