Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


domingo, 31 de agosto de 2014

Quando o céu escurecer, Conte com Ele!

Daniel 2; 21 e 22: E ele muda os tempos e as estações; ele remove os reis e estabelece os reis; ele dá sabedoria aos sábios e conhecimento aos entendidos. Ele revela o profundo e o escondido; conhece o que está em trevas, e com ele mora a luz.




Estava fazendo um voo com um amigo que tenho e, a certa altura, ele chamou a minha atenção para o radar dizendo de alguns cuidados que deveríamos ter com algumas nuvens que apareciam: não podíamos entrar nelas, era importante evitá-las. E foi o que fizemos. As turbulências, além de serem desconfortáveis, também ocasionam perigos e transtornos que podem ser fatais.

Nem sempre o céu é de brigadeiro, límpido, azul anil. Nuvens escuras chegam de maneiras diferentes: a falta de dinheiro, a doença, um acidente, a dispensa do trabalho, o carro roubado, não passamos no concurso, o filho se envolveu com drogas, companhias suspeitas.

Fui visitar uma família e a dona da casa me disse que estava precisando de orações em seu favor, pois sofria de um câncer de mama. Lembro-me sempre que comigo tem acontecido também, tenho passado por nuvens escuras nestes 74 anos de vida. Nem tudo foi um lago calmo e plácido, um mar de rosas, ausência de problemas. Muitas pessoas me perguntam se eu não tenho problemas. A minha resposta é sempre sim. Sou frágil e fraco, sou um vaso de barro, sou um homem sujeito às circunstâncias. Estamos num mundo onde *grassa o pecado, temos terremotos, enchentes, atos de terrorismo, fome, desemprego, corrupção, ciclones, tsunamis. No mundo, passais por aflições, são palavras de Jesus em João 16; 33. As nuvens escuras chegam a qualquer momento.

*grassa: O verbo é grassar, que significa: alastrar-se,
desenvolver-se, espalhar, propagar-se progressivamente.


A experiência de Moisés é rica neste sentido:

Êxodo 19; 9 e 20; 21: E disse o SENHOR a Moisés: Eis que eu virei a ti numa nuvem escura, para que o povo ouça, falando eu contigo, e para que também te creiam eternamente. Porque Moisés tinha anunciado as palavras do seu povo ao SENHOR. E o povo estava em pé de longe. Moisés, porém, se chegou à nuvem escura, onde Deus estava.

Deus veio a Moisés na nuvem escura, Moisés entrou nela e Deus estava ali naquela nuvem escura.

O melhor de tudo é que Deus sempre estás presente na nuvem escura. Onde Ele está não há trevas, Ele é Luz. Depois do dilúvio Deus colocou o arco-íris nas nuvens:

Gênesis 9; 13 e 16: O meu arco tenho posto nas nuvens; este será por sinal da aliança entre mim e a terra. E estará o arco nas nuvens, e eu o verei, para me lembrar da aliança eterna entre Deus e toda a alma vivente de toda a carne, que está sobre a terra.

Deus transforma suas nuvens escuras em um lindo arco-íris. Conte com Ele!


Pare para meditar no que estudamos hoje:

2 Pedro 1; 19: E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, e a estrela da alva apareça em vossos corações. 


Oremos:

Senhor Deus,
Conforme a tua Palavra declara que o Senhor muda tempos e estações, clamo a ti para que venhas desfazer todas as nuvens escuras pelas quais tenho passado.
Recebe meu louvor e minha gratidão, em nome de Jesus. Amém!


Pastor Messias Anacleto Rosa



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 24 de agosto de 2014

Poema- QUEM É ELE?

Mas, que é esse de jeito assim cansado
que a sorrir percorre o nosso povoado?
Quem é ele que leva na viagem
um cofo com seu rancho
e a Bíblia com a mensagem?


Já o vi pelos rios, navegando alegre
e o encontro outras vezes em pensões de margem
com o povo bom, com o povo incréu
ele é sempre o mesmo, apontando o céu...

Quanta vez mal chegou e vai seguir além
levando seus tratados, com a mensagem do bem.
Canta e ensina ao povo, chora ao ver a dor
combate o pecado, mas transborda em amor!


Deixou atrás sua gente e o conforto alegre
da cidade festiva, cativante e viva
e veio ao nosso encontro
sem gáudio nem comendas,
a viver nosso drama, a desfazer nossa lenda...

De Deus nos fala e que autoridade!
De amor ensina o ideal que anima.
Quem é ele, afinal, conhece-lhe o sinal?


Uma Junta o mandou, dizem uns
outros protestam, pois contam sua vinda
como oferta de Deus, risonha e linda...
E ele vai feliz, abrindo seu caminho
escola veio dar, remédio receitar,
e prega o Salvador que liberta o mesquinho!


Distância ele não vê, calor jamais reclama.
Encarna em sua calma, o Deus bom que proclama,
a pergunta, no entanto, ainda está no ar:


     Mas quem é esse de jeito assim cansado
     que a sorrir percorre o nosso povoado?

É o missionário, amigo, a luz que o céu proclama
o arauto que o sertão veio tirar da chama,
sacando ao pecado, as almas vis, perdidas,
por Cristo, Salvador, Reconstrutor de vidas!
               Bendito sejas,
                             MISSIONÁRIO

David Gomes





Música- Enciende una Luz

Enciende una luz
Y dejala brillar
La luz de Jesus
Que brilla en todo lugar
No la puedes esconder
No te puedes callar
Ante tal necesidad
Enciende una luz
En la oscuridad


Como pues invocaran
A aquel en el cual no han creido
Y como creeran
En aquel de quien no han oido
Y como oiran
Si nadie les predica
Hermosos son los pies
De los que anuncian la paz
Las buenas nuevas de Jesus


Marcos Witt


Romanos 10; 14-18: Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas. Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. Mas digo: Porventura não ouviram? Sim, por certo, pois Por toda a terra saiu a voz deles, E as suas palavras até aos confins do mundo.


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 17 de agosto de 2014

Herodes, perseguidor dos Cristãos!



Atos 12; 1-18: E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja, para os maltratar; E matou à espada Tiago, irmão de João. E, vendo que isso agradara aos judeus, continuou, mandando prender também a Pedro. E eram os dias dos ázimos. E, havendo-o prendido, o encerrou na prisão, entregando-o a quatro quaternos de soldados, para que o guardassem, querendo apresentá-lo ao povo depois da páscoa. Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. E quando Herodes estava para o fazer comparecer, nessa mesma noite estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão. E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro na ilharga, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias. E disse-lhe o anjo: Cinge-te, e ata as tuas alparcas. E ele assim o fez. Disse-lhe mais: Lança às costas a tua capa, e segue-me. E, saindo, o seguia. E não sabia que era real o que estava sendo feito pelo anjo, mas cuidava que via alguma visão. E, quando passaram a primeira e segunda guardas, chegaram à porta de ferro, que dá para a cidade, a qual se lhes abriu por si mesma; e, tendo saído, percorreram uma rua, e logo o anjo se apartou dele. E Pedro, tornando a si, disse: Agora sei verdadeiramente que o Senhor enviou o seu anjo, e me livrou da mão de Herodes, e de tudo o que o povo dos judeus esperava. E, considerando ele nisto, foi à casa de Maria, mãe de João, que tinha por sobrenome Marcos, onde muitos estavam reunidos e oravam. E, batendo Pedro à porta do pátio, uma menina chamada Rode saiu a escutar; E, conhecendo a voz de Pedro, de gozo não abriu a porta, mas, correndo para dentro, anunciou que Pedro estava à porta. E disseram-lhe: Estás fora de ti. Mas ela afirmava que assim era. E diziam: É o seu anjo. Mas Pedro perseverava em bater e, quando abriram, viram-no, e se espantaram. E acenando-lhes ele com a mão para que se calassem, contou-lhes como o Senhor o tirara da prisão, e disse: Anunciai isto a Tiago e aos irmãos. E, saindo, partiu para outro lugar. E, sendo já dia, houve não pouco alvoroço entre os soldados sobre o que seria feito de Pedro.


Queridos, hoje vamos relembrar 2 assuntos que também tem correlação com o texto estudado nessa semana, porém o foco será mais em um deles, vamos ver qual é:

·        Observemos que em alguns estudos anteriores vimos que o Senhor dá ordens aos seus anjos para servirem aos seus servos, ou seja, eles são conservos do povo de Deus; pois bem, neste assunto vemos mais uma vez a intervenção e interação direta de um anjo do Senhor para libertar Pedro do cárcere, pois o plano de Herodes era matá-lo e não o plano de Deus pra a vida de Pedro (Vide Estudo sobre as 3 Negativas de Pedro). Como sempre enfatizo: O Senhor chega primeiro!

Na Sagrada Escritura, vemos vários exemplos de como proceder ao interceder/orar (individualmente ou coletivamente), para que o Senhor ouça o clamor do seu povo e aja em nosso favor; como os irmãos fizeram na Casa da mãe de João Marcos (não podiam ir para as sinagogas senão seriam presos), estavam reunidos e fazendo contínua oração por Pedro:

Tiago 5; 16: Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.

Atos 4; 31: E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.

Atos 2; 46: E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração.

Salmos 34; 18: Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito.

Salmos 51; 17: Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.

Jeremias 33; 3: Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes.

1 Tessalonicenses 5; 17: Orai sem cessar.

2 Crônicas 6; 40: Agora, pois, ó meu Deus, estejam os teus olhos abertos, e os teus ouvidos atentos à oração deste lugar.


·        Outro aspecto intrínseco é a presença e atuação de Herodes neste fato; pra quem não lembra, a ordem de degolar João Batista veio dele (mesmo que sem intenção dele e sim de Herodias), bem como a de perseguir os recém-nascidos para matá-los, pois pensava que o Reino do Senhor Jesus seria neste mundo e que iria tomar a sua coroa.

Não se engane, Herodes perseguiu, açoitou, maltratou e matou muitos cristãos (Ex.: Tiago, morto à espada), bem como o próprio Cristo sendo ainda recém-nascido, foi perseguido e outros bebês morreram por ordem de Herodes cujo tinha sede do sangue do cordeiro (Esse ainda não era o momento de ser vertido o Sangue de Cristo, ainda tinha de fazer tudo que o Deus ordenou para Seu Nome ser Glorificado, pois se sua Palavra não volta vazia sem ter feito o que lhe apraz, quanto mais seu Filho ascenderia ao céu sem glória? Não!); portanto o que nos faria pensar que ele mudou pouco antes da crucificação? Ele e Pilatos apenas não queriam se responsabilizar por tal ato. É claro que Deus já sabia de tudo que aconteceria, pois Ele conhece os corações e sabe quem O ama realmente, quem persegue seu povo e quem é duvidoso de caráter e irá traí-lo (Ex.: Judas Iscariotes).  

Isaías 55; 11: Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.

Lucas 24; 50-53: A ascensão
E levou-os fora, até Betânia; e, levantando as suas mãos, os abençoou. E aconteceu que, abençoando-os ele, se apartou deles e foi elevado ao céu. E, adorando-o eles, tornaram com grande júbilo para Jerusalém. E estavam sempre no templo, louvando e bendizendo a Deus. Amém.






Lucas 23; 1-25: E, levantando-se toda a multidão deles, o levaram a Pilatos. E começaram a acusá-lo, dizendo: Havemos achado este pervertendo a nossa nação, proibindo dar o tributo a César, e dizendo que ele mesmo é Cristo, o rei. E Pilatos perguntou-lhe, dizendo: Tu és o Rei dos Judeus? E ele, respondendo, disse-lhe: Tu o dizes. E disse Pilatos aos principais dos sacerdotes, e à multidão: Não acho culpa alguma neste homem. Mas eles insistiam cada vez mais, dizendo: Alvoroça o povo ensinando por toda a Judéia, começando desde a Galiléia até aqui. Então Pilatos, ouvindo falar da Galiléia perguntou se aquele homem era galileu. E, sabendo que era da jurisdição de Herodes, remeteu-o a Herodes, que também naqueles dias estava em Jerusalém. E Herodes, quando viu a Jesus, alegrou-se muito; porque havia muito que desejava vê-lo, por ter ouvido dele muitas coisas; e esperava que lhe veria fazer algum sinal. E interrogava-o com muitas palavras, mas ele nada lhe respondia. E estavam os principais dos sacerdotes, e os escribas, acusando-o com grande veemência. E Herodes, com os seus soldados, desprezou-o e, escarnecendo dele, vestiu-o de uma roupa resplandecente e tornou a enviá-lo a Pilatos. E no mesmo dia, Pilatos e Herodes entre si se fizeram amigos; pois dantes andavam em inimizade um com o outro. E, convocando Pilatos os principais dos sacerdotes, e os magistrados, e o povo, Disse-lhes: Haveis-me apresentado este homem como pervertedor do povo; e eis que, examinando-o na vossa presença, nenhuma culpa, das de que o acusais, acho neste homem. Nem mesmo Herodes, porque a ele vos remeti, e eis que não tem feito coisa alguma digna de morte. Castigá-lo-ei, pois, e soltá-lo-ei. E era-lhe necessário soltar-lhes um pela festa. Mas toda a multidão clamou a uma, dizendo: Fora daqui com este, e solta-nos Barrabás. O qual fora lançado na prisão por causa de uma sedição feita na cidade, e de um homicídio. Falou, pois, outra vez Pilatos, querendo soltar a Jesus. Mas eles clamavam em contrário, dizendo: Crucifica-o, crucifica-o. Então ele, pela terceira vez, lhes disse: Mas que mal fez este? Não acho nele culpa alguma de morte. Castigá-lo-ei pois, e soltá-lo-ei. Mas eles instavam com grandes gritos, pedindo que fosse crucificado. E os seus gritos, e os dos principais dos sacerdotes, redobravam. Então Pilatos julgou que devia fazer o que eles pediam. E soltou-lhes o que fora lançado na prisão por uma sedição e homicídio, que era o que pediam; mas entregou Jesus à vontade deles.

Mateus 27; 11-26: E foi Jesus apresentado ao presidente, e o presidente o interrogou, dizendo: És tu o Rei dos Judeus? E disse-lhe Jesus: Tu o dizes. E, sendo acusado pelos príncipes dos sacerdotes e pelos anciãos, nada respondeu. Disse-lhe então Pilatos: Não ouves quanto testificam contra ti? E nem uma palavra lhe respondeu, de sorte que o presidente estava muito maravilhado. Ora, por ocasião da festa, costumava o presidente soltar um preso, escolhendo o povo aquele que quisesse. E tinham então um preso bem conhecido, chamado Barrabás. Portanto, estando eles reunidos, disse-lhes Pilatos: Qual quereis que vos solte? Barrabás, ou Jesus, chamado Cristo? Porque sabia que por inveja o haviam entregado. E, estando ele assentado no tribunal, sua mulher mandou-lhe dizer: Não entres na questão desse justo, porque num sonho muito sofri por causa dele. Mas os príncipes dos sacerdotes e os anciãos persuadiram à multidão que pedisse Barrabás e matasse Jesus. E, respondendo o presidente, disse-lhes: Qual desses dois quereis vós que eu solte? E eles disseram: Barrabás. Disse-lhes Pilatos: Que farei então de Jesus, chamado Cristo? Disseram-lhe todos: Seja crucificado. O presidente, porém, disse: Mas que mal fez ele? E eles mais clamavam, dizendo: Seja crucificado. Então Pilatos, vendo que nada aproveitava, antes o tumulto crescia, tomando água, lavou as mãos diante da multidão, dizendo: Estou inocente do sangue deste justo. Considerai isso. E, respondendo todo o povo, disse: O seu sangue caia sobre nós e sobre nossos filhos. Então soltou-lhes Barrabás, e, tendo mandado açoitar a Jesus, entregou-o para ser crucificado.



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

domingo, 10 de agosto de 2014

Poema- AMOR DE PAI

O amor de pai é indiscutível:
mão calejada, camisa suada,
pressa, canseira, doação;
o pai é avalista dos erros na contramão.


O amor de pai é visível:
joelhos dobrados,
prece escondida,
braços abertos,
olhar de ternura,
perdão.


Pai é alguém muito especial:
produtor, diretor,
ator, figurante do filme, ao vivo, em cores,
com o roteiro da vida escrito.

Ivonte Boechat



Êxodo 20; 12: Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá.

Lucas 11; 11-13: E qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente? Ou, também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?




Feliz Dia dos Pais a todos os pais, Especialmente ao meu Pai (Jesiel) e meu Avô Materno (Luiz); bem como ao meu irmão Eric, por seu primeiro Dia dos Pais!

AMO VOCÊS!!!


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

lunes, 4 de agosto de 2014

Presentes para Jesus!



Queridos, o nascimento de Jesus foi muito esperado, e os 3 magos do Oriente viajaram por muitos dias seguindo a estrela que mostrou onde Ele nascera, Belém da Judéia, pois queriam conhecer o Salvador para poder adorá-lo.

Porém Herodes não gostou da notícia e tentou enganar os magos para saber o paradeiro do menino Jesus, cujo fingiu querer adorá-lo também, no entanto sua intenção era matá-lo, pois pensava que Jesus iria reinar em seu lugar. Como sabemos, o reino dEle não é neste mundo.
Como Herodes não conseguiu encontrar Jesus, pois os magos não passaram por ele e voltaram por outro caminho; então ele mandou que matassem todos os meninos até 2 anos de idade (de Belém e contornos); já que ele não O pode encontrar, pois Deus chegou primeiro e mandou José levar Jesus e a mãe para o Egito até que fosse seguro voltar para Israel. Após a morte de Herodes, o anjo do Senhor avisou novamente a José que já poderia voltar para Israel, porém, eles tinham que ir para Nazaré na Galiléia, pois o filho de Herodes reinava na Judéia. 

Creio que se recordam do que falamos semana passada? Quem lembrou, fico feliz, porém pra quem não lembrou ou ainda não leu: Falamos dos anjos do Senhor.
Pois é, no assunto dessa semana também vemos vários momentos que o Senhor revela algo através de sonhos e do serviço dos seus anjos:

Mateus 1; 18-23: Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do Espírito Santo. Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que t traduzido é: Deus conosco.

Mateus 2; 1-23: E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo. E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se, e toda Jerusalém com ele. E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo. E eles lhe disseram: Em Belém de Judéia; porque assim está escrito pelo profeta: E tu, Belém, terra de Judá, De modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá; Porque de ti sairá o Guia Que há de apascentar o meu povo de Israel. Então Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exatamente deles acerca do tempo em que a estrela lhes aparecera. E, enviando-os a Belém, disse: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino e, quando o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore. E, tendo eles ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela, que tinham visto no oriente, ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino. E, vendo eles a estrela, regozijaram-se muito com grande alegria. E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra. E, sendo por divina revelação avisados em sonhos para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para a sua terra por outro caminho. E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José em sonhos, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar. E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito. E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho. Então Herodes, vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito, e mandou matar todos os meninos que havia em Belém, e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos. Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias, que diz: Em Ramá se ouviu uma voz, Lamentação, choro e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, E não querendo ser consolada, porque já não existem. Morto, porém, Herodes, eis que o anjo do SENHOR apareceu num sonho a José no Egito, Dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel; porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino. Então ele se levantou, e tomou o menino e sua mãe, e foi para a terra de Israel. E, ouvindo que Arquelau reinava na Judéia em lugar de Herodes, seu pai, receou ir para lá; mas avisado em sonhos, por divina revelação, foi para as partes da Galiléia. E chegou, e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno.


Amados, observemos os presentes que Jesus recebeu após nascer, cada um tem um objetivo específico conforme suas características relacionadas com a identidade de Cristo:

·        Ouro: Presente que se dava ao Rei;

João 8; 23: E dizia-lhes: Vós sois de baixo, eu sou de cima; vós sois deste mundo, eu não sou deste mundo.

João 18; 36: Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui.


·        Incenso: Oferecido a Deus;

Êxodo 30; 1, 7-10: E farás um altar para queimar o incenso; de madeira de acácia o farás. E Arão sobre ele queimará o incenso das especiarias; cada manhã, quando puser em ordem as lâmpadas, o queimará. E, acendendo Arão as lâmpadas à tarde, o queimará; este será incenso contínuo perante o SENHOR pelas vossas gerações. Não oferecereis sobre ele incenso estranho, nem holocausto, nem oferta; nem tampouco derramareis sobre ele libações. E uma vez no ano Arão fará expiação sobre as suas pontas com o sangue do sacrifício das expiações; uma vez no ano fará expiação sobre ele pelas vossas gerações; santíssimo é ao SENHOR.


·        Mirra: Especiaria usada para ungir o corpo a ser sepultado (prenúncio de sua morte).

Salmos 45; 8: Todas as tuas vestes cheiram a mirra e aloés e cássia, desde os palácios de marfim de onde te alegram.

Os 3 magos/astrólogos (homens que estudavam as estrelas) o adoraram por quem Ele é!

Cada circunstância descrita na Bíblia teve um propósito específico, portanto se hoje alguém quisesse dar os mesmos presentes ao Senhor Jesus, não teria valor algum. A melhor forma de demonstrar a Ele a gratidão que há em nossos corações é entregando nossas vidas à Ele.

Salmos 116; 12: Que darei eu ao SENHOR, por todos os benefícios que me tem feito?

Salmos 37; 5: Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará.


Ele está batendo a porta do teu coração, você abrirá pra que Ele entre?

Apocalipses 3; 20: Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.



Obs.: Prezados, peço que continuem orando por mim e por esta obra, uma vez que o inimigo de nossas almas não descansa enquanto não consegue atrapalhar a Obra do Senhor, pois é, foi isso que aconteceu pra que eu não pudesse concluir a postagem até ontem, algo ocorreu pra impossibilitar o envio deste estudo. Desde já, vos Agradeço!


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla