Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


jueves, 30 de diciembre de 2010

Que 2011, seja Cheio de Bênçãos para Todos!



Queridos, é com muita alegria, que venho agradecer ao Meu Deus por mais um ano de vida, de lutas/provas, bênçãos e vitórias, que Ele concedeu a mim, meus familiares e meus amigos (Ex.: Vocês), e por mais uma chance de recomeçar, que Ele dá a todos nós.

Agradeço também a todos vocês por estarem comigo durante todo este ano
(2010), pelas orações e pelos comentários. Espero contar com vocês no Novo Ano que iniciará!


Que em 2011, desejemos cada dia mais conhecer ao Senhor, buscar a sua face e estar no centro da vontade dEle:

Oséias 6; 3: Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao SENHOR; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva seródia que rega a terra.

Salmos 42; 1-11: Assim como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus! A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus? As minhas lágrimas servem-me de mantimento de dia e de noite, enquanto me dizem constantemente: Onde está o teu Deus? Quando me lembro disto, dentro de mim derramo a minha alma; pois eu havia ido com a multidão. Fui com eles à casa de Deus, com voz de alegria e louvor, com a multidão que festejava. Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face. O meu Deus, dentro de mim a minha alma está abatida; por isso lembro-me de ti desde a terra do Jordão, e desde os hermonitas, desde o pequeno monte. Um abismo chama outro abismo, ao ruído das tuas catadupas; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado sobre mim. Contudo o SENHOR mandará a sua misericórdia de dia, e de noite a sua canção estará comigo, uma oração ao Deus da minha vida. Direi a Deus, minha rocha: Por que te esqueceste de mim? Por que ando lamentando por causa da opressão do inimigo? Com ferida mortal em meus ossos me afrontam os meus adversários, quando todo dia me dizem: Onde está o teu Deus? Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus.

Desejo de todo meu coração que 2011 seja repleto de Bênçãos dos céus para cada um de vocês e que o Senhor cumpra o desejo dEle em suas vidas, pois a vontade de Deus é Boa, Perfeita e Agradável (Romanos 12; 2: E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.).




Que Deus em Cristo continue vos Abençoando!

Carinhosamente,
Erica Carla

viernes, 24 de diciembre de 2010

Poemas sobre o NATAL:



Por Que Comemoro o Natal

Eu perguntei ao papai:
- “Por que motivo Jesus
Nasceu numa manjedoura
Para morrer numa cruz?”

Ele então me respondeu:
- “Foi pelo seu grande amor
Que Cristo nasceu tão pobre
Para sofrer nossa dor!”

E como exigia a Lei
Sangue para a remissão...
Ele foi crucificado
Para a nossa salvação.” –

*

Agora já aprendi
Essa lição paternal
Quero ser grato ao meu Jesus
Comemorando o Natal.


Mário Barreto França
No livro O Louvor dos Humildes (Rio de Janeiro, 1953)


RECONQUISTA UNIVERSAL NO GÓLGOTA



Prego e carne,
Têmpora e espinho,
Lábios, sede e sangue
Soerguidos em cruz:
Por entre pedras,
Trapos de véu,
Tremores e túmulos iluminados,
Rasgam um caminho,
Vertical e límpido.

Equilibram, pesam e compram
Horizontes reencontrados.

Jefferson Magno Costa


SENHOR, EU VEJO

Com alguns pregos trêmulos
E um madeiro pesado de angústias
E remorsos futuros, feriram-te, Cristo.
Hoje, Senhor, eu vejo.

Todo o peso do inferno
E a humana culpa
Sobre ti desabaram,
Na extrema hora da amarga colheita.
(Mas de plena vitória,
sobre os braços da morte.)
Hoje, Senhor, eu vejo.

E eu lá estava, Jesus,
Nessa carga de fel e de agudo silêncio.
Teus olhos em sangue sobre mim pousaram.
As gotas da fronte apagaram abismos de minhas trevas.
Hoje, Senhor eu vejo.

Vera vida brotou de tua morte, Cristo.
E as colunas da noite
Mergulhadas em pânico
Gotejaram seu medo.
Mesmo os céus rasgaram as cortinas do azul.
Em teu corpo moído as mágoas e as dores
Deste mundo insano,
Deste mundo em pântanos,
Deste mundo infame.
Hoje, Senhor, eu vejo.

Joanyr de Oliveira


ENCONTRO

No espaço sem luz
um traço seduz.

Reduz cansaço,
Conduz meus passos.

E avisto o espaço em luz.

– É Cristo nos braços da cruz!

Gióia Júnior


Soneto - TEMPO DE NATAL

A memória se embrenha pelo tempo
que ensina com amor tanta humildade.
Uma emoção envolve o pensamento,
é o Natal de Jesus, da Cristandade.

Aquela noite calma um leve vento
soprava, com dulçor, pela cidade
trazendo ao mundo, novo sentimento
e uma lição de amor à Humanidade.

Nasceu o Cristo, o meigo Nazareno,
envolto pela fé, Jesus sereno,
mostrou ao povo seu amor profundo.

Como nos céus da antiga Palestina
vejo outra vez brilhar a luz divina
iluminando o coração do Mundo.

Filemon F. Martins


Queridos, reflitam sobre o real motivo para se comemorar o Natal, que é o nascimento de Jesus, o Cristo, o cordeiro que tira o pecado do mundo, aquele que nasceu sem pomba e nem circunstância e morreu como se tivesse cometido o maior pecado do mundo, sem ter pecado algum, carregando sobre si todos os pecados de toda a humanidade, para que todos que se arrependerem tenham direito e acesso a salvação de sua alma e não pereçam, mas tenham a vida eterna.

Lucas 2; 7: E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.

João 1; 29: No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

2 Coríntios 5; 21: Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.

Isaías 53; 4-8: Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca. Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido.

João 3; 16-21: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus. E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.


FELIZ NATAL A TODOS!

Jesus Cristo Ama Todos Vocês!


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

viernes, 17 de diciembre de 2010

Poema- A GRANDEZA DO AMOR DIVINO

Amar é desejar o sofrimento,
E contentar-se só de ter sofrido,
Sem um suspiro vão, sem um gemido,
No mal mais doloroso e mais cruento.


É viver desta vida tão isento,
E neste mundo enfim tão esquecido,
É por o seu cuidar num só sentido,
E todo o seu sentir num só tormento.


É viver qual humilde carpinteiro,
De rudes pescadores rodeado,
Caminhando ao suplício derradeiro.


É viver sem carinho nem agrado,
E ser enfim vendido por dinheiro,
E entre ladrões, morrer crucificado.


José de Abreu Albano


1 Coríntios 13; 4-8: O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Isaías 53; 3-12: Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos. Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca. Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? Porquanto foi cortado da terra dos viventes; pela transgressão do meu povo ele foi atingido. E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; ainda que nunca cometeu injustiça, nem houve engano na sua boca. Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do SENHOR prosperará na sua mão. Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si. Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.

2 Coríntios 5; 21: Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

viernes, 10 de diciembre de 2010

Poema - O Amor....


O amor é uma jóia preciosa
Que precisa ser tratada com zelo
O seu brilho é intenso e profundo
O amor... não é vil passageiro

O seu valor é incalculável
É o tesouro mais rico do mundo
Sentimento mais lindo e mais nobre
O amor não pertence a este mundo

Se expressa em todas as línguas
É intenso em sua profusão
Manifesta a vontade de Deus
Levantando o caído...do chão

Sinceridade é sua marca de fé
Fidelidade é a sua roupagem
É calçado de conhecimento
O amor... é a sua mensagem

Sua força é ilimitada
E jamais negará o perdão
O amor conhece a felicidade
É casado com a compreensão

O amor é nobre e paciente
Se regozija com toda a verdade
Tudo crê, tudo sofre e suporta
É passaporte para a eternidade

É liberal...e não é prepotente
É um agente de paz e bondade
O amor viverá para sempre...
Para sempre na eternidade

Ele é mais precioso que o ouro
Brilha mais que a esmeralda ou safira
No amor só há luz; não há trevas
Brilha mais que o sol ao meio dia

Ele desce do trono de Deus
Derramando sua paz e bondade
Assim como Jesus Cristo é Deus
Deus é o amor...é amor de Verdade.


Moacir Rocha


1 Coríntios 13; 1-3: Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá; Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Eclesiastes 4; 10: Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.
Salmos 113; 7: Levanta o pobre do pó, e do monturo levanta o necessitado,
Isaias 41; 6: Um ao outro ajudou, e ao seu irmão disse: Esforça-te.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla

sábado, 4 de diciembre de 2010

É mais fácil crer em DEUS do que no Médico!


Quando uma pessoa está doente e vai ao hospital, submete-se a um estranho ritual: Levanta-se bem cedo, em jejum; vai a um local onde lhe tiram o sangue e fazem outros exames; passa por situações constrangedoras e seguem religiosamente as instruções do médico: não fume, não beba, não coma isto, não coma aquilo, etc.


A despeito disto, a imprensa vive noticiando erros médicos, infecções hospitalares e problemas causados por efeitos colaterais pelo uso de medicamentos prescritos. São inegáveis os avanços da medicina. Mas também são inegáveis os seus equívocos.
Tanta gente confia na medicina, apesar das suas falhas, mas não consegue confiar em Jesus (cujo é Perfeito). Ele é o médico dos médicos. Aquele que pode curar a alma e o corpo. É infalível.
Ninguém que nEle tenha crido jamais se decepcionou.
É mais fácil crer em Jesus do que no médico.
Experimente fazer isto e veja o resultado.

Como Ele mesmo afirmou:
“Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.” João 7; 38


Vale a pena CRER em JESUS!

João 12; 44-50: E Jesus clamou, e disse: Quem crê em mim, crê, não em mim, mas naquele que me enviou. E quem me vê a mim, vê aquele que me enviou. Eu sou a luz que vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas. E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo; porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia. Porque eu não tenho falado de mim mesmo; mas o Pai, que me enviou, ele me deu mandamento sobre o que hei de dizer e sobre o que hei de falar. E sei que o seu mandamento é a vida eterna. Portanto, o que eu falo, falo-o como o Pai mo tem dito.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Carinhosamente,
Erica Carla