Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


domingo, 27 de julio de 2014

Quando as portas se fecharem, Conte com Ele!

Apocalipses 1; 17 e 18: E eu, quando vi, caí a seus pés como morto; e ele pós sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último; E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno.




Não é nada agradável chegar em casa, procurar a chave e então percebermos que a perdemos. Resta a esperança de ter uma cópia no molho, mas não temos, aí só nos resta chamar o chaveiro. Muito mais desagradável é quando as portas do emprego, de uma escola, ou outras circunstâncias continuam fechadas.

Terminei há algumas semanas a leitura do livro “Nos caminhos de Mandela”, que conta sua experiência de vinte e sete anos na prisão. Não é fácil você querer se locomover, ir e vir, e não ter condições. Cadeados e trancas mantêm as portas fechadas. Às vezes é uma doença que prende você e não lhe permite caminhar.

Não tenho ideia do que está se passando com você neste sentido. Imagino que alguns dos meus diletos leitores estão enfrentando momentos de portas que não se abrem. Vamos olhar a experiência do apóstolo Pedro preso em Jerusalém:

Atos 12; 5, 7, 10 e 11: Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro na ilharga, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias. E, quando passaram a primeira e segunda sentinela, chegaram à porta de ferro, que dá para a cidade, a qual se lhes abriu por si mesma; e, tendo saído, percorreram uma rua, e logo o anjo se apartou dele. E Pedro, tornando a si, disse: Agora sei verdadeiramente que o Senhor enviou o seu anjo, e me livrou da mão de Herodes, e de tudo o que o povo dos judeus esperava.

Quem foi que visitou Pedro na sua cela, quem foi que lhe abriu as portas, quebrou os cadeados, rebentou as algemas, o levou até a rua e lhe deu a liberdade? O texto bíblico responde: um anjo.

Ainda hoje nós cremos que Deus age em nosso favor assim como agiu na vida de Pedro.


Aprendemos na Bíblia que os anjos de Deus tem funções, existem para uma finalidade, eles tem um ministério para desempenhar, cujo é para beneficiar os servos do Senhor, os que herdarão a Salvação; eles estão a serviço do Senhor, e uma dessas funções é ser nossos conservos. Eles (anjos, arcanjos, serafins...) sabem a sua função e posição hierárquica e que não são maiores do que Deus. Mesmo sendo maiores em força e poder do que nós (humanidade, eles nos respeitam porque fomos criados a imagem e semelhança de Deus, portanto somos herdeiro de Deus e co-herdeiros da Salvação por meio de Jesus Cristo), eles não blasfemam como muitos de nós, seres humanos (falo dos anjos que são obedientes e estão sob a autoridade de Deus e não sobre os anjos caídos que servem ao diabo, esses já são pauta para outro estudo).

Romanos 8; 17: E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.


Billy Graham os chama de “Agentes Secretos de Deus”. A epístola aos Hebreus assim se refere aos anjos:

Hebreus 1; 7 e 14: E, quanto aos anjos, diz: Faz dos seus anjos ventos, E de seus ministros labareda de fogo. Não são porventura todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação?

Apocalipses 22; 6-9: E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos santos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer. Eis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro. E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar. E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus.

Judas 1; 9: Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda.
  
2 Pedro 2; 9-11: Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados; Mas principalmente aqueles que segundo a carne andam em concupiscências de imundícia, e desprezam as autoridades; atrevidos, obstinados, não receando blasfemar das dignidades; Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor.


Observemos, os anjos do Senhor estão ao nosso redor cuidando de nós, porém se abrirmos brechas espiritualmente, o inimigo de nossas almas que está ao nosso derredor terá o espaço que precisava para invadir nossas vidas, pois indiretamente o permitimos entrar, uma vez que ele não espera ser convidado formalmente. Prezados, somos nós que nos afastamos de Deus quando fazemos algo que não é do seu agrado, pois se não agradamos a Deus, agradamos ao diabo.

Salmos 34; 7: O anjo do SENHOR acampa-se ao redor dos que o temem, e os livra.

1 Pedro 5; 8: Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar.

1 Tessalonicenses 4; 1: Finalmente, irmãos, vos rogamos e exortamos no Senhor Jesus, que assim como recebestes de nós, de que maneira convém andar e agradar a Deus, assim andai, para que possais progredir cada vez mais.


Jesus, durante o seu ministério terreno foi assistido por anjos:

Marcos 1; 12 e 13: E logo o Espírito o impeliu para o deserto. E ali esteve no deserto quarenta dias, tentado por Satanás. E vivia entre as feras, e os anjos o serviam.

Lucas 22; 43: E apareceu-lhe um anjo do céu, que o confortava.

Mateus 28; 2 e 3: E eis que houvera um grande terremoto, porque um anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra da porta, e sentou-se sobre ela. E o seu aspecto era como um relâmpago, e as suas vestes brancas como neve.


Vemos na Bíblia várias ocasiões onde Deus envia seus anjos para abençoar, livrar, dar novas de alegria aos seus servos:

Salmos 91; 10 e 11: Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.

Gênesis 18; 1-16: Aparecem três anjos a Abraão
Depois apareceu-lhe o SENHOR nos carvalhais de Manre, estando ele assentado à porta da tenda, no calor do dia. E levantou os seus olhos, e olhou, e eis três homens em pé junto a ele. E vendo-os, correu da porta da tenda ao seu encontro e inclinou-se à terra, E disse: Meu Senhor, se agora tenho achado graça aos teus olhos, rogo-te que não passes de teu servo. Que se traga já um pouco de água, e lavai os vossos pés, e recostai-vos debaixo desta árvore; E trarei um bocado de pão, para que esforceis o vosso coração; depois passareis adiante, porquanto por isso chegastes até vosso servo. E disseram: Assim faze como disseste. E Abraão apressou-se em ir ter com Sara à tenda, e disse-lhe: Amassa depressa três medidas de flor de farinha, e faze bolos. E correu Abraão às vacas, e tomou uma vitela tenra e boa, e deu-a ao moço, que se apressou em prepará-la. E tomou manteiga e leite, e a vitela que tinha preparado, e pós tudo diante deles, e ele estava em pé junto a eles debaixo da árvore; e comeram. E disseram-lhe: Onde está Sara, tua mulher? E ele disse: Ei-la aí na tenda. E disse: Certamente tornarei a ti por este tempo da vida; e eis que Sara tua mulher terá um filho. E Sara escutava à porta da tenda, que estava atrás dele. E eram Abraão e Sara já velhos, e adiantados em idade; já a Sara havia cessado o costume das mulheres. Assim, pois, riu-se Sara consigo, dizendo: Terei ainda deleite depois de haver envelhecido, sendo também o meu senhor já velho? E disse o SENHOR a Abraão: Por que se riu Sara, dizendo: Na verdade darei eu à luz ainda, havendo já envelhecido? Haveria coisa alguma difícil ao SENHOR? Ao tempo determinado tornarei a ti por este tempo da vida, e Sara terá um filho. E Sara negou, dizendo: Não me ri; porquanto temeu. E ele disse: Não digas isso, porque te riste. E levantaram-se aqueles homens dali, e olharam para o lado de Sodoma; e Abraão ia com eles, acompanhando-os.

Gênesis 32; 22-30: Jacó passa o vau de Jaboque e luta com um anjo
E levantou-se aquela mesma noite, e tomou as suas duas mulheres, e as suas duas servas, e os seus onze filhos, e passou o vau de Jaboque. E tomou-os e fê-los passar o ribeiro; e fez passar tudo o que tinha. Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu. E vendo este que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a juntura da coxa de Jacó, lutando com ele. E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares. E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse: Jacó. Então disse: Não te chamarás mais Jacó, mas Israel; pois como príncipe lutaste com Deus e com os homens, e prevaleceste. E Jacó lhe perguntou, e disse: Dá-me, peço-te, a saber o teu nome. E disse: Por que perguntas pelo meu nome? E abençoou-o ali. E chamou Jacó o nome daquele lugar Peniel, porque dizia: Tenho visto a Deus face a face, e a minha alma foi salva.

Isaías 6; 1-8: Isaías é escolhido e consagrado para profeta
No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam. E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça. Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o SENHOR dos Exércitos. Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniquidade foi tirada, e expiado o teu pecado. Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.

Lucas 1; 26-38: O anúncio do Nascimento de Jesus
E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, A uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras, e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pór-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande, e será chamado filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai; E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim. E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço homem algum? E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril; Porque para Deus nada é impossível. Disse então Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela.


Quando Deus quer abrir uma porta ele manda até um terremoto. Foi assim com os servos do Senhor, Paulo e Silas, presos em Filipos:

Atos 16; 23-26: E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança. O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco. E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.


Deus é tremendo, Ele age como quer e onde quer. Os métodos de Deus não são os nossos, Ele é especialista em abrir portas fechadas.


Gostaria que você lesse agora estas palavras:

Isaías 45; 2 e 3: Eu irei adiante de ti, e endireitarei os caminhos tortuosos; quebrarei as portas de bronze, e despedaçarei os ferrolhos de ferro. Dar-te-ei os tesouros escondidos, e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome.

Podemos contar com Ele para abrir as portas que são dEle.


Pare para meditar no que estudamos hoje:

Apocalipses 3; 7 e 8: E ao anjo da igreja que está em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre: Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome. 


Oremos:

Onipotente Deus,
Peço que assim como abriste as portas para a libertação de Pedro, abras todas as portas que têm se fechado em várias áreas da minha vida. (Agora, neste seu momento devocional, cite para Deus as áreas que você quer libertação).
Em nome de Jesus, conto contigo, com o teu grande poder. Amém!


Pastor Messias Anacleto Rosa



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 20 de julio de 2014

Poema- O Abraço



Abraçar é aproximar os corações! 
É envolver o outro ser inteiramente,
é acrescentar algo mais ao seu viver!

Levar você a sorrir novamente,
enfeitar sua manhã e seu anoitecer.
E ver você assim me deixa tão contente!

Um abraço seca suas lágrimas sofridas,
devolve a alegria ao seu semblante.
É capaz até de sarar suas feridas,
fazer você enxergar algo mais nesse instante,
e deixar seu coração solfejando as belezas da vida!

Um abraço pode levar você à paz tão desejada,
varrer de vez a sensação de estar isolado.

Mas, nenhum abraço será igual ao de Jesus.
Porque ESSE é especial! Foi por Deus programado
para abraçar todos os povos através daquela Cruz.

Há abraços para diferentes ocasiões:
para cumprimentar, para comemorar,
para consolar, para acalentar, e para fazer sonhar!...

Alguns são calorosos, excepcionais! 
Outros são mornos, frios, demasiadamente formais.
Mas há o abraço com poder de aquecer almas e corações,
aquele que se eterniza em poemas e canções.

Todo abraço é de graça!
Não tem senha, nem código de barras; 
mas faz um bem enorme a quem se abraça!

Abraçar é uma excelente terapia!
Costuma fazer milagres,
quando os braços se entrelaçam 
numa mesma sintonia.

Ruth Vianna


Salmos 42; 11: Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus.

Jó 41; 22: No seu pescoço reside a força; diante dele até a tristeza salta de alegria.

Salmos 16; 11: Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente.

Neemias 8; 10 b: ...porque a alegria do SENHOR é a vossa força.

Provérbios 15; 13: O coração alegre aformoseia o rosto, mas pela dor do coração o espírito se abate.



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 13 de julio de 2014

Senhor, Dá-me Paciência!



Amados, é interessante como esta expressão é tão usada. Parece que quanto mais se pede, mais rápido a teremos. A impressão é que tem gente que pensa está em um posto de combustível, e quanto mais pede é como se estivesse enchendo o tanque do automóvel.

Mateus 6; 7 e 8: E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.


No entanto, quanto mais paciência você pede, na realidade você está pedindo motivos para desenvolvê-la, ou seja, inconscientemente você está pedindo provas, que você enfrentará para ser aprovado ou ficar na recuperação.



Prezados, quem tem paciência sabe que as coisas não vão ser solucionadas num ‘passe de mágica’ (Obs.: magia é ilusão do diabo); o que vale a pena, não pode e nem vem de mão beijada, é todo um processo, seja qual for o assunto (Estudos, Trabalho, Família,...), é necessário passar por todas as etapas e só depois cantar o hino da vitória.

Observemos os tempos verbais:
O do Salmo 27 é para esperar; porém o do Salmo 40 é pra quem já esperou e recebeu a vitória do Senhor pra sua vida.

Salmos 27; 14: Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR.

Salmos 40; 1: Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.



No mundo imediatista em que estamos vivendo, vemos as pessoas desvalorizando e negligenciando o que realmente é importante, e cujos necessitam que esperemos o tempo de maturação, porém não gostam de esperar por nada. Ex.: Para um bebê nascer, a gestante necessita esperar por 9 meses (tempo estipulado pelo Criador), porém daqui a pouco os médicos vão querer inventar algum método revolucionário para abreviar esta espera (exemplo ilógico, porém não duvido que haja alguém que já esteja estudando pra isso); a tecnologia tem seus benefícios, porém também tem seus malefícios, e muitas vezes estão tentando ser igual a Deus, querendo alterar o projeto do Senhor; isto é um exemplo de mal do século.

Eclesiastes 3; 2: Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou.


Eclesiastes 11; 5: Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.



Queridos, para que tenhamos paciência é necessário que passemos por provas/tribulações, ou seja, situações que nos ensine a ter e exercitar a paciência. Precisamos pedir Sabedoria a Deus, pois é com ela que conseguiremos discernir as situações e passar por elas com êxito. A paciência não é um objetivo, é uma consequência, ou seja, ela é produzida nas tribulações, pela prova da nossa fé.

Tiago 1; 2-5: Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações; Sabendo que a prova da vossa fé produz a paciência. Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma. E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.

Romanos 5; 3-5: E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, E a paciência a experiência, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.


Vimos nos versículos acima que podemos pedir a Deus e Ele nos dará Sabedoria e não paciência. Precisamos aprender a pedir ao Senhor: saber o quê, por que, como e quando? Até para pedir algo ao Senhor precisamos ter sabedoria, para que não criemos falsas expectativas e culpemos ao Senhor por alguma frustração, pois você precisa perguntar se é da vontade dEle e só após esperar e agir ou esquecer/deletar (sonhos, profissão a seguir, manter amigos que te ajudem espiritualmente,...) Precisamos estar atentos a Sua voz! Aí sim poderemos pedir e Ele nos dará tudo que seja para glorificar o nome do Senhor.

Tiago 4; 3: Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.


João 14; 13-15: E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. Se me amais, guardai os meus mandamentos.

Mateus 7; 7-11: A bondade de Deus
Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á. E qual de entre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente? Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?



Alguns pedem a Deus: Graça. Ela é necessária para que alcancemos Salvação mediante a Fé no Deus todo Poderoso. A Graça é um favor imerecido, provém de Deus e é o que nos basta, pois dependemos dEle e vivemos para Ele. Pela graça somos justificados, santificados e libertos do pecado; pois fomos feitos herdeiros segundo a esperança de recebermos o dom gratuito de Deus que é a vida eterna, por Jesus Cristo.

2 Coríntios 12; 9 e 10: E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte.

Efésios 2; 8: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.

Romanos 6; 14-23: Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça. Pois que? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum. Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça? Mas graças a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues. E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça. Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia, e à maldade para maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para santificação. Porque, quando éreis servos do pecado, estáveis livres da justiça. E que fruto tínheis então das coisas de que agora vos envergonhais? Porque o fim delas é a morte. Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna. Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.

Romanos 3; 24: Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus.

Tito 3; 7: Para que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna.



Creio que todos entenderão, concordarão, praticarão e alguns voltarão a esquecer do quê estudamos hoje, porém a Palavra do Senhor não volta vazia, ela prosperará e frutificará no tempo oportuno.

Isaías 55; 11: Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 6 de julio de 2014

Poema- Meu Cristo



Meu Cristo é um Cristo vivo,
Que passa levantando o pó vermelho
Nas galiléias do meu coração.

O Jesus que caminha nos meus mares,
Nas praias tropicais dos meus pesares,
Nas montanhas azuis da minha solidão.

Ele entra nos meus templos orgulhosos,
Empunhando o chicote de juiz,
Entra nas minhas tempestades fortes,
Concedendo-me a santa diretriz.

Meu Cristo é um Cristo vivo,
Que passa levantando o pó cinzento
Pelas judéias do meu coração.

O Jesus que fustiga o meu pecado,
Que lança o meu orgulho tresloucado,
Ao cilício da minha humilhação.

Ele não é o Cristo das paredes,
Pendurado em palácios ou bordéis.

Nem o Cristo incapaz dos crucifixos
Pendido no pescoço de infiéis.

Pois o meu Cristo é o meu maior amigo.

Meu Cristo é um Cristo que se agita
Dentro da divindade infinita
Dentro da humanidade tão precita.

Bem junto ao lago azul do meu pensar
Ele prega agitando as ondas mortas.

Bem junto à noite escura do pecar
Ele me abriu as reluzentes portas.

Pois Ele anda no meu caminho estreito
Sobe o monte infernal da minha dor.

Morre na cruz feral da minha culpa,
Desce ao túmulo vil do meu negror.

Depois de ergue na aurora dos meus sonhos.
E se embuça nos céus do meu amor.
Meu Cristo é um Cristo vivo.
Que passa levantando o pó imundo
Nos continentes do meu coração.


Mas um dia Ele passará sorrindo
Pelo meu céu inteiramente lindo.

Passará levantando o pó dourado
Pelo estelar caminho conquistado,
Na cruz, de infâmias e de glórias!

João Dias de Araújo


1 Tessalonicenses 1; 9 e 10: Porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como dos ídolos vos convertestes a Deus, para servir o Deus vivo e verdadeiro, E esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla