Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


sábado, 25 de febrero de 2012

Quando endurecemos o nosso coração?



Salmos 95; 8: Não endureçais os vossos corações, como em *Meribá e como no dia da tentação no deserto.

*Meribá: contenda, provocação.


O homem natural (alto suficiente) não compreende e não interpreta de forma correta o que Deus nos ensina em sua Palavra, por isto vemos muitos deixando que esta dificuldade de entendimento atrapalhe a absorção e assimilação do contexto de muitas coisas, então deixam que seus corações se endureçam para Deus. Ex.: Muitos tropeçam por não compreender o porquê Deus endureceu o coração de faraó e logo após permitir que ele perecesse.

Mateus 11; 25: Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos.


Entendamos, o ser humano tem o livre arbítrio e por isto pode escolher o que pensar, agir, falar,... Portanto, se ele primeiramente endureceu o coração pra Deus, Deus não ira forçá-lo a servir-lo e adorá-lo, porém Deus em sua vontade ‘permissiva’, deixa que esta posição que a pessoa decidiu tomar sirva pra beneficiar ao seu povo, e se ainda assim ele não o quiser, perecerá. Foi o que aconteceu com faraó.

Apocalipses 3; 20: Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.


Vemos abaixo alguns exemplos de quem endureceu o coração pra Deus, bem como quando Deus endurece o coração de faraó:

1. Faraó endurece o coração pra Deus (acontece primeiro)

Êxodo 7; 13 e 22: Porém o coração de Faraó se endureceu, e não os ouviu, como o SENHOR tinha falado. Porém os magos do Egito também fizeram o mesmo com os seus encantamentos; de modo que o coração de Faraó se endureceu, e não os ouviu, como o SENHOR tinha dito.

Êxodo 8; 19: Então disseram os magos a Faraó: Isto é o dedo de Deus. Porém o coração de Faraó se endureceu, e não os ouvia, como o SENHOR tinha dito.

Êxodo 9; 35: Assim o coração de Faraó se endureceu, e não deixou ir os filhos de Israel, como o SENHOR tinha dito por Moisés.


1.1 Deus endurece o coração de Faraó (acontece depois)

Êxodo 9; 12: Porém o SENHOR endureceu o coração de Faraó, e não os ouviu, como o SENHOR tinha dito a Moisés.

Êxodo 10; 20 e 27: O SENHOR, porém, endureceu o coração de Faraó, e este não deixou ir os filhos de Israel. O SENHOR, porém, endureceu o coração de Faraó, e este não os quis deixar ir.

Êxodo 11; 10: E Moisés e Arão fizeram todas estas maravilhas diante de Faraó; mas o SENHOR endureceu o coração de Faraó, que não deixou ir os filhos de Israel da sua terra.

Êxodo 14; 8: Porque o SENHOR endureceu o coração de Faraó, rei do Egito, para que perseguisse aos filhos de Israel; porém os filhos de Israel saíram com alta mão.


2. O povo Israelita endurece o coração pra Deus (espírito de rebeldia)

Número 20; 7-13: Moisés fere a rocha, e as águas saem
E o SENHOR falou a Moisés dizendo: Toma a vara, e ajunta a congregação, tu e Arão, teu irmão, e falai à rocha, perante os seus olhos, e dará a sua água; assim lhes tirarás água da rocha, e darás a beber à congregação e aos seus animais. Então Moisés tomou a vara de diante do SENHOR, como lhe tinha ordenado. E Moisés e Arão reuniram a congregação diante da rocha, e Moisés disse-lhes: Ouvi agora, rebeldes, porventura tiraremos água desta rocha para vós? Então Moisés levantou a sua mão, e feriu a rocha duas vezes com a sua vara, e saiu muita água; e bebeu a congregação e os seus animais. E o SENHOR disse a Moisés e a Arão: Porquanto não crestes em mim, para me santificardes diante dos filhos de Israel, por isso não introduzireis esta congregação na terra que lhes tenho dado. Estas são as águas de *Meribá, porque os filhos de Israel contenderam com o SENHOR; e se santificou neles.


3. O rei Belsazar endurece o coração pra Deus (exaltação/soberba)

Daniel 5; 1-31 (20): O banquete do rei Belsazar. A mão misteriosa.
O rei Belsazar deu um grande banquete a mil dos seus senhores, e bebeu vinho na presença dos mil. Havendo Belsazar provado o vinho, mandou trazer os vasos de ouro e de prata, que Nabucodonosor, seu pai, tinha tirado do templo que estava em Jerusalém, para que bebessem neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas. Então trouxeram os vasos de ouro, que foram tirados do templo da casa de Deus, que estava em Jerusalém, e beberam neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas. Beberam o vinho, e deram louvores aos deuses de ouro, de prata, de bronze, de ferro, de madeira, e de pedra. Na mesma hora apareceram uns dedos de mão de homem, e escreviam, defronte do castiçal, na caiadura da parede do palácio real; e o rei via a parte da mão que estava escrevendo. Mudou-se então o semblante do rei, e os seus pensamentos o turbaram; as juntas dos seus lombos se relaxaram, e os seus joelhos batiam um no outro. E gritou o rei com força, que se introduzissem os astrólogos, os caldeus e os adivinhadores; e falou o rei, dizendo aos sábios de Babilónia: Qualquer que ler este escrito, e me declarar a sua interpretação, será vestido de púrpura, e trará uma cadeia de ouro ao pescoço e, no reino, será o terceiro governante. Então entraram todos os sábios do rei; mas não puderam ler o escrito, nem fazer saber ao rei a sua interpretação. Então o rei Belsazar perturbou-se muito, e mudou-se-lhe o semblante; e os seus senhores estavam sobressaltados. A rainha, por causa das palavras do rei e dos seus senhores, entrou na casa do banquete, e respondeu, dizendo: O rei, vive para sempre! Não te perturbem os teus pensamentos, nem se mude o teu semblante. Há no teu reino um homem, no qual há o espírito dos deuses santos; e nos dias de teu pai se achou nele luz, e inteligência, e sabedoria, como a sabedoria dos deuses; e teu pai, o rei Nabucodonosor, sim, teu pai, o rei, o constituiu mestre dos magos, dos astrólogos, dos caldeus e dos adivinhadores; Porquanto se achou neste Daniel um espírito excelente, e conhecimento, e entendimento, interpretando sonhos e explicando enigmas, e resolvendo dúvidas, ao qual o rei pós o nome de Beltessazar. Chame-se, pois, agora Daniel, e ele dará a interpretação. Então Daniel foi introduzido à presença do rei. Falou o rei, dizendo a Daniel: És tu aquele Daniel, um dos filhos dos cativos de Judá, que o rei, meu pai, trouxe de Judá? Tenho ouvido dizer a teu respeito que o espírito dos deuses está em ti, e que em ti se acham a luz, e o entendimento e a excelente sabedoria. Agora mesmo foram introduzidos à minha presença os sábios e os astrólogos, para lerem este escrito, e me fazerem saber a sua interpretação; mas não puderam dar a interpretação destas palavras. Eu, porém, tenho ouvido dizer de ti que podes dar interpretação e resolver dúvidas. Agora, se puderes ler este escrito, e fazer-me saber a sua interpretação, serás vestido de púrpura, e terás cadeia de ouro ao pescoço e no reino serás o terceiro governante. Então respondeu Daniel, e disse na presença do rei: As tuas dádivas fiquem contigo, e dá os teus prêmios a outro; contudo lerei ao rei o escrito, e far-lhe-ei saber a interpretação. O rei! Deus, o Altíssimo, deu a Nabucodonosor, teu pai, o reino, e a grandeza, e a glória, e a majestade. E por causa da grandeza, que lhe deu, todos os povos, nações e línguas tremiam e temiam diante dele; a quem queria matava, e a quem queria conservava em vida; e a quem queria engrandecia, e a quem queria abatia.Mas quando o seu coração se exaltou, e o seu espírito se endureceu em soberba, foi derrubado do seu trono real, e passou dele a sua glória.E foi tirado dentre os filhos dos homens, e o seu coração foi feito semelhante ao dos animais, e a sua morada foi com os jumentos monteses; fizeram-no comer a erva como os bois, e do orvalho do céu foi molhado o seu corpo, até que conheceu que Deus, o Altíssimo, tem domínio sobre o reino dos homens, e a quem quer constitui sobre ele. E tu, Belsazar, que és seu filho, não humilhaste o teu coração, ainda que soubeste tudo isto. E te levantaste contra o Senhor do céu, pois foram trazidos à tua presença os vasos da casa dele, e tu, os teus senhores, as tuas mulheres e as tuas concubinas, bebestes vinho neles; além disso, deste louvores aos deuses de prata, de ouro, de bronze, de ferro, de madeira e de pedra, que não vêem, não ouvem, nem sabem; mas a Deus, em cuja mão está a tua vida, e de quem são todos os teus caminhos, a ele não glorificaste. Então dEle foi enviada aquela parte da mão, que escreveu este escrito. Este, pois, é o escrito que se escreveu: MENE, MENE, TEQUEL, UFARSIM. Esta é a interpretação daquilo: MENE: Contou Deus o teu reino, e o acabou. TEQUEL: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. PERES: Dividido foi o teu reino, e dado aos medos e aos persas. Então mandou Belsazar que vestissem a Daniel de púrpura, e que lhe pusessem uma cadeia de ouro ao pescoço, e proclamassem a respeito dele que havia de ser o terceiro no governo do seu reino. Naquela noite foi morto Belsazar, rei dos caldeus. E Dario, o medo, ocupou o reino, sendo da idade de sessenta e dois anos.


Jó 9; 4: Ele é sábio de coração, e forte em poder; quem se endureceu contra Ele, e teve paz?


Portanto, não escarneça da Bíblia por algum trecho que você leu fora do contexto e por você não conhece a história e o contexto em que ele está inserido, venhas a blasfemar contra a Palavra do Senhor, pois Deus não tem o culpado por inocente e a mão dele pode recair sobre você com muita ira e furor; então sejas sábio e cuide pra que não profiras heresias contra a Bíblia, pro bem da sua própria vida. É bom salientar que o único pecado contra a santidade de Deus que Ele não perdoa é a Blasfêmia contra o Espírito Santo. Friso, não tome isto como ameaça, muito pelo contrário, é apenas um alerta!

Êxodo 20; 7: Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão; porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.

Jó 9; 28: Receio todas as minhas dores, porque bem sei que não me terás por inocente.


Marcos 3; 29: Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas será réu do eterno juízo.

Observemos, no texto abaixo, a pergunta que se faz é: E pra essas coisas, quem será idôneo?, Ou seja, podemos dizer que alguns são melhores que os outros porque fizemos a escolha certa em servir a Jesus e quem ainda não escolheu é pior? Não, pois todos nós somos iguais, Deus não faz acepção de pessoas; e o que diferencia o final da nossa jornada na terra dos que estão a esmo neste mundo, é justamente o caminho que escolhemos trilhar para alcançar com êxito o maior propósito da vida/existência, que é a Salvação da nossa Alma; porém os que não o fazem, é muitas vezes por não saber como será a sua eternidade, ou por crer que terá outra chance de vida na terra pra consertar o que fez de errado, porém nós sabemos em quem temos crido, e que não é uma utopia, pois a Palavra de Deus é viva e eficaz, e se quisermos compreendê-la só temos uma forma pra isto, pedir em oração que Deus (o autor da vida, da fé, da Salvação, da Bíblia,...) lhe dê a interpretação de o ‘pra quê’ de cada texto, onde e como você os pode aplicar em sua vida. Quando você entender estas coisas, e se entregar de corpo, alma e espírito nas mãos do Senhor é que terás a convicção da Salvação da sua vida.

2 Coríntios 2; 15-17: Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem. Para estes certamente cheiro de morte para morte; mas para aqueles cheiro de vida para vida. E para estas coisas quem é *idôneo? Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus, antes falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus.

*Idôneo: Capaz, Adequado, próprio para alguma coisa.


Romanos 2; 11: Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas.

Tiago 2; 9: Mas, se fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, e sois redargüidos pela lei como transgressores.

1 Pedro 1; 17-19: E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação, Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado.


João 14; 6: Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.


Hebreus 9; 27 e 28: E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.


2 Timóteo 1; 12: Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia.


Hebreus 4; 12: Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.


Tiago 1; 5 e 6: E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte.


Hebreus 12; 2: Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.


Queridos, não nos espantemos dos que resistem à salvação endurecendo o coração pra Deus, faça a sua parte, pois a salvação é individual, a responsabilidade é pessoal e cada um dará conta de si:

Filipenses 1; 27-30: Somente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho. E em nada vos espanteis dos que resistem, o que para eles, na verdade, é indício de perdição, mas para vós de salvação, e isto de Deus. Porque a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele, Tendo o mesmo combate que já em mim tendes visto e agora ouvis estar em mim.

Romanos 12; 5: Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.

Romanos 14; 12: De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.


A vida eterna está pra todos nós, não pra um grupo de pessoas, ou pra uma época da história, senão fosse assim Deus não sacrificaria o seu filho; nenhum problema que possamos ter pode ser maior do que a dor que Jesus sentiu ao morrer naquela cruz pelos pecados de toda a humanidade (de todos que já haviam nascido e dos que haviam de nascer), por isso que nos alcança, imagine se fosse vigente apenas para os daquela época, estaríamos perdidos, sem direito a Salvação; entendem agora o porquê deste sacrifício e qual a sua importância?!

João 17; 3: E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.


Prossigamos no caminho da salvação pra que no final da jornada possamos dizer que combatemos o bom combate, acabamos a carreira e guardamos a fé e então ver o Pai face a face:

2 Timóteo 4; 7: Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.

1 Coríntios 13; 12: Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.


Eric Gonçalves & Erica Carla


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

sábado, 18 de febrero de 2012

Para vencer o pecado, Conte com Ele!

Romanos 6; 14: Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.

Um dos sentidos do termo “pecado” é errar o alvo. Pecador, o que é? Todo aquele que pratica o pecado também transgride a lei, porque o pecado é a transgressão da lei. (1 João 3; 4: Qualquer que comete pecado, também comete iniqüidade; porque o pecado é iniqüidade.)



Todos nós fomos atingidos pelo pecado:
Romanos 5; 12: Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.
Romanos 3; 23: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;

O pecado é sutil e muitas vezes quase não percebemos como ele age em nossas vidas. Ele habita em nós:
Romanos 7; 17 e 20: De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.

O pecado nos engana:
Romanos 7; 11: Porque o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, me enganou, e por ele me matou.
Hebreus 3; 13: Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado.

O pecado nos escraviza:
João 8; 34: Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é escrava do pecado.

O pecado nos afasta de Deus:
Isaías 59; 2: Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça.

O pecado nos adoece e nos torna mal-humorados:
Salmos 32; 3 e 4: Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia. Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio.

O pecado impede que as nossas orações sejam atendidas:
Salmos 66; 18: Se eu atender à iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá.
Isaías 1; 15: Por isso, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei, porque as vossas mãos estão cheias de sangue.

O pecado nos mata, nos leva à morte:
Romanos 6; 23: Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.
Efésios 2; 1: E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados,
Tiago 1; 15: Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.

Todos nós procuramos meios através dos quais possamos nos livrar do pecado, escapar das suas terríveis conseqüências. Todo pecado tem um preço, mais cedo ou mais tarde o pecado nos acha: Porém, se vocês não cumprirem o que estão prometendo, estarão pecando contra o Senhor. E fiquem sabendo que vocês serão castigados por causa dos seus próprios pecados. (Números 32; 23: E se não fizerdes assim, eis que pecastes contra o SENHOR; e sabei que o vosso pecado vos há de achar. – NTLH).

Como o apóstolo Paulo, chegando a ponto de gritarmos:
Romanos 7; 24: Miserável homem que eu sou! Quem me livrará do corpo desta morte?

Por nossas próprias forças não temos como escapar do mal, como nos livrar do pecado. Ele nos assedia. Mas podemos contar com Jesus, Ele já providenciou os recursos. Ele já levou em seu corpo os nossos pecados:
1 Pedro 2; 24: Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; e pelas suas feridas fostes sarados.

Ele se fez pecado por nós:
2 Coríntios 5; 21: Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.

Ele morreu pelos nossos pecados:
1 Coríntios 15; 3: Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras.

Ele tira os nossos pecados:
João 1; 29: No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.

O seu sangue derramado por nós nos purifica de todo o pecado:
1 João 1; 7: Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.

Conte com Ele para vencer o pecado:
Romanos 6; 14: Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.


Pare para meditar no que estudamos hoje:
Quanto mais vemos nossa tendência pecaminosa, mais vemos a graça abundante de Deus nos perdoando. (A Bíblia Viva – Romanos 5; 20 b: ... mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça.)


Oremos:
Senhor Jesus,
Ajoelho-me diante de ti, arrependido, confesso os meus pecados.
Agradeço-te pelo teu precioso sangue derramado naquela rude cruz, que me purifica de todos os meus pecados, proporcionando-me a paz e reconciliação com o Pai.
Conto contigo para ter vitória sobre o pecado. Amém!

Pastor Messias Anacleto Rosa

Queridos, estamos no período que o ‘mundo’ cultua o carnaval, aos que não sabem como vencer as tentações, para não pecar, lembrem-se de Jesus, pois ele se deu em sacrifício por todos nós e nos fez livres do pecado e servos do Deus Altíssimo. Não percam seu tempo estas coisas, pois fomos livres do pecado e não para pecar!

João 8; 36: Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.
1 Pedro 2; 16: Como livres, e não tendo a liberdade por cobertura da malícia, mas como servos de Deus.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

sábado, 11 de febrero de 2012

Dando o devido VALOR:



Queridos, nem sempre damos o devido valor às pessoas que amamos, às coisas de Deus e aos seus ensinamentos, por isto, precisamos refletir e não perder tempo com coisas que não edificam em detrimento a obedecer ao Nosso DEUS, pois o princípio da Sabedoria é o temor do Senhor, coisa que o homem natural não conhece e não sabe o seu valor, porém o que teme ao Senhor já está sendo sábio, e ao obedecê-lo, demonstra inteligência, uma vez que Deus não se agrada dos sacrifícios, pois Ele prefere que o obedeçamos. Cuidemos para que não seja tarde demais, para que não percamos algo (convívio com a família, dons espirituais, promessas – cujos itens, só nós mesmos podemos nos atrapalhar), em virtude da covardia, desleixo, despreocupação com estes assuntos; não sejamos como os ímpios, que só dão valor quando perdem, pois não fizeram nada para evitar e/ou para aproveitar o que Deus lhes concede.

Jó 28; 12-28: Porém onde se achará a sabedoria, e onde está o lugar da inteligência? O homem não conhece o seu valor, e nem ela se acha na terra dos viventes. O abismo diz: Não está em mim; e o mar diz: Ela não está comigo. Não se dará por ela ouro fino, nem se pesará prata em troca dela. Nem se pode comprar por ouro fino de Ofir, nem pelo precioso ónix, nem pela safira. Com ela não se pode comparar o ouro nem o cristal; nem se trocará por jóia de ouro fino. Não se fará menção de coral nem de pérolas; porque o valor da sabedoria é melhor que o dos rubis. Não se lhe igualará o topázio da Etiópia, nem se pode avaliar por ouro puro. Donde, pois, vem a sabedoria, e onde está o lugar da inteligência? Pois está encoberta aos olhos de todo o vivente, e oculta às aves do céu. A perdição e a morte dizem: Ouvimos com os nossos ouvidos a sua fama. Deus entende o seu caminho, e ele sabe o seu lugar. Porque ele vê as extremidades da terra; e vê tudo o que há debaixo dos céus. Quando deu peso ao vento, e tomou a medida das águas; Quando prescreveu leis para a chuva e caminho para o relâmpago dos trovões; Então a viu e relatou; estabeleceu-a, e também a esquadrinhou. E disse ao homem: Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e apartar-se do mal é a inteligência.

Salmos 111; 10: O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que cumprem os seus mandamentos; o seu louvor permanece para sempre.

Provérbios 9; 10: O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo a prudência.


1 Samuel 15; 22: Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros.

Salmos 51; 16: Pois não desejas sacrifícios, senão eu os daria; tu não te deleitas em holocaustos.

Isaías 1; 11: De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios, diz o SENHOR? Já estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; nem me agrado de sangue de bezerros, nem de cordeiros, nem de bodes.


Aos que esperam no Senhor, reflitam, pensem que tipo de cônjuge você gostaria de ter, analise mediante as escrituras, compare o comportamento dele/dela concernente aos ensinamentos Bíblicos, no caso de nós (moças), observemos se o moço se enquadra no perfil Bíblico de um bom marido, descrito na Palavra de Deus, pois o homem que é bom filho, será um bom esposo e vise versa, a moça que é boa filha será uma boa esposa, e aos moços digo o mesmo, observe se a moça se enquadra no perfil Bíblico de uma boa esposa.


Salmos 128; 1-6: Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem. A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao SENHOR. O SENHOR te abençoará desde Sião, e tu verás o bem de Jerusalém em todos os dias da tua vida. E verás os filhos de teus filhos, e a paz sobre Israel.

1 Coríntios 7; 3: O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido.

Efésios 5; 22-33: Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor;Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos. Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Porque nunca ninguém odiou a sua própria carne; antes a alimenta e sustenta, como também o Senhor à igreja; Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos. Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne. Grande é este mistério; digo-o, porém, a respeito de Cristo e da igreja. Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido.

Mateus 19; 5 e 6: E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne? Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.

Sabemos que cabe ao homem trazer o sustento ao lar, instinto masculino natural de prover, cuidar e proteger os seus; porém nada impede que a mulher o auxilie, muitos pensam que isto é uma prática moderna, porém não há nada que aconteça que Deus em sua onisciência já não tenha mencionado na sua Palavra, vejamos no texto de Provérbios abaixo.

O erro da mulher “moderna” é achar que não precisa de alguém ao seu lado, cuidando dela e que ela possa cuidar também, pois Deus não nos fez para ficarmos sós, somos seres sociáveis e precisamos de companhia, carinho, afeto/amor, cuidado,... A mulher moderna entrou por um caminho perigoso, em agir de forma competitiva com os homens, querendo provar que sabem e que podem fazer as mesmas coisas que eles, muitas querem tanto isto que até no lado “sentimental” agem como os homens ímpios, tomando a atitude e sendo fáceis, estão perdendo o seu Valor, isto é um perigo!

Provérbios 31; 10-31: Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis. O coração do seu marido está nela confiado; assim ele não necessitará de despojo. Ela só lhe faz bem, e não mal, todos os dias da sua vida. Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos. Como o navio mercante, ela traz de longe o seu pão. Levanta-se, mesmo à noite, para dar de comer aos da casa, e distribuir a tarefa das servas. Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos. Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços. Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite. Estende as suas mãos ao fuso, e suas mãos pegam na roca. Abre a sua mão ao pobre, e estende as suas mãos ao necessitado. Não teme a neve na sua casa, porque toda a sua família está vestida de escarlata. Faz para si cobertas de tapeçaria; seu vestido é de seda e de púrpura. Seu marido é conhecido nas portas, e assenta-se entre os anciãos da terra. Faz panos de linho fino e vende-os, e entrega cintos aos mercadores. A força e a honra são seu vestido, e se alegrará com o dia futuro. Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua. Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça. Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva. Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente! Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada. Dai-lhe do fruto das suas mãos, e deixe o seu próprio trabalho louvá-la nas portas.

Aproveitemos e saibamos dar o devido valor aos momentos únicos e especiais das nossas vidas; imaginem se Maria não aproveitasse a presença do Mestre Jesus em sua casa, para aprender mais dEle, ela teria como recuperar este momento? Não. Porém ela escolheu a melhor parte, pois os afazeres domésticos ela poderia fazer a qualquer instante; bem como a Mulher com o vaso de Alabastro, ela usou o melhor que tinha pra beneficiar o Mestre Jesus, será que ela conseguiria recuperar este momento? Não. Porém ela derramou o ungüento de muito valor sobre a cabeça de Jesus, o Bom Mestre, que não seria sempre que ela teria esta oportunidade, no entanto os pobres ela poderia ajudar em qualquer ocasião.

Lucas 10; 38-42: E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa; E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra. Marta, porém andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude. E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.

Mateus 26; 6-11: E, estando Jesus em Betânia, em casa de Simão, o leproso, Aproximou-se dele uma mulher com um vaso de alabastro, com ungüento de grande valor, e derramou-lho sobre a cabeça, quando ele estava assentado à mesa. E os seus discípulos, vendo isto, indignaram-se, dizendo: Por que é este desperdício? Pois este ungüento podia vender-se por grande preço, e dar-se o dinheiro aos pobres. Jesus, porém, conhecendo isto, disse-lhes: Por que afligis esta mulher? Pois praticou uma boa ação para comigo. Porquanto sempre tendes convosco os pobres, mas a mim não me haveis de ter sempre.

Quanto ao céu, precisamos agir como o negociante que vendeu tudo para comprar a pérola de grande valor; precisamos renunciar ao mundo e adquiri a Salvação que nos foi dada por meio do sacrifício de Jesus. Não perca tempo, não desvalorize o que Jesus fez por nós, pois fomos comprados por um bom preço, o seu puro sangue vertido na rude cruz.


Mateus 13; 45 e 46: Outrossim, o reino dos céus é semelhante ao homem, negociante, que busca boas pérolas; E, encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e comprou-a.

1 Coríntios 6; 20: Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

sábado, 4 de febrero de 2012

Quando o medo vier, Conte com Ele!



1 João 4; 18: No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor.

Ao longo destes cinqüenta e um anos de pastorado e cinqüenta e oito anos pregando o evangelho das boas-novas da salvação em Cristo, tenho vivido experiências com pessoas que sofrem dos mais diferentes tipos de medo: do escuro, do futuro, das doenças, da pobreza, do fracasso, da morte, da velhice e tantos outros.

O medo é um fantasma, é um bicho-papão, é um verdadeiro tormento. Ele ataca crianças, jovens, idosos, pobres, ricos, ele não pede licença, ele vem e se instala.

A passagem Bíblica de João 20; 19-23 fala dos discípulos de Cristo numa tarde de domingo, fechados num quarto, com as portas da casa trancadas, com medo dos judeus.

Mas, do que aqueles homens que andaram três anos com Jesus, viram os seus milagres, ouviram seus ensinamentos, experimentaram o seu poder, sim, do que eles estavam com medo a ponto de se refugiarem numa casa, fecharem as portas e se trancarem? Eles tinham medo daqueles que prenderam, açoitaram e mataram o seu Mestre.

Do que nós temos medo? O que nos leva, à semelhança daqueles homens, a nos trancarmos, nos fecharmos? Medo da violência, das doenças, das guerras, do futuro. Vivemos numa sociedade doente. Vivemos assustados.

Que bom podermos contar com Ele quando o medo vem. Foi o que aconteceu com aquele grupo amedrontado. Assim lemos em João 20; 19-21: Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco. E, dizendo isto, mostrou-lhes as suas mãos e o lado. De sorte que os discípulos se alegraram, vendo o Senhor. Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós.

Jesus veio e trouxe-lhes a paz, a alegria e o Espírito Santo.

Quando o medo bater à nossa porta, podemos contar com Ele.
“Medo tens que o inimigo vá vencer?
Pouca luz te faz agora estremecer?
Abre o coração e deixa Cristo entrar,
Deixa o Sol em ti raiar.”

(CTP 284)


Pare para meditar no que estudamos hoje:
Salmos 56; 3: Em qualquer tempo em que eu temer, confiarei em ti.


Oremos:
Senhor meu Deus,
Enche-me do teu amor e da tua paz, e assim todos os medos que tenho são afastados de minha vida.
Em nome de Jesus. Amém!


Pastor Messias Anacleto Rosa


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla