Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


domingo, 29 de septiembre de 2013

Poema- PROFUNDIDADE

No silêncio profundo
os olhos se fecham...
Na tranquilidade eclesiástica,
os sentidos se concentram,
e os corações se esvaziam...
É esquecido tudo à volta,
sendo removido tudo da mente,
são abertos os olhos espirituais,
só ficam acesos os entendimentos
do Alto, do Eterno...
É retirado tudo que impede
a límpida santificação;
arrancada é toda a mácula,
e é renunciado o próprio ego.
De todo ser, a negação é feita,
e mergulha-se na inocência,
na intimidade interior, na pureza,
na santa pureza do coração.

As palavras se elevam em oração,
lágrimas se derramam profundamente
procurando a verdadeira comunhão
ao expressar tudo que se sente,
na palavra do coração.
Joelhos se dobram, quebrantados,
todos os sentidos são purificados.
A vida nas Mãos do Senhor
é completamente entregue.
É entregue o íntimo, a alma o espírito
em sacrifício de louvor,
na verdade do Espírito,
e o pecado é todo aniquilado,
para chegar puro na Tua Presença,
para que Deus seja Louvado, Adorado!
Ao Senhor Soberano
é declarado o perfeito louvor,
com purezas de muito amor,

O tudo se cala
ao contemplar Tua face.
Ao sentir Tua Presença,
corações são saciados,
transformados,
corações comovidos por inteiro.
Nas Tuas mãos já estão as vidas,
que são entregues a ti, e são modificadas.
Com fervor,
de toda energia se consome,
para Honra e Glória do Teu nome!

Edson Manoel de Lima




Queridos, precisamos lembrar que é na presença do Senhor que encontramos ajuda, socorro, respostas e consolo; Ele nos conhece muito mais do que podemos achar através do nosso autoconhecimento, Ele sabe o quê nos aflige, e o melhor de tudo, Ele sabe como curar nossas feridas, pois não basta Ele saber onde estão, se não soubesse curar/resolver. O que cabe a nós é orar com fé (não estou sendo redundante e sim veemente), permanecer no centro da soberana vontade do Senhor, que a solução para tudo está nas mãos dEle e no tempo oportuno Ele fará, seja qual for a circunstância (saúde, família, estudos, trabalho,...).

Romanos 6; 18-30: Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada. Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus. Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou, Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora. E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos. E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos. E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.

Mateus 6; 33: Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 22 de septiembre de 2013

Moisés morre e é sucedido por Josué!



Deus releva ao seu servo o que lhe acontecerá, o prepara e o conforta!

Deuteronômio 3; 23-29: Também eu pedi graça ao SENHOR no mesmo tempo, dizendo: Senhor DEUS, já começaste a mostrar ao teu servo a tua grandeza e a tua forte mão; pois, que Deus há nos céus e na terra, que possa fazer segundo as tuas obras, e segundo os teus grandes feitos? Rogo-te que me deixes passar, para que veja esta boa terra que está além do Jordão; esta boa montanha, e o Líbano! Porém o SENHOR indignou-se muito contra mim por causa de vós, e não me ouviu; antes o SENHOR me disse: Basta; não me fales mais deste assunto; Sobe ao cume de Pisga, e levanta os teus olhos ao ocidente, e ao norte, e ao sul, e ao oriente, e vê com os teus olhos; porque não passarás este Jordão. Manda, pois, a Josué, e anima-o, e fortalece-o; porque ele passará adiante deste povo, e o fará possuir a terra que verás. Assim ficamos neste vale, defronte de Bete-Peor.

Deuteronômio 34; 1-12: Então subiu Moisés das campinas de Moabe ao monte Nebo, ao cume de Pisga, que está em frente a Jericó e o SENHOR mostrou-lhe toda a terra desde Gileade até Dã; E todo Naftali, e a terra de Efraim, e Manassés e toda a terra de Judá, até ao mar ocidental; E o sul, e a campina do vale de Jericó, a cidade das palmeiras, até Zoar. E disse-lhe o SENHOR: Esta é a terra que jurei a Abraão, Isaque, e Jacó, dizendo: A tua descendência a darei; eu te faço vê-la com os teus olhos, porém lá não passarás. Assim morreu ali Moisés, servo do SENHOR, na terra de Moabe, conforme a palavra do SENHOR. E o sepultou num vale, na terra de Moabe, em frente de Bete-Peor; e ninguém soube até hoje o lugar da sua sepultura. Era Moisés da idade de cento e vinte anos quando morreu; os seus olhos nunca se escureceram, nem perdeu o seu vigor. E os filhos de Israel prantearam a Moisés trinta dias, nas campinas de Moabe; e os dias do pranto no luto de Moisés se cumpriram. E Josué, filho de Num, foi cheio do espírito de sabedoria, porquanto Moisés tinha posto sobre ele as suas mãos; assim os filhos de Israel lhe deram ouvidos, e fizeram como o SENHOR ordenara a Moisés. E nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, a quem o SENHOR conhecera face a face; Nem semelhante em todos os sinais e maravilhas, que o SENHOR o enviou para fazer na terra do Egito, a Faraó, e a todos os seus servos, e a toda a sua terra. E em toda a mão forte, e em todo o grande espanto, que praticou Moisés aos olhos de todo o Israel.

Ninguém (nenhum ser humano) soube até hoje o lugar da sua sepultura: O diabo é tão afoito que queria roubar o corpo de Moisés, para gerar idolatria como o corpo do servo de Deus.

Judas vers. 9: Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda.


Depois de quase 40 anos a frente do povo de Israel, Deus anuncia a morte de Moisés (aos 120 anos), cujo só teria como ver a terra prometida e não passaria o Jordão com o povo, por ter desobedecido ao Senhor em Meribá. A desobediência traz consequências, por mais que ele pedisse a Deus para passar o Jordão, não adiantaria, este era o preço que ele pagaria pela desobediência em bater na pedra novamente em busca de água, sem crer em Deus. Moisés como Líder não podia ter cedido às contendas do povo, e para servir de exemplo, Deus mostra ao povo de Israel que até Moisés seria punido por desobedecê-lo.

Êxodo 17; 1-7: Depois toda a congregação dos filhos de Israel partiu do deserto de Sim pelas suas jornadas, segundo o mandamento do SENHOR, e acampou em Refidim; e não havia ali água para o povo beber. Então contendeu o povo com Moisés, e disse: Dá-nos água para beber. E Moisés lhes disse: Por que contendeis comigo? Por que tentais ao SENHOR? Tendo pois ali o povo sede de água, o povo murmurou contra Moisés, e disse: Por que nos fizeste subir do Egito, para nos matares de sede, a nós e aos nossos filhos, e ao nosso gado? E clamou Moisés ao SENHOR, dizendo: Que farei a este povo? Daqui a pouco me apedrejará. Então disse o SENHOR a Moisés: Passa diante do povo, e toma contigo alguns dos anciãos de Israel; e toma na tua mão a tua vara, com que feriste o rio, e vai. Eis que eu estarei ali diante de ti sobre a rocha, em Horebe, e tu ferirás a rocha, e dela sairão águas e o povo beberá. E Moisés assim o fez, diante dos olhos dos anciãos de Israel. E chamou aquele lugar Massá e Meribá, por causa da contenda dos filhos de Israel, e porque tentaram ao SENHOR, dizendo: Está o SENHOR no meio de nós, ou não?

Números 20; 7-13: E o SENHOR falou a Moisés dizendo: Toma a vara, e ajunta a congregação, tu e Arão, teu irmão, e falai à rocha, perante os seus olhos, e dará a sua água; assim lhes tirarás água da rocha, e darás a beber à congregação e aos seus animais. Então Moisés tomou a vara de diante do SENHOR, como lhe tinha ordenado. E Moisés e Arão reuniram a congregação diante da rocha, e Moisés disse-lhes: Ouvi agora, rebeldes, porventura tiraremos água desta rocha para vós? Então Moisés levantou a sua mão, e feriu a rocha duas vezes com a sua vara, e saiu muita água; e bebeu a congregação e os seus animais. E o SENHOR disse a Moisés e a Arão: Porquanto não crestes em mim, para me santificardes diante dos filhos de Israel, por isso não introduzireis esta congregação na terra que lhes tenho dado. Estas são as águas de Meribá, porque os filhos de Israel contenderam com o SENHOR; e se santificou neles.

Amados, friso que todos os anos de obediência e temor que Moisés viveu para o Senhor não foram em vão, pois Deus ainda permitiu que ele visse a terra prometida, porém Arão e os rebeldes da ocasião mencionada acima, não puderam contemplar a promessa, morreram antes como disse o Senhor. Deus o tinha em alta estima, ele conheceu o Senhor face a face. Depois dele não houve profeta semelhante.



Quando o povo é contrário ao líder (o rejeita, o afronta e não lhe ouve/obedece), está se rebelando contra Deus, pois foi Deus que o instituiu e o mesmo representa ao Senhor.

Atos 6; 11: Então subornaram uns homens, para que dissessem: Ouvimos-lhe proferir palavras blasfemas contra Moisés e contra Deus.

Lucas 10; 16: Quem vos ouve a vós, a mim me ouve; e quem vos rejeita a vós, a mim me rejeita; e quem a mim me rejeita, rejeita aquele que me enviou.

1 Samuel 15; 22 e 23 a: Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros. Porque a rebelião é como o pecado de feitiçaria, e o *porfiar é como iniquidade e idolatria. Porquanto tu rejeitaste a palavra do SENHOR, ele também te rejeitou a ti.

*porfiar: Discutir, alterar, contender obstinadamente; Insistir, teimar; Competir, disputa, desafio, lutar por.




Moisés se preocupava com a saúde espiritual do povo de Israel, pois sabia que eram rebeldes e de dura servis; e quando soube que já estava no fim dos seus dias e que não entraria na terra prometida, pediu ao Senhor que pusesse em seu lugar um homem que saísse diante deles, e que entrasse diante deles, e que os fizesse sair, e que os fizesse entrar; para que a congregação do SENHOR não ficasse como ovelhas que não têm pastor; e Deus escolheu Josué, pois sabia de suas qualidades (homem em quem há o Espírito) e orienta a Moisés como proceder a transição (impõe a tua mão sobre ele (sinal de transferência de autoridade, poder e benção), E apresenta-o perante Eleazar, o sacerdote, e perante toda a congregação, e dá-lhe as tuas ordens na presença deles. E põe sobre ele da tua glória, para que lhe obedeça toda a congregação dos filhos de Israel.).

Números 27; 12-23: Depois disse o SENHOR a Moisés: Sobe a este monte de Abarim, e vê a terra que tenho dado aos filhos de Israel. E, tendo-a visto, então serás recolhido ao teu povo, assim como foi recolhido teu irmão Arão; Porquanto, no deserto de Zim, na contenda da congregação, fostes rebeldes ao meu mandado de me santificar nas águas diante dos seus olhos (estas são as águas de Meribá de Cades, no deserto de Zim). Então falou Moisés ao SENHOR, dizendo: O SENHOR, Deus dos espíritos de toda a carne, ponha um homem sobre esta congregação, Que saia diante deles, e que entre diante deles, e que os faça sair, e que os faça entrar; para que a congregação do SENHOR não seja como ovelhas que não têm pastor. Então disse o SENHOR a Moisés: Toma a Josué, filho de Num, homem em quem há o Espírito, e impõe a tua mão sobre ele. E apresenta-o perante Eleazar, o sacerdote, e perante toda a congregação, e dá-lhe as tuas ordens na presença deles. E põe sobre ele da tua glória, para que lhe obedeça toda a congregação dos filhos de Israel. E apresentar-se-á perante Eleazar, o sacerdote, o qual por ele consultará, segundo o juízo de Urim, perante o SENHOR; conforme a sua palavra sairão, e conforme a sua palavra entrarão, ele e todos os filhos de Israel com ele, e toda a congregação. E fez Moisés como o SENHOR lhe ordenara; porque tomou a Josué, e apresentou-o perante Eleazar, o sacerdote, e perante toda a congregação; E sobre ele impôs as suas mãos, e lhe deu ordens, como o SENHOR falara por intermédio de Moisés.

Deuteronômio 31; 1-8: Depois foi Moisés, e falou estas palavras a todo o Israel, E disse-lhes: Da idade de cento e vinte anos sou eu hoje; já não poderei mais sair e entrar; além disto o SENHOR me disse: Não passarás o Jordão. O SENHOR teu Deus passará adiante de ti; ele destruirá estas nações de diante de ti, para que as possuas; Josué passará adiante de ti, como o SENHOR tem falado. E o SENHOR lhes fará como fez a Siom e a Ogue, reis dos amorreus, e à sua terra, os quais destruiu. Quando, pois, o SENHOR vo-los der diante de vós, então com eles fareis conforme a todo o mandamento que vos tenho ordenado. Esforçai-vos, e animai-vos; não temais, nem vos espanteis diante deles; porque o SENHOR teu Deus é o que vai contigo; não te deixará nem te desamparará. E chamou Moisés a Josué, e lhe disse aos olhos de todo o Israel: Esforça-te e anima-te; porque com este povo entrarás na terra que o SENHOR jurou a teus pais lhes dar; e tu os farás herdá-la. O SENHOR, pois, é aquele que vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te espantes.



Antes de guardar Moisés, Deus antecipa a rebeldia do povo e o orienta a escrever o último cântico para servir de testemunha contra o povo. Esta é mais uma preparação de Deus para Moisés e para quando Josué o sucedesse. Moisés sabia que vivendo com eles, foram rebeldes contra o SENHOR; e quanto mais depois de sua morte? Certamente se corromperiam, e se desviariam do caminho que vos ordenou.

Deuteronômio 31; 14-30: E disse o SENHOR a Moisés: Eis que os teus dias são chegados, para que morras; chama a Josué, e apresentai-vos na tenda da congregação, para que eu lhe dê ordens. Assim foram Moisés e Josué, e se apresentaram na tenda da congregação. Então o SENHOR apareceu na tenda, na coluna de nuvem; e a coluna de nuvem estava sobre a porta da tenda. E disse o SENHOR a Moisés: Eis que dormirás com teus pais; e este povo se levantará, e prostituir-se-á indo após os deuses estranhos na terra, para cujo meio vai, e me deixará, e anulará a minha aliança que tenho feito com ele. Assim se acenderá a minha ira naquele dia contra ele, e desampará-lo-ei, e esconderei o meu rosto dele, para que seja devorado; e tantos males e angústias o alcançarão, que dirá naquele dia: Não me alcançaram estes males, porque o meu Deus não está no meio de mim? Esconderei, pois, totalmente o meu rosto naquele dia, por todo o mal que tiver feito, por se haverem tornado a outros deuses. Agora, pois, escrevei-vos este cântico, e ensinai-o aos filhos de Israel; ponde-o na sua boca, para que este cântico me seja por testemunha contra os filhos de Israel. Porque introduzirei o meu povo na terra que jurei a seus pais, que mana leite e mel; e comerá, e se fartará, e se engordará; então se tornará a outros deuses, e os servirá, e me irritarão, e anularão a minha aliança. E será que, quando o alcançarem muitos males e angústias, então este cântico responderá contra ele por testemunha, pois não será esquecido da boca de sua descendência; porquanto conheço a sua boa imaginação, o que ele faz hoje, antes que o introduza na terra que tenho jurado. Assim Moisés escreveu este cântico naquele dia, e o ensinou aos filhos de Israel. E ordenou a Josué, filho de Num, e disse: Esforça-te e anima-te; porque tu introduzirás os filhos de Israel na terra que lhes jurei; e eu serei contigo. E aconteceu que, acabando Moisés de escrever num livro, todas as palavras desta lei. Deu ordem aos levitas, que levavam a arca da aliança do SENHOR, dizendo: Tomai este livro da lei, e ponde-o ao lado da arca da aliança do SENHOR vosso Deus, para que ali esteja por testemunha contra ti. Porque conheço a tua rebelião e a tua dura cerviz; eis que, vivendo eu ainda hoje convosco, rebeldes fostes contra o SENHOR; e quanto mais depois da minha morte? Ajuntai perante mim todos os anciãos das vossas tribos, e vossos oficiais, e aos seus ouvidos falarei estas palavras, e contra eles por testemunhas tomarei o céu e a terra. Porque eu sei que depois da minha morte certamente vos corrompereis, e vos desviareis do caminho que vos ordenei; então este mal vos alcançará nos últimos dias, quando fizerdes mal aos olhos do SENHOR, para o provocar à ira com a obra das vossas mãos. Então Moisés falou as palavras deste cântico aos ouvidos de toda a congregação de Israel, até se acabarem.


Sabendo que a responsabilidade de Josué seria grande após a morte de Moisés, Deus o chama e lhe dá valiosas instruções e ânimo, como só Ele sabe e pode fazer.

Josué 1; 1-18: E sucedeu depois da morte de Moisés, servo do SENHOR, que o SENHOR falou a Josué, filho de Num, servo de Moisés, dizendo: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu disse a Moisés. Desde o deserto e do Líbano, até ao grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo. Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei. Esforça-te, e tem bom ânimo; porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Tão somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares. Então Josué deu ordem aos príncipes do povo, dizendo: Passai pelo meio do arraial e ordenai ao povo, dizendo: Provede-vos de comida, porque dentro de três dias passareis este Jordão, para que entreis a possuir a terra que vos dá o SENHOR vosso Deus, para a possuirdes. E falou Josué aos rubenitas, e aos gaditas, e à meia tribo de Manassés, dizendo: Lembrai-vos da palavra que vos mandou Moisés, o servo do SENHOR, dizendo: O SENHOR vosso Deus vos dá descanso, e vos dá esta terra. Vossas mulheres, vossos meninos e vosso gado fiquem na terra que Moisés vos deu deste lado do Jordão; porém vós passareis armados na frente de vossos irmãos, todos os valentes e valorosos, e ajudá-los-eis; Até que o SENHOR dê descanso a vossos irmãos, como a vós, e eles também possuam a terra que o SENHOR vosso Deus lhes dá; então tornareis à terra da vossa herança, e possuireis a que vos deu Moisés, o servo do SENHOR, deste lado do Jordão, para o nascente do sol. Então responderam a Josué, dizendo: Tudo quanto nos ordenaste faremos, e onde quer que nos enviares iremos. Como em tudo ouvimos a Moisés, assim te ouviremos a ti, tão somente que o SENHOR teu Deus seja contigo, como foi com Moisés. Todo o homem, que for rebelde às tuas ordens, e não ouvir as tuas palavras em tudo quanto lhe mandares, morrerá. Tão somente esforça-te, e tem bom ânimo.



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 15 de septiembre de 2013

Quando a solidão chegar, Conte com Ele!

Salmos 25; 16: Olha para mim, e tem piedade de mim, porque estou solitário e aflito.




Conversando com uma distinta e respeitada senhora, já idosa, que teve um casamento bem-sucedido, constituiu uma bela e sólida família, agora, nos seus anos de viuvez, me disse do seu intento de contrair um segundo casamento porque a dor da solidão, a falta de um amigo, companheiro eram bastante intensas.

O próprio Jesus experimentou a dor e a angústia no Jardim de Oração junto aos seus discípulos:

Marcos 14; 33 e 34: E tomou consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, e começou a ter pavor, e a angustiar-se. E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui, e vigiai.


Paulo, o apóstolo, quando na prisão em Roma, escreveu a Timóteo fazendo-lhe este pedido:

2 Timóteo 4; 9, 13 e 21 a: Procura vir ter comigo depressa, Quando vieres, traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos. Procura vir antes do inverno.


O próprio Criador, nosso bondoso Deus, depois de criar todas as coisas pelo seu infinito poder, criou o homem:

Gênesis 1; 26 e 27: E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.


Sim, após criar o homem e colocá-lo no jardim, o quê nos diz que aconteceu depois?

Gênesis 2; 18: E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele.


Deus nos criou para os relacionamentos, para a comunhão.


Vivemos hoje numa sociedade globalizada, informatizada, com o mundo na ponta dos dedos. Basta acessar a internet e estamos conectados com o mundo. Os muros caíram, a cor, a raça, a língua, a religião, a cultura já não nos separam. Mas com todos os recursos à nossa disposição, ao nosso alcance, vivemos isolados: cônjuges, pais e filhos, amigos. Nossos laços de relacionamentos são frágeis e frios, nossa comunicação é técnica e formal. Moramos no mesmo prédio e não nos conhecemos, vivemos na mesma casa e não temos comunhão. Nosso trabalho, a sede de conquista não nos deixam tempo para nos curtir.

Que bom seria se os casais se abraçassem, se entendessem e se curtissem. Como seria lindo pais e filhos dialogando. Seria tão emocionante descobrirmos o poder de um elogio, de um gesto, de um abraço, de um passeio juntos, de mãos entrelaçadas, de olhares se cruzando, de mãos afagando. Tudo isto é possível, pode acontecer.

Podemos contar com Ele para nos capacitar e nos levar à prática de tudo aquilo que edifica e glorifica o Pai Celestial.


Pare para meditar no que estudamos hoje:

Romanos 12; 10: Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.


Oremos:

Pai querido,
Confio em ti e reconheço que és o meu auxílio, que me socorre e me conforta nos momentos de solidão, enchendo-me da tua paz.
Muito obrigada. Eu te amo!
Em nome de Jesus. Amém!


Pastor Messias Anacleto Rosa



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 8 de septiembre de 2013

Jesus, nosso Sumo Sacerdote!



Êxodo 28; 1-43: Depois tu farás chegar a ti teu irmão Arão, e seus filhos com ele, do meio dos filhos de Israel, para me administrarem o ofício sacerdotal; a saber: Arão, Nadabe, e Abiú, Eleazar e Itamar, os filhos de Arão. E farás vestes sagradas a Arão teu irmão, para glória e ornamento. Falarás também a todos os que são sábios de coração, a quem eu tenho enchido do espírito da sabedoria, que façam vestes a Arão para santificá-lo; para que me administre o ofício sacerdotal. Estas pois são as vestes que farão: um peitoral, e um éfode, e um manto, e uma túnica bordada, uma mitra, e um cinto; farão, pois, santas vestes para Arão, teu irmão, e para seus filhos, para me administrarem o ofício sacerdotal. E tomarão o ouro, e o azul, e a púrpura, e o carmesim, e o linho fino, E farão o éfode de ouro, e de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido, de obra esmerada. Terá duas ombreiras, que se unam às suas duas pontas, e assim se unirá. E o cinto de obra esmerada do seu éfode, que estará sobre ele, será da sua mesma obra, igualmente, de ouro, de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido. E tomarás duas pedras de ônix, e gravarás nelas os nomes dos filhos de Israel, Seis dos seus nomes numa pedra, e os outros seis nomes na outra pedra, segundo as suas gerações; Conforme a obra do lapidário, como o lavor de selos lavrarás estas duas pedras, com os nomes dos filhos de Israel; engastadas ao redor em ouro as farás. E porás as duas pedras nas ombreiras do éfode, por pedras de memória para os filhos de Israel; e Arão levará os seus nomes sobre ambos os seus ombros, para memória diante do SENHOR. Farás também engastes de ouro, E duas cadeiazinhas de ouro puro; de igual medida, de obra de fieira as farás; e as cadeiazinhas de fieira porás nos engastes. Farás também o peitoral do juízo de obra esmerada, conforme a obra do éfode o farás; de ouro, de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido o farás. Quadrado e duplo, será de um palmo o seu comprimento, e de um palmo a sua largura. E o encherás de pedras de engaste, com quatro ordens de pedras; a ordem de um sárdio, de um topázio, e de um carbúnculo; esta será a primeira ordem; E a segunda ordem será de uma esmeralda, de uma safira, e de um diamante; E a terceira ordem será de um jacinto, de uma ágata, e de uma ametista; E a quarta ordem será de um berilo, e de um ônix, e de um jaspe; engastadas em ouro serão nos seus engastes. E serão aquelas pedras segundo os nomes dos filhos de Israel, doze segundo os seus nomes; serão esculpidas como selos, cada uma com o seu nome, para as doze tribos. Também farás para o peitoral cadeiazinhas de igual medida, obra trançada de ouro puro. Também farás para o peitoral dois anéis de ouro, e porás os dois anéis nas extremidades do peitoral. Então porás as duas cadeiazinhas de fieira de ouro nos dois anéis, nas extremidades do peitoral; E as duas pontas das duas cadeiazinhas de fieira colocarás nos dois engastes, e as porás nas ombreiras do éfode, na frente dele. Farás também dois anéis de ouro, e os porás nas duas extremidades do peitoral, na sua borda que estiver junto ao éfode por dentro. Farás também dois anéis de ouro, que porás nas duas ombreiras do éfode, abaixo, na frente dele, perto da sua juntura, sobre o cinto de obra esmerada do éfode. E ligarão o peitoral, com os seus anéis, aos anéis do éfode por cima, com um cordão de azul, para que esteja sobre o cinto de obra esmerada do éfode; e nunca se separará o peitoral do éfode. Assim Arão levará os nomes dos filhos de Israel no peitoral do juízo sobre o seu coração, quando entrar no santuário, para memória diante do SENHOR continuamente. Também porás no peitoral do juízo Urim e Tumim, para que estejam sobre o coração de Arão, quando entrar diante do SENHOR: assim Arão levará o juízo dos filhos de Israel sobre o seu coração diante do SENHOR continuamente. Também farás o manto do éfode, todo de azul. E a abertura da cabeça estará no meio dele; esta abertura terá uma borda de obra tecida ao redor; como abertura de cota de malha será, para que não se rompa. E nas suas bordas farás romãs de azul, e de púrpura, e de carmesim, ao redor das suas bordas; e campainhas de ouro no meio delas ao redor. Uma campainha de ouro, e uma romã, outra campainha de ouro, e outra romã, haverá nas bordas do manto ao redor, E estará sobre Arão quando ministrar, para que se ouça o seu sonido, quando entrar no santuário diante do SENHOR, e quando sair, para que não morra. Também farás uma lâmina de ouro puro, e nela gravarás como as gravuras de selos: SANTIDADE AO SENHOR. E atá-la-ás com um cordão de azul, de modo que esteja na mitra, na frente da mitra estará; E estará sobre a testa de Arão, para que Arão leve a iniquidade das coisas santas, que os filhos de Israel santificarem em todas as ofertas de suas coisas santas; e estará continuamente na sua testa, para que tenham aceitação perante o SENHOR. Também farás túnica de linho fino; também farás uma mitra de linho fino; mas o cinto farás de obra de bordador. Também farás túnicas aos filhos de Arão, e far-lhes-ás cintos; também lhes farás tiaras, para glória e ornamento. E vestirás com eles a Arão, teu irmão, e também seus filhos; e os ungirás e consagrarás, e os santificarás, para que me administrem o sacerdócio. Faze-lhes também calções de linho, para cobrirem a carne nua; irão dos lombos até as coxas. E estarão sobre Arão e sobre seus filhos, quando entrarem na tenda da congregação, ou quando chegarem ao altar para ministrar no santuário, para que não levem iniquidade e morram; isto será estatuto perpétuo para ele e para a sua descendência depois dele.

Êxodo 39; 1-32: Fizeram também as vestes do ministério, para ministrar no santuário, de azul, e de púrpura e de carmesim; também fizeram as vestes santas, para Arão, como o SENHOR ordenara a Moisés. Assim se fez o éfode de ouro, de azul, e de púrpura, e de carmesim e de linho fino torcido. E estenderam as lâminas de ouro, e as cortaram em fios, para tecê-los entre o azul, e entre a púrpura, e entre o carmesim, e entre o linho fino com trabalho esmerado. Fizeram-lhe ombreiras que se ajuntavam; e uniam-se em suas duas pontas. E o cinto de obra esmerada do éfode, que estava sobre ele, formava com ele uma só peça e era de obra semelhante, de ouro, de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido, como o SENHOR ordenara a Moisés. Também prepararam as pedras de ônix, engastadas em ouro, lavradas com gravuras de um selo, com os nomes dos filhos de Israel. E as pós sobre as ombreiras do éfode por pedras de memória para os filhos de Israel, como o SENHOR ordenara a Moisés. Fez-se também o peitoral de obra de artífice, como a obra do éfode, de ouro, de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido. Quadrado era; duplo fizeram o peitoral; o seu comprimento era de um palmo, e a sua largura de um palmo dobrado. E engastaram nele quatro ordens de pedras; uma ordem de um sárdio, de um topázio, e de um carbúnculo; esta era a primeira ordem; E a segunda ordem de uma esmeralda, de uma safira e de um diamante; E a terceira ordem de um jacinto, de uma ágata, e de uma ametista; E a quarta ordem de um berilo, e de um ônix, e de um jaspe, engastadas em engastes de ouro. Estas pedras, pois, eram segundo os nomes dos filhos de Israel, doze segundo os seus nomes; como gravuras de selo, cada uma com o seu nome, segundo as doze tribos. Também fizeram para o peitoral cadeiazinhas de igual medida, obra de ouro puro trançado. E fizeram dois engastes de ouro e duas argolas de ouro; e puseram as duas argolas nas duas extremidades do peitoral. E puseram as duas cadeiazinhas de trança de ouro nas duas argolas, nas duas extremidades do peitoral. E as outras duas pontas das duas cadeiazinhas de trança puseram nos dois engastes; e as puseram sobre as ombreiras do éfode na frente dele. Fizeram também duas argolas de ouro, que puseram nas duas extremidades do peitoral, na sua borda que estava junto ao éfode por dentro. Fizeram mais duas argolas de ouro, que puseram nas duas ombreiras do éfode, abaixo, na frente dele, perto da sua juntura, sobre o cinto de obra esmerada do éfode. E ligaram o peitoral com as suas argolas, às argolas do éfode com um cordão de azul, para que estivesse sobre o cinto de obra esmerada do éfode, e o peitoral não se separasse do éfode, como o SENHOR ordenara a Moisés. E fez-se o manto do éfode de obra tecida, todo de azul. E a abertura do manto estava no meio dele, como abertura de cota de malha; esta abertura tinha uma borda em volta, para que se não rompesse. E nas bordas do manto fizeram romãs de azul, e de púrpura, e de carmesim, de fio torcido. Fizeram também as campainhas de ouro puro, pondo as campainhas no meio das romãs nas bordas do manto, ao redor, entre as romãs; Uma campainha e uma romã, outra campainha e outra romã, nas bordas do manto ao redor: para ministrar, como o SENHOR ordenara a Moisés. Fizeram também as túnicas de linho fino, de obra tecida, para Arão e para seus filhos. E a mitra de linho fino, e o ornato das tiaras de linho fino, e os calções de linho fino torcido, E o cinto de linho fino torcido, e de azul, e de púrpura, e de carmesim, obra de bordador, como o SENHOR ordenara a Moisés. Fizeram também, de ouro puro, a lâmina da coroa de santidade, e nela escreveram o escrito como de gravura de selo: SANTIDADE AO SENHOR. E ataram-na com um cordão de azul, para prendê-la à parte superior da mitra, como o SENHOR ordenara a Moisés. Assim se acabou toda a obra do tabernáculo da tenda da congregação; e os filhos de Israel fizeram conforme a tudo o que o SENHOR ordenara a Moisés; assim o fizeram.




Queridos, como vimos nos versículos acima, o Sumo Sacerdote foi instituído por Deus, e o primeiro que Deus escolheu para exercer essa função/ofício foi Arão, irmão de Moisés, com a ajuda de seus filhos: Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar. Trazendo para a Igreja contemporânea, na figura do Sumo Sacerdote vemos o Pastor, o qual tem responsabilidade de zelar pelo povo de Deus.

A função do Sumo Sacerdote era representar o povo perante Deus, pedir perdão pelos pecados do povo israelita através de um sacrifício anual; ele era o único que podia entrar no Lugar Santíssimo/Santo dos Santos, nem Moisés ou mesmo os filhos de Arão poderiam entrar lá; Arão precisava se preparar, se santificar/purificar, vestir a roupa que Deus orientou que fizessem para que ele representasse o povo e ser ungido por Moisés (a unção simbolizava o Espírito Santo) e então poder entrar na presença de Deus.

Amados, isto nos faz pensar que, para Arão entrar no Lugar Santíssimo, ele tinha que se purificar, não poderia entrar de qualquer jeito; e porque hoje em dia tem gente que quando vai para a Igreja, vai de qualquer jeito? Quando vai orar, não se preocupa em concertar sua vida para poder entrar no altar do Senhor? Ou mesmo com sua vestimenta? A veste reflete o respeito pelo nosso corpo e ao Senhor, pois nosso corpo é templo e morada dEle; tem pessoas que vão semi-nuas para a Casa do Senhor, ou quando vão orar em suas residências, o fazem com roupas inapropriadas, pensando: estou na minha casa, ninguém está me vendo; esquecendo-se que a principal pessoa (Deus) que está nos vendo sempre, vê e não se agrada. As exigências para entrar na presença de Deus não deixaram de existir depois de não haver mais necessidade de um sacrifício anual do representante (Sumo Sacerdote) por todo um povo, a essência de tudo é a mesma, não nos confundamos, pensando que Jesus veio abolir a lei, Ele veio fazê-la cumprir.

1 Coríntios 6; 19 e 20: Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.


Mateus 5; 17: Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.


Outra questão é: o Sumo Sacerdote tinha o privilégio de entrar na presença de Deus e ao mesmo tempo uma grande responsabilidade, pois ele não ia representando apenas a sua vida ou dos seus familiares, ele representava um povo inteiro, o povo de Israel. Será que era fácil para o povo apenas um pedido de perdão por ano? Será que eles ficavam muito despreocupados? Achando que poderiam pecar o quando desse, que naquela data iriam pedir perdão e pronto, estava tudo certo. Era um circulo vicioso, pecar e pedir perdão. Acho que era muito arriscado, pois o quê aconteceria se alguém morresse antes? Com certeza não seria salvo. Deus não se agrade de sacrifício, Ele quer que o obedeçamos e assim não será necessário pedir perdão, pois quem obedece não peca/transgride.

1 Samuel 15; 22: Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.

Oséias 6; 6: Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos.


Arão era um tipo de Cristo, pois essa função era um prenúncio da vinda de Jesus, que viria e rasgaria o véu de alto a baixo, acabando com a separação da humanidade para com Deus, pois o único mediador entre Deus e os homens nasceria em carne e seria resuscitado para que deixasse o Espírito Santo conosco para interceder por nós, com gemidos inexprimíveis. Naquela época somente o Sumo Sacerdote poderia buscar a presença de Deus e apenas uma vez por ano, depois que Jesus morreu e ressuscitou ao terceiro dia, todos podemos buscar a face do Senhor e quantas vezes quisermos no mesmo dia, e por todos os dias da nossa vida, assim obtemos intimidade com Ele e Ele conosco. Não fiquemos acomodados, pois isso nos levará ao óbito espiritual.
  
Marcos 15; 37-39: E Jesus, dando um grande brado, expirou. E o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo. E o centurião, que estava defronte dele, vendo que assim clamando expirara, disse: Verdadeiramente este homem era o Filho de Deus.

João 14; 6: Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

1 Timóteo 2; 5: Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.

Hebreus 9; 15: E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna.

Hebreus 9; 22: E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão.


João 14; 16 e 26: E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.

João 16; 7: Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei.

Romanos 8; 26: E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.

770 × 768 - Hebreus 4.14-16 - Jesus Cristo, nosso sumo sacerdote - YouTube
Por que Jesus é o nosso Sumo Sacerdote?
Por que Ele nasceu, viveu, morreu e ressuscitou ao terceiro dia por nos AMAR. Ele passou pelas mesmas aflições que nós e não pecou, Ele é perfeito e só através dEle alcançamos a Salvação de nossas almas. Ele nos compreende e nos ama. Ele intercede a Deus em nosso favor, como o Sumo Sacerdote fazia naqueles tempos; basta pedirmos a Ele em oração que Ele nos apresentará ao Pai (Deus). O Pai sempre respondeu aos pedidos dEle quando estava sendo humilhado aqui na terra, quanto mais agora que já está glorificado no Céu ao seu lado. Lembremo-nos, Jesus é o único mediador entre Deus e os homens, não peguem atalho através de “santos/entidades”, pois atalho só nos desvia do caminho certo e pode nos levar a morte, morte espiritual, essa é irreversível. SANTO, só o Senhor JESUS é de fato, os que se intitulam ou são intitulados assim não o são, é artimanha do diabo para atrapalhar a vida de quem permite que ele faça. O Senhor nos orienta a sermos santos em nossa maneira de viver, sermos seus imitadores, como Ele é Santo, santifiquemos nossas vidas para alcançarmos a estatura de varão perfeito e sermos salvos e encontrá-lo face a face. 770 × 768 - Hebreus 4.14-16 - Jesus Cristo, nosso sumo sacerdote - YouTube

Hebreus 4; 14-16: Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

Hebreus 7; 25-28: Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles. Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus; Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo. Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre.


Isaías 30; 21 b: Este é o caminho, andai nele, sem vos desviardes nem para a direita nem para a esquerda.


1 Pedro 1; 16: Porquanto está escrito: Sede santos, porque Eu sou SANTO.

Efésios 5; 1 e 2: Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

Efésios 4; 13: Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo.



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla