Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


domingo, 27 de abril de 2014

Quando vierem as tempestades, Conte com Ele!

Mateus 8; 23-25 e 26 b: E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram; E eis que no mar se levantou uma tempestade, tão grande que o barco era coberto pelas ondas; ele, porém, estava dormindo. E os seus discípulos, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos! que perecemos. Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança.





Na minha família tenho experiências curiosas e diferentes em relação às tempestades. Minha filha tem medo das tempestades, trovões, ventos, relâmpagos. Já um dos meus netos, quando vê as nuvens escuras/ carregadas, os relâmpagos cortando os céus, os trovões, os ventos zumbindo, seu rosto se transforma, seus olhos brilham, sua alegria é contagiante, ele nos chama para contemplar o espetáculo indescritível que só a natureza (feitura de Deus) pode nos oferecer. A bem da verdade, a tempestade nos assusta, nos causa medo, não sabemos do que ela é capaz.

Como prisioneiro, o apóstolo Paulo em viagem para Roma, em companhia de outros presos, enfrentou uma tempestade no mar Mediterrâneo por quatorze dias, sem ver o sol e nem as estrelas. Nesse período, todas as duzentas e setenta e seis pessoas do navio nada comeram. Foi nessa terrível situação que o apóstolo teve uma linda experiência com Deus:

Atos 27; 20-24, 37, 42-44: E, não aparecendo, havia já muitos dias, nem sol nem estrelas, e caindo sobre nós uma não pequena tempestade, fugiu-nos toda a esperança de nos salvarmos. E, havendo já muito que não se comia, então Paulo, pondo-se em pé no meio deles, disse: Fora, na verdade, razoável, ó senhores, ter-me ouvido a mim e não partir de Creta, e assim evitariam este incômodo e esta perda. Mas agora vos admoesto a que tenhais bom ânimo, porque não se perderá a vida de nenhum de vós, mas somente o navio. Porque esta mesma noite o anjo de Deus, de quem eu sou, e a quem sirvo, esteve comigo, Dizendo: Paulo, não temas; importa que sejas apresentado a César, e eis que Deus te deu todos quantos navegam contigo. E éramos ao todo, no navio, duzentas e setenta e seis almas. Então a ideia dos soldados foi que matassem os presos para que nenhum fugisse, escapando a nado. Mas o centurião, querendo salvar a Paulo, lhes estorvou este intento; e mandou que os que pudessem nadar se lançassem primeiro ao mar, e se salvassem em terra; E os demais, uns em tábuas e outros em coisas do navio. E assim aconteceu que todos chegaram à terra a salvo.


As tempestades assolam os casamentos, as famílias, a saúde, as finanças, as emoções. Elas nos causam medo e, como os discípulos, no lago da Galileia; exclamamos:

Marcos 4; 38 b: Mestre, não se te dá que pereçamos?  


Podemos contar com Ele que está sempre conosco até nas tempestades e diz ao mar: Acalma-te, emudece! Logo o vento se aquieta e faz-se grande bonança. Jesus acalma a tempestade.


Pare para meditar no que estudamos hoje:

Salmos 46; 1-3: Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Portanto não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza.


Oremos:

Senhor,
Achegamos-nos, confiantemente, junto ao teu trono, para pedir socorro neste tempo de tempestades em diversas áreas de nossas vidas e de nossos familiares.
Em nome de Jesus, que é a fonte da nossa força e coragem, que oramos. Amém!

Pastor Messias Anacleto Rosa


Música- Posso Clamar

Mestre, o vento balançou meu barco;
Mestre, estou à beira de um naufrágio;
Mestre, será que não vês?
Será que eu vou perecer?

Sinto na pele o frio desse vento,
Chego a crer que não estás me vendo,
Lembro que estás logo ali,
Na proa do meu barco a dormir.

Refrão
Eu sei que não estou só
E já posso crer que amanhã
Vai ser bem melhor
Só porque estás comigo

Eu posso clamar
Eu acredito que eu não vou naufragar
Só porque estás comigo

Eu posso clamar
Já tenho fé pra descansar
Nas ondas de um bravo mar
Sim, eu posso clamar
Mestre, vem me ajudar

Quem é esse que até o vento e o mar lhe obedecem?
Quem é esse que ordena e milagres acontecem?

Jesus, esse nome toda língua confessará!
Jesus, céu e terra se prostram pra Te adorar!
Jesus, o presente que Deus enviou pra nós!
Jesus, até o vento se cala pra ouvir Tua voz!

Eyshila


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 20 de abril de 2014

Páscoa, poemas inspirados nela!



Poema 1- Páscoa

Páscoa o que é?
É ressurreição?
A paixão de Cristo?

Páscoa o que é isso?
Ovos, coelhos,
chocolates, simpatias?

Páscoa significa renascimento
Páscoa é época de renovo,
Renascer do pó, das cinzas.
Páscoa é a possibilidade
De uma nova vida.
É uma nova chance de mudar.
Mudanças para melhorar
Mudança de comportamento, de atitudes.

Páscoa é tempo de reflexão
É tempo de repensar a vida
A maneira de agir e interagir
Com os outros, com o mundo.

Páscoa para todos que encontraram a verdade
É O real caminho do crucificado.
o Significado real de páscoa é Jesus Ressuscitado.

Para estes a páscoa,
É a esperança e a certeza que nas lutas e vitórias
Jesus será sempre sua fonte de luz.

Páscoa é tempo de festejar sim.
Festejar a vida, a vitória.
Pois afinal Jesus derrotou a morte.
E não festejar o engano, a mentira,
E sim festejar a verdade.
A verdade da real mensagem da cruz;
Páscoa é tempo de renascer
e deixar a luz brilhar.
É Deixar o brilho de Jesus a sua alma resplandecer...

Brilhe. Jesus vive... Jesus está vivo. Aleluia!
Jesus a luz verdadeira...
Brilha dentro de mim, Ele brilha dentro de você.
Feliz Páscoa!

Rosa Leme


Atos 13; 30 e 31: Mas Deus o ressuscitou dentre os mortos. E ele por muitos dias foi visto pelos que subiram com ele da Galiléia a Jerusalém, e são suas testemunhas para com o povo.

Apocalipses 1; 17 e 18: E eu, quando vi, caí a seus pés como morto; e ele pós sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último; E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno.

1 Coríntios 15; 54-57: E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.


Poema 2- MEDITAÇÃO
                                                                                             
A  escuridão cai sobre Jerusalém
Uma grande luz extingue-se no além
JESUS está morto!
Usualmente, os mortos eram deixados na cruz
Na mais densa escuridão, sem luz!
Alimentos de abutres e cães selvagens
Fora dos muros, os muros da cidade,
Como advertência dos crimes cometidos!
Almas angustiadas, corpos adormecidos.

 
José de Arimatéia, judeu rico e senador
Que foi um grande amigo de CRISTO  o Salvador
Antes que chegasse o sábado, que ironia!
Queria o corpo do Mestre, antes daquele dia
José de Arimatéia, junto com  Nicodemos
Dois religiosos, sedentos da verdade, mas não supersticiosos
Conheceram a JESUS no resguardo das sombras da noite
 
Para aprenderem, sem serem vistos pelos judeus
Temiam as controvérsias, pois eles não criam em DEUS
E  antes que as trombetas soassem ao entardecer
Teriam que tirar o corpo de JESUS! Se Pilatos conceder
No entanto permissão é dada: e eles a correr
Chegam até a cruz, e que horror!
Ficaram estarrecidos, em ver o seu SENHOR...

 
Em súbita emoção, choram e choram!
Choram por eles mesmos, por tudo que não fizeram
E por tudo que não entenderam
E por não terem seguido, aquele que os escolhera.
Desajeitados tentam tirar CRISTO da cruz!
O vento sopra forte, e lembram de JESUS
Quando disse: assim falou Isaías
Assim como Moisés, levantou a serpente no deserto
Da mesma forma importa que o filho do homem seja 
Levantado!
LEVANTADO! A expressão circula em suas mentes
Era momento de dor e muito deprimente
Colocam o corpo no chão e examinam os danos
Feitos pelos soldados, aqueles desumanos
Cumprira-se o que disse Isaías
O seu parecer estava desfigurado!
Seus pés e suas mãos estavam perfurados!
O sol poente, apressa o trabalho dos dois
E pensam... não fizemos nada para evitar
Essa tragédia! Brutal, tinham influência
Para barrar este tão grande mal

 
Levaram o corpo para o sepulcro de José
O corpo do bom MESTRE, JESUS DE NAZARÉ
Para esses heróis mais atípicos
Essa foi a hora da grande emoção
Longe de todos, longe da multidão!
O momento, amor tardio, que conduz
Quando eles olham para o SENHOR JESUS!

Nicodemos e José, colocam o corpo na sepultura
E abraçados choram, a terrível desventura
De não terem servido ao MESTRE com ternura!

Lusimar Biasi


Marcos 15; 42-47: E, chegada a tarde, porquanto era o dia da preparação, isto é, a véspera do sábado, Chegou José de Arimatéia, senador honrado, que também esperava o reino de Deus, e ousadamente foi a Pilatos, e pediu o corpo de Jesus. E Pilatos se maravilhou de que já estivesse morto. E, chamando o centurião, perguntou-lhe se já havia muito que tinha morrido. E, tendo-se certificado pelo centurião, deu o corpo a José; O qual comprara um lençol fino, e, tirando-o da cruz, o envolveu nele, e o depositou num sepulcro lavrado numa rocha; e revolveu uma pedra para a porta do sepulcro. E Maria Madalena e Maria, mãe de José, observavam onde o punham.

João 19; 38-42: Depois disto, José de Arimatéia (o que era discípulo de Jesus, mas oculto, por medo dos judeus) rogou a Pilatos que lhe permitisse tirar o corpo de Jesus. E Pilatos lho permitiu. Então foi e tirou o corpo de Jesus. E foi também Nicodemos (aquele que anteriormente se dirigira de noite a Jesus), levando quase cem arráteis de um composto de mirra e aloés. Tomaram, pois, o corpo de Jesus e o envolveram em lençóis com as especiarias, como os judeus costumam fazer, na preparação para o sepulcro. E havia um horto naquele lugar onde fora crucificado, e no horto um sepulcro novo, em que ainda ninguém havia sido posto. Ali, pois (por causa da preparação dos judeus, e por estar perto aquele sepulcro), puseram a Jesus.


O quê aprendemos hoje?
Que a páscoa é principalmente para celebrar a vida de Cristo, cujo se deu em sacrifício por cada um de nós e a morte não o pode deter, pois Ele a venceu ressuscitando ao 3° dia e está vivo eternamente e quer te dar vida em abundância.

1 Coríntios 5; 7: Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós.

João 10; 10 b: ...Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 13 de abril de 2014

Para matar sua sede, Conte com Ele!

João 4; 14: Mas aquele que beber da água que Eu lhe der nunca mais terá sede, pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna.




Sempre me lembro de uma simpática senhora que veio a um dos cultos e a mensagem do evangelho que estava sendo pregada naquela tarde falava do encontro da mulher samaritana com Jesus, narrada no capítulo 4 do Evangelho de João. Ela nos contou, tempos depois, que durante toda a pregação a sua sensação é que alguém havia contado ao pregador toda a sua história. Naquele dia aconteceu algo maravilhoso: aquela senhora bebeu da fonte, matou sua sede. A alegria, a paz e a esperança encheram o seu coração.

O mundo está com sede. Sede de algo que traga sentido à vida. Muitos estão vivendo o vazio. Estão à procura de algo que os tire da mesmice, da rotina, da tristeza, do beco sem saída. Estão com sede de algo que os tire da fossa. A vida para muitos tem sido um deserto. Quantas pessoas sem o brilho nos olhos, sem motivação, sem ânimo e sem esperança, quanta frustração. Tentamos matar esta sede em cisternas rotas e sem água.

Jeremias 2; 13: Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm águas.


Jesus é a fonte. As palavras de Jesus dirigidas à mulher samaritana são muito claras: Aquele que beber da água que Eu lhe der.

Jesus não disse: que eu lhe vender; não, Ele disse: que Eu lhe der. O preço é alto e já foi pago na cruz:

1 Pedro 1; 18 e 19: Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro sem defeito e sem mácula.

Apocalipses 22; 17: E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.


Tudo o que temos que fazer é ir até a fonte e bebermos da água da vida que sacia a nossa sede:

Isaías 55; 1 a: O vós, todos os que tendes sede, vinde às águas.


Quando bebemos desta água a nossa vida ganha novo sentido. Jesus é claro ao afirmar: Nunca mais terá sede. As coisas antigas ficam para trás. Agora somos novas criaturas em Cristo Jesus.

2 Coríntios 5; 17: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.


A mulher samaritana entendeu a mensagem, ela bebeu da fonte, sua vida mudou, ela deixou seu cântaro junto ao poço e foi contar na cidade o seu encontro com a pessoa de Jesus de Nazaré.


Você pode contar com Ele para mitigar, saciar a sua sede. Venha à fonte, beba da fonte, seja fonte.


Pare para meditar no que estudamos hoje:

João 7; 37 e 38: E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.


Oremos:

Senhor Deus,
Dá-me da tua água que restaura e revigora, que sacia o meu ser sedento do teu amor, da tua bondade, da tua misericórdia, da tua segurança, da tua paz, do teu direcionamento, da tua salvação.
Em nome de Jesus, que é a fonte da água da vida, eu oro. Amém!


Pastor Messias Anacleto Rosa


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 6 de abril de 2014

Poema- CRENTE CELULAR



Reúne as mais atuais das tecnologias,
Até o culto da vigília tende atrapalhar.
No seu coração atalha a pálida agonia,
Pelo que fazia, impedia Deus de atuar.

Em seus dias prefere ficar fora de área,
Estando clara a sua péssima comunhão.
Sem produção espiritual na santa seara,
Por sua vida precária faltando salvação.

Tendo a locução por demais imprecisa,
Sempre improvisa na própria adoração.
A sua apresentação a ninguém suaviza,
Deixando a devida dúvida entre irmãos.

Ao ser recrutado pra nobres atividades,
Usa na realidade sua imprópria aptidão.
Pois seu coração tem falta hombridade,
Por não ter autoridade pra fazer missão.

No tempo fica impróprio pra ser usado,
Sendo abandonado por estar sem valor.
No ardor de sua vida preferiu o pecado,
Deixando rejeitada, a glória do Senhor.

Na vida foi grandemente manipulado,
Sempre deixado distante da salvação.
Sem aprovação para viver abençoado,
Seguiu obstinado falando dos irmãos.

O imenso amor de Deus foi primeiro,
Para nos fazer herdeiros do novo lar.
Foi preciso doar-se de corpo inteiro,
Amando o desordeiro, crente celular.

Alvacir B. Menezes


É necessário ter reverencia na casa do Senhor, além de ser crente celular, tem gente que não desgruda de seus aparelhos eletrônicos nem na Igreja.

Habacuque 2; 20: Mas o SENHOR está no seu santo templo; cale-se diante dele toda a terra.


O crente celular é aquele que está na Igreja e não sabe por que e nem pra quê, não se esmera em conhecer a Sagrada Escritura e muito menos em praticá-la. Para ele a Igreja é mais um lugar social onde encontra com os amigos, porém não sabe ou não quer desenvolver a sua função na vida, sua aptidão, seus dons, seu chamado. Vive em cima do muro, diz que é crente mais age igual aos ímpios. Não se pode adorar a 2 Senhores, ou serve a Deus ou não. Mesmo que tenha aparência de crente (lobo em pele de cordeiro), e engane alguns, um dia a máscara cai. A Deus ninguém engana, e naquele Dia Ele dirá que não o conhece. Sejamos como o homem que construiu sua casa sobre a rocha!

Mateus 6; 24: Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.

Mateus 7; 15: Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.

Mateus 7; 21-27: Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.

Salmos 139; 1-4: SENHOR, tu me sondaste, e me conheces. Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento. Cercas o meu andar, e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos. Não havendo ainda palavra alguma na minha língua, eis que logo, ó SENHOR, tudo conheces.


Prezado crente celular, me desculpe pelo choque de realidade, mais você não é cristão de verdade, pois dizer que é crente atualmente é moda, é politicamente correto, pois acham que para ser aceito na comunidade cristã é preciso dizer que é um também (aceite a Jesus para que sejais aceito no céu), porém ser cristão é muito mais do que dizer que é crente; claro que para aquele que realmente se arrepende dos pecados cometidos, e se entrega a Jesus como único e suficiente Senhor e Salvador, é necessário crer com o coração e confessar com a boca. Então, para você ainda tem jeito! Deus se importa com você! Você crê que Jesus é o Filho de Deus, e que se deu em sacrifício, morreu e ressuscitou para nos Salvar? Agora sim, se você realmente crê e se arrepende das iniquidades/pecados cometidas, Confesse, abra a boca, proclame o seu amor por Jesus Cristo, nosso Salvador, e viva conforme seus ensinamentos, esconda a sua Palavra no seu coração para não pecar contra Ele, seja imitador de Deus, como filho amado.

Romanos 10; 9 e 10: A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.

Hebreus 9; 22: E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão.

Filipenses 2; 11: E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.

1 João 4; 15: Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus.


João 3; 16: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

1 João 4; 9: Nisto se manifesta o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos.

Romanos 5; 8: Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.

Tito 2; 14: O qual se deu a si mesmo por nós para nos remir de toda a iniquidade, e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.


João 6; 57: Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim.

Efésios 5; 1 e 2: Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

Salmos 119; 9-11: Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra. Com todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos teus mandamentos. Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla