Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


viernes, 28 de octubre de 2011

Soneto e Poema- O Filho Pródigo!

Soneto do filho pródigo

Silêncio da alma desperta a dor
Sinal no horizonte saudade dá
Por que viver neste triste labor
Se o pai que me espera lado de lá


Triste e saudoso espera me ver?
De volta pra o lar arrependido
Seus braços abertos, pra socorrer
Filho, servo... Serei recebido


Com trajes de festa celebração,
Com pés calçados e anel na mão.
Venham, comamos, o filho voltou!

Reviveu quem estava morrendo!
O meu filho eu estava perdendo!
Pródigo do lar, ao lar retornou.



Josenilton Pinheiro





Poema- O Filho Pródigo!

O Mestre entre os olhares confusos, perplexos diante da Lei que vigia um fato concreto, trouxe à brilhar de forma rara, clara, em evidência ímpar. A parábola do filho pródigo, talvez, a mais bonita:


Em um lugar muito longe, em terra distante, um jovem errante pensava assim: “Ah, não faz muito tempo naquele horizonte, o sol, que hoje se esconde, brilhava pra mim. Porque deixei tudo, procurando um outro mundo? Eu nunca imaginava que um dia, na estrada, eu ficaria assim.”

De onde partira, lá no outro horizonte, alguém muito importante pensava assim: “Aonde é que ele anda? Por que foi embora? Será que ele agora ainda se lembra de mim?

Mas num belo dia, todos os dias, olhando pro caminho, um vulto : - “Será o meu filho?”

Trôpegos ombros caídos, vencido pela fadiga. Se não fosse o instinto paterno, de que filho nunca deixa de ser filho, um homem produto da lei que mesmo cria, por certo, não o reconheceria.

- “Pai, Pai!”
Soa uma voz na estrada, um velho cansado, a voz tão humilhada o levou a saltar. A alegria era tanta que da soleira da porta entre lágrimas gritou:

- “É o meu filho. É ele sim! O meu filho voltou!”
O pai amoroso não viu a roupa rota. Com lágrimas nos olhos, um grito na garganta, correu para o seu filho, e abraçando o beijou.

- “Jornaleiro?! Que é isso, meu filho! És herdeiro! Ah, não me diga mais nada. Tragam o anel, o vestido, as sandálias, matem um bezerro cevado e iniciem a festa, porque o meu filho querido voltou.”


Pra você que está longe, não importa onde, há um passado no presente que não te abandonou.

E o Pai até hoje olha pro caminho e até chora sozinho, porque não se conformou.

Fome, Sede, Frio, bolotas que até mesmo os porcos rejeitam, é a realidade lá fora.

Quando se perde o respeito à vida, quando vira-se as costas pro Pai, à fazenda sortida, frutos que, quem sabe, você mesmo os cuidou.

A viagem da fantasia, meu amigo, é curta, termina sempre no lixo da vida.

Ah! Mas na casa do Pai, querido, na casa do Pai a verdade nunca muda. As começar pelo caminho, as placas da mesma cor indicam uma direção, a outra que só Deus é Amor, Amor e Amor...


Maysa Thâmara


Lucas 15; 11-24: E disse: Um certo homem tinha dois filhos; E o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me pertence. E ele repartiu por eles a fazenda. E, poucos dias depois, o filho mais novo, ajuntando tudo, partiu para uma terra longínqua, e ali desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente. E, havendo ele gastado tudo, houve naquela terra uma grande fome, e começou a padecer necessidades. E foi, e chegou-se a um dos cidadãos daquela terra, o qual o mandou para os seus campos, a apascentar porcos. E desejava encher o seu estômago com as bolotas que os porcos comiam, e ninguém lhe dava nada. E, tornando em si, disse: Quantos jornaleiros de meu pai têm abundância de pão, e eu aqui pereço de fome! Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti; Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus jornaleiros. E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. E o filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou digno de ser chamado teu filho. Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa; e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão, e alparcas nos pés; E trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos, e alegremo-nos; Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a alegrar-se.

Querido, se você já serviu a Jesus, e hoje encontra-se afastado do lar paterno, te digo com convicção, Deus te Ama e te chama de volta meu Irmão, se não tens força, chame por Ele, clame e Ele te resgatará com mão forte e poderosa.

Imagine que você é uma criança e que caiu em uma areia movediça, e quanto mais você se meche e tenta sair sozinho mais se afunda, agora imagine que você grita pelo seu pai e ele chega e estende a mão, com um só puxão ele te ergue e te resgata de ser submerso. Agora pense se você com mão de criança conseguiria segurar com firmeza e sem escorregar a mão do seu pai? Claro que não, a mão de uma criança é bem menor, porém a mão do pai é grande e nos segura e não deixa nossa mão escorregar. Deus também age assim, se estivermos em uma situação que não sabemos como nos livrar, como sair ileso e ser salvo, Chame pelo Pai (Deus), Ele está esperando você dar o primeiro passo para que Ele possa agir na tua vida e mostrar todo o amor que sente por ti, te livrando de ser submerso pelo lamaçal do pecado. Só tem uma coisa, você precisa QUERER, Ele não irá forçar-lo a ficar ao seu lado! Deixe Deus com sua Mão Grande e Poderosa de Pai te segurar e te suster em segurança.

Lucas 15; 7: Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.

Volta hoje pra Jesus, Ele te Ama e quer você de volta pra te proteger, pois enquanto você estiver longe dEle, você está a sua própria sorte; Ele tem um propósito pra tua vida, o que o mundo oferece não vale a pena, no outro dia os problemas continuam te esperando e você está sozinho pra vencê-los. Nós que estamos sempre buscando estar mais pertinho do Pai, temos a sua proteção e ajuda em todos os momentos, problemas também temos que enfrentar, mais com a ação direta de Deus em nossas vidas, temos discernimento de como proceder pra resolvê-los. Com Cristo somos mais do que vencedores!

Romanos 8; 37: Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

No hay comentarios.: