Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


viernes, 28 de octubre de 2011

Soneto e Poema- O Filho Pródigo!

Soneto do filho pródigo

Silêncio da alma desperta a dor
Sinal no horizonte saudade dá
Por que viver neste triste labor
Se o pai que me espera lado de lá


Triste e saudoso espera me ver?
De volta pra o lar arrependido
Seus braços abertos, pra socorrer
Filho, servo... Serei recebido


Com trajes de festa celebração,
Com pés calçados e anel na mão.
Venham, comamos, o filho voltou!

Reviveu quem estava morrendo!
O meu filho eu estava perdendo!
Pródigo do lar, ao lar retornou.



Josenilton Pinheiro





Poema- O Filho Pródigo!

O Mestre entre os olhares confusos, perplexos diante da Lei que vigia um fato concreto, trouxe à brilhar de forma rara, clara, em evidência ímpar. A parábola do filho pródigo, talvez, a mais bonita:


Em um lugar muito longe, em terra distante, um jovem errante pensava assim: “Ah, não faz muito tempo naquele horizonte, o sol, que hoje se esconde, brilhava pra mim. Porque deixei tudo, procurando um outro mundo? Eu nunca imaginava que um dia, na estrada, eu ficaria assim.”

De onde partira, lá no outro horizonte, alguém muito importante pensava assim: “Aonde é que ele anda? Por que foi embora? Será que ele agora ainda se lembra de mim?

Mas num belo dia, todos os dias, olhando pro caminho, um vulto : - “Será o meu filho?”

Trôpegos ombros caídos, vencido pela fadiga. Se não fosse o instinto paterno, de que filho nunca deixa de ser filho, um homem produto da lei que mesmo cria, por certo, não o reconheceria.

- “Pai, Pai!”
Soa uma voz na estrada, um velho cansado, a voz tão humilhada o levou a saltar. A alegria era tanta que da soleira da porta entre lágrimas gritou:

- “É o meu filho. É ele sim! O meu filho voltou!”
O pai amoroso não viu a roupa rota. Com lágrimas nos olhos, um grito na garganta, correu para o seu filho, e abraçando o beijou.

- “Jornaleiro?! Que é isso, meu filho! És herdeiro! Ah, não me diga mais nada. Tragam o anel, o vestido, as sandálias, matem um bezerro cevado e iniciem a festa, porque o meu filho querido voltou.”


Pra você que está longe, não importa onde, há um passado no presente que não te abandonou.

E o Pai até hoje olha pro caminho e até chora sozinho, porque não se conformou.

Fome, Sede, Frio, bolotas que até mesmo os porcos rejeitam, é a realidade lá fora.

Quando se perde o respeito à vida, quando vira-se as costas pro Pai, à fazenda sortida, frutos que, quem sabe, você mesmo os cuidou.

A viagem da fantasia, meu amigo, é curta, termina sempre no lixo da vida.

Ah! Mas na casa do Pai, querido, na casa do Pai a verdade nunca muda. As começar pelo caminho, as placas da mesma cor indicam uma direção, a outra que só Deus é Amor, Amor e Amor...


Maysa Thâmara


Lucas 15; 11-24: E disse: Um certo homem tinha dois filhos; E o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me pertence. E ele repartiu por eles a fazenda. E, poucos dias depois, o filho mais novo, ajuntando tudo, partiu para uma terra longínqua, e ali desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente. E, havendo ele gastado tudo, houve naquela terra uma grande fome, e começou a padecer necessidades. E foi, e chegou-se a um dos cidadãos daquela terra, o qual o mandou para os seus campos, a apascentar porcos. E desejava encher o seu estômago com as bolotas que os porcos comiam, e ninguém lhe dava nada. E, tornando em si, disse: Quantos jornaleiros de meu pai têm abundância de pão, e eu aqui pereço de fome! Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti; Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus jornaleiros. E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. E o filho lhe disse: Pai, pequei contra o céu e perante ti, e já não sou digno de ser chamado teu filho. Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa; e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão, e alparcas nos pés; E trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos, e alegremo-nos; Porque este meu filho estava morto, e reviveu, tinha-se perdido, e foi achado. E começaram a alegrar-se.

Querido, se você já serviu a Jesus, e hoje encontra-se afastado do lar paterno, te digo com convicção, Deus te Ama e te chama de volta meu Irmão, se não tens força, chame por Ele, clame e Ele te resgatará com mão forte e poderosa.

Imagine que você é uma criança e que caiu em uma areia movediça, e quanto mais você se meche e tenta sair sozinho mais se afunda, agora imagine que você grita pelo seu pai e ele chega e estende a mão, com um só puxão ele te ergue e te resgata de ser submerso. Agora pense se você com mão de criança conseguiria segurar com firmeza e sem escorregar a mão do seu pai? Claro que não, a mão de uma criança é bem menor, porém a mão do pai é grande e nos segura e não deixa nossa mão escorregar. Deus também age assim, se estivermos em uma situação que não sabemos como nos livrar, como sair ileso e ser salvo, Chame pelo Pai (Deus), Ele está esperando você dar o primeiro passo para que Ele possa agir na tua vida e mostrar todo o amor que sente por ti, te livrando de ser submerso pelo lamaçal do pecado. Só tem uma coisa, você precisa QUERER, Ele não irá forçar-lo a ficar ao seu lado! Deixe Deus com sua Mão Grande e Poderosa de Pai te segurar e te suster em segurança.

Lucas 15; 7: Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.

Volta hoje pra Jesus, Ele te Ama e quer você de volta pra te proteger, pois enquanto você estiver longe dEle, você está a sua própria sorte; Ele tem um propósito pra tua vida, o que o mundo oferece não vale a pena, no outro dia os problemas continuam te esperando e você está sozinho pra vencê-los. Nós que estamos sempre buscando estar mais pertinho do Pai, temos a sua proteção e ajuda em todos os momentos, problemas também temos que enfrentar, mais com a ação direta de Deus em nossas vidas, temos discernimento de como proceder pra resolvê-los. Com Cristo somos mais do que vencedores!

Romanos 8; 37: Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

sábado, 22 de octubre de 2011

Você quer ser Amigo de Deus?

Romanos 5; 6-10: De fato, quando não tínhamos força espiritual, Cristo morreu pelos maus, no tempo escolhido por Deus. Dificilmente alguém aceitaria morrer por uma pessoa que obedece às leis. Pode ser que alguém tenha coragem para morrer por uma pessoa boa. Mas Deus nos mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado. E, agora que fomos aceitos por Deus por meio da morte de Cristo na cruz, é mais certo ainda que ficaremos livres, por meio dEle, do castigo de Deus. Nós éramos inimigos de Deus, mas Ele nos tornou seus amigos por meio da morte do seu Filho. E, agora que somos amigos de Deus, é mais certo ainda que seremos salvos pela vida de Cristo.

Romanos 6; 23: Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.

Isto parece um paradoxo, como um pai fica amigo das pessoas que mereciam morrer em vez do seu filho? É simples, Deus, com seu Grande Amor nos criou para sermos livres do pecado, porém o ser humano, que é falho, por si só não conseguiu manter-se livre e pecou, pecado este que afasta o homem de Deus. Mais como Deus é Amor, Ele não se agrada em ver o homem em pecado, por isto que Ele deu o seu Filho para morrer por nós, sendo nós ainda pecadores, para que tivéssemos uma nova chance, para que os que quiserem possam se reconciliar com Deus. O nosso castigo que estava sobre Ele, e pelo sacrifício dEle temos acesso a Paz, Paz que só Deus pode nos dar.

Isaías 53; 5: Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

João 14; 27 a: Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá.


Como ser Amigo de Deus?

Tendo fé nEle e usando de bom proveito da justificação que adquirimos por Jesus, pois sem fé é impossível agradar-lo e sermos salvos, precisamos falar de seu Amor a todos quantos conheçamos, para que sejamos bons representantes dos céus, para que outros possam se reconciliar com o nosso Pai Celestial, Deus! Não sejamos amigos do mundo, pois se assim formos, nos constituimos inimigos de Deus.

Romanos 5; 1: Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo.

2 Coríntios 5; 20 e 21: De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamos-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.

Efésios 2; 8 e 10: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.

Tiago 4; 4: Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.


A Grande Oportunidade!

O fogo, a água e a oportunidade se encontram...
Esta última perguntou: - De onde vocês são?
E o Fogo respondeu: - Eu estou nas guerras, nos vulcões, nas grandes queimadas...
...Ah! ... Estou até no palito de fósforo.

A Água respondeu: - Eu estou nos grandes mares, nos rios, maravilhosos, na chuva, estou numa gotinha; Ah!!!... Estou numa lágrima...

E você Oportunidade? Perguntaram eles:
- Bom, eu também estou em vários lugares: - Na vida de um advogado, em um poeta, ou alguém que prega ou aceita o evangelho,
Mas só que tem uma coisa; Disse novamente a OPORTUNIDADE: - É que as vezes eu passo e nunca mais volto.


Ei Amigo, a oportunidade passa agora em sua vida através desta mensagem:
Isaías 55; 6: Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.

Se você ainda não aceitou a Jesus Cristo como seu Único e Suficiente Senhor e Salvador, não perca esta Oportunidade, pois pode ser a última!

Lembre-se, Jesus voltará em breve!

Agora eu te pergunto: Você que ser Amigo de Deus, reconheça o sacrifício do seu Filho, que foi por você, e o aceite em sua vida, está é a Grande Oportunidade que você tem hoje!


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

viernes, 14 de octubre de 2011

Poesia- Crianças de Deus

Jesus disse: Deixai vir a mim as crianças,
Não impeçam de ter esperança,
Pois o Senhor está entristecido,
Com os fatos acontecidos,
Como elas são tratadas,
No caminho dessa estrada.
Em nome de Jesus temos que fazer o bem,
Orientando nessa jornada,
Diante da luz que vem de Jerusalém,
Ajudando toda criança com amor,
Formando o caráter de valor,
Sendo guiados por Deus,
Sendo herança do povo seu,
Crianças preciosas,
Nessa aliança generosa,
Que ao pai aprende a falar,
No seu desejo de orar,
Suplicando a Deus que venha ajudar,
Ser uma criança temente,
Caminhando pela vida contente,
Saindo de uma vida tão injusta,
Servir a Deus é o que eu quero e nada custa.


Lucas 18; 15-17: Jesus Abençoa as crianças
E traziam-lhe também meninos, para que ele lhes tocasse; e os discípulos, vendo isto, repreendiam-nos. Mas Jesus, chamando-os para si, disse: Deixai vir a mim os meninos, e não os impeçais, porque dos tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo que, qualquer que não receber o reino de Deus como menino, não entrará nele.

No último dia 12 foi comemorado o dia das crianças, claro, mais um motivo para aquecer as vendas do comércio, porém, como vocês já sabem, gosto de trazer estas comemorações para refletirmos à luz da Bíblia, portanto, pensemos como o poeta acima, ao relatar trechos da Palavra de Deus:

Deixemos que elas conheçam a Deus, não as impeçamos de terem esperanças; as tratemos como jóias preciosas de Senhor, pois elas realmente são o futuro da humanidade, como queremos que seja este futuro?

As ajudemos com amor, para que formemos nelas, caráter de valor e honra. Tendo Deus como seu Pai e Orientador, sendo herança dEle neste mundo sofredor. Logo querem aprender a falar, para à Deus orar e nesta oração pedir a sua ajuda, tanto por si, quanto pelos que o cercam. O meu desejo é que sejam crianças tementes ao Senhor, o Louvando com Amor e ao mundo cheio de dor, levar a mensagem do Salvador.


As Crianças são de Deus, as formemos para Adorá-lo!


Queridos, é muito triste ver crianças morando nas ruas, sem ter onde dormir, o quê comer, o quê vestir, num total abandono e desamparo por parte da sociedade, Deus em sua Palavra nos alerta que no mundo nunca deixará de existir os pobres, porém isto ainda impacta, confesso que esta foto fez o meu coração chorar; esta situação é lamentável, e só ocorre por conta da ganância do ser humano, ou seja, Poucos com Muito e Muitos com Pouco!

Deuteronômio 15; 11: Pois nunca deixará de haver pobre na terra; pelo que te ordeno, dizendo: Livremente abrirás a tua mão para o teu irmão, para o teu necessitado, e para o teu pobre na tua terra.

Gente, nos coloquemos no lugar da mãe desta criança, ainda não sou mãe, mais ver esta imagem doeu muito; será que vocês gostariam de ver o seu filho assim e não poder fazer nada? Creio que não. Então façam como se fosse por uma parte de você (saliento que os cristãos são parte de um corpo, o corpo de Cristo), então, se lembrem disto, um órgão necessita do outro, igual somos nós, seres humanos, precisamos uns dos outros.

1 Coríntios 12; 12-26: Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também. Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo? E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo? Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato? Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis. E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? Assim, pois, há muitos membros, mas um corpo. E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós. Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários; E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra. Porque os que em nós são mais nobres não têm necessidade disso, mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela; Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros. De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele.

Nós como cristãos precisamos fazer alguma coisa por estas pessoas, não podemos ficar de mão atadas, vendo vidas se esvaindo, muitos para enganar a fome, dormem, e as vezes nem mais acordam, pois a debilidade é tão grande que o organismo não tem mais forças para lutar. Eles precisam de nós, precisam que façamos algo por eles, e claro, precisam conhecer o Amor de Cristo, porém não sejamos omissos e ver pessoas passando fome e dizer apenas: Jesus te Ama! E achar que já fizemos a nossa parte. Não, não fizemos, pois Deus nos ensina que quando dermos de comer, de beber e de vestir ao necessitado, a Ele o fazemos, Ele não nos disse que ficássemos esperando que outros façam e nós não precisamos fazer, como verão Deus em nós? Nos atos que fazemos, não esperando reconhecimento do mundo, porém isto fica manifesto para a Glória de Deus. Faça como a viúva mencionada na Bíblia, contribua com o que você pode, como você pode e de coração sincero. Dê sem ter, para ter pra dar! Viva pra servir, não apenas sirva pra viver!

Mateus 25; 34-45: Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes. Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.

Lucas 21; 1-4: E, olhando ele, viu os ricos lançarem as suas ofertas na arca do tesouro; E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas; E disse: Em verdade vos digo que lançou mais do que todos, esta pobre viúva; Porque todos aqueles deitaram para as ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza, deitou todo o sustento que tinha.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

sábado, 8 de octubre de 2011

Poema- Prosa do poeta leigo

Se prosa é o curso livre do discurso
livre de pretensões, livre da métrica,
escrevo estas minhas, poucas linhas, retas.
Mas se não é o verso, não seja inverso
e dele, ausência completa,
não vulgar, trivial, ou comum,
mas sem grande elevação
de fácil compreensão
aos que se debruçarem sobre ela.
Não sei se é possível a uma prosa
não ser também uma conversa
e dessa temo alguns aspectos,
conotações aos quais nos arremessa,
a saber: “isto é conversa”, “palavreado”,
“bafo” de alguém, que não tem
a menor intenção de cumprir;
segundo Aurélio expressa.



Conversar é versar com
e eu estou só, versando
versando só assim
quiçá serei poeta
mas nem isso me atrevo
dizer que sou profeta,
sejamos pois pastores,
quem quer que ouça
e reconheça a voz
do pastor de todos nós
que amar aos pequeninos
também nos inquieta.
No campo da prosa em nível semântico
encontrei, prático, positivo,
este, baseado em experiências
ou fatos que não admitem dúvidas,
fala consoante a realidade,
aquele, perito experiente,
que por sua capacidade de agir,
pode ir e conduzir
por onde é transitável,
mostrar a rota certa.



Somos “os do Caminho”,
discípulos daquele que disse,
“Eu sou o caminho”
que pouco escreveu,
mas que muito imprimiu,
não em papel e com tinta,
mas nas mentes e corações
daqueles que mais tarde declararam
não vai jamais ninguém nos demover
o que vimos e ouvimos,
não podemos deixar de dizer
para não desvanecer,
é impressão perpétua.



Este é o caminho para não querer,
outro “vem a nós”
se não o ver,
vir a nós o seu reino.
Reino que não é outro, se não
o reino dos pequeninos pois
dos tais é o reino dos céus,
o Mestre disse aos seus
deixem que venham a mim
que ninguém os impeça.



Senta-te para uma prosa
diga-me se és sabedor
trazes viola prangente
sendo tu seu tangedor
de mãos hábeis, mão-tenente
de Jesus o bom pastor
dou-te o texto, vês o ensino?
Em que verso começou?



Cantador
Achei no Livro Sagrado
Mateus dezenove seis
que bom que me deste vez
ser teu co-laborador.
Nesta obra que tanto estimo
vívido a viver este ensino
que antes de haver menino,
macho e fêmea os criou.



Poeta prosador
Sendo assim o que Deus juntou
não é bom que esteja só
ninguém desfaça este nó
daquele que a si nos atou.



Cantador
Sou livre e sem amarras
comprado pra liberdade
mas a minha felicidade
é estar ligado aquela
a quem quando eu disse vamos
de pronto disse vambóra
doravante o que outrora fomos,
não seremos mais.
Nossos corações?
continuam sendo dois,
dois vassalos
levando numa liteira
vida inteira
em função de nós
que não se desatam
estes que demos em nós.
E tu poeta ancião?
Teus cabelos encanecidos
por tantos dias vividos
teria desvanecido,
o prazer da companhia
daquela que amaste um dia?
Tens ainda poesia,
prosa, verso, uma canção?



Poeta prosador
Eu quero me mirar
na água da minha cisterna
mulher da minha mocidade
libido, saudade,
sede da minha gazela.
Obrigado Senhor, pelo meu amor,
o beijo, o doce, os seios dela.
Sentarmos a mesa para comer o grão,
sairmos juntos plantando a semente
cuidar da vida das mudas de gente
que brotam de nós.



E outras mudas de gente,
filhos da alteridade
a soltas pela cidade
onde a orfandade os levou.
Estenda-se nosso cuidado
aos meninos abandonados
correndo riscos diversos
que dos pais estão dispersos
como ovelhas sem pastor.



Quem não se fizer menino
capaz de com eles brincar
e crer no que o Pai promete
não perde por esperar
por não esperar, travesso
se as avessas, tropeço,
se precipita no mar.
Imóvel atado a pedra
ou na barriga de um peixe
se pedir que Deus lhe deixe
se viver, se ele deixar,
quem viver verá mudança.
Quem é este que canta e dança?
Rodeado de crianças
das quais se pôs a cuidar.



Cantador
Pois não, eis-me aqui,
se é pra cuidar de meninos
pode me chamar,
que eu vou.
Sei que tem beira de estrada
pedra que eu levei topada
tem também terra molhada
lavoura toda formada
que eu já vi
pé com botãozinho e flor.
Vamo simbóra
pra nossa roça
cuidar de brotos e mudas
pra quando o amanhã chegar,
florescer e dar frutos bons.



Mas quanto àqueles meninos
com pai vivo
e mãe bulindo
todos ao relento dormindo
carentes do mesmo amor.



Poeta prosador
Vamos levá-los para a casa
o pai, a mãe, o filho, a filha
se temos toda a família
só falta o que lhes faltou.



Cantador
Para o cancionista
o amor é matéria-prima
ainda que não haja rima
e que eu até perca o tom
se não me faltar este dom
sobrosso nenhum restou.



Se o sobrosso é o medo
na linguagem nordestina
e é a Bíblia que ensina
que o amor é caridade
não será temeridade
pois Deus por sua bondade
um dia nos adotou.



Jesus seu Filho Unigênito
que agora é Filho Primeiro
correu risco verdadeiro
até a morte enfrentou.
Nele todo homem é filho
filho que Deus adotou,
nele Deus é filho adotivo de um homem
o qual digo agora o nome
José que Jacó gerou.


Roberto Diamanso
Citado no livro Uma Criança Os Guiará (Editora Ultimato, 2010).




Queridos, Seguem abaixo versículos que servem respectivamente de referência para os trechos do poema acima, Sejamos como os pequeninos (em inocência e pureza de coração), pois dos tais é o Reino dos Céus, não fiquemos vagando pelo mundo como ovelhas que não têm Pastor, Ouçamos a voz do nosso Querido Pastor (Deus), o qual nos comprou por bom preço, preço de sangue, o sangue do seu Filho Jesus (cujo é o caminho, a verdade e a vida) e é através dEle que nos tornamos filhos em adoção e recebemos a Liberdade, somos livres do pecado e não para pecar, lembremos deste Grande Amor, cujo Jesus deu sua vida pra salvar-nos, digamos a Deus: Eis-me aqui, envia-me a mim, pra que preguemos este amor a todos!

João 10; 14-16: Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas. Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor.

João 14; 6: Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

Mateus 6; 10: Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.

Mateus 18; 10 e 11: Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai que está nos céus. Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido.

Mateus 19; 6: Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.

Gênesis 2; 18: E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele.

1 Coríntios 6; 20: Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.
1 Coríntios 7; 23: Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens.

João 8; 36: Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.
Romanos 6; 20: Porque, quando éreis servos do pecado, estáveis livres da justiça.
1 Pedro 2; 16: Como livres, e não tendo a liberdade por cobertura da malícia, mas como servos de Deus.
Salmos 60; 5: Para que os teus amados sejam livres, salva-nos com a tua destra, e ouve-nos.

Salmos 128; 1-6: Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem. A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao SENHOR. O SENHOR te abençoará desde Sião, e tu verás o bem de Jerusalém em todos os dias da tua vida. E verás os filhos de teus filhos, e a paz sobre Israel.

Mateus 9; 36: E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas, porque andavam cansadas e desgarradas, como ovelhas que não têm pastor.

Isaías 6; 8: Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.

Mateus 7; 17: Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
Tiago 3; 17: Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.

1 Coríntios 13; 4-7: O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Romanos 8; 15: Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.
Efésios 1; 5: E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade.

João 3; 16: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla