Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


sábado, 7 de julio de 2012

Poema- A PALAVRA


Esta Palavra de expressão maior
Que traz à tona toda autoridade
Que se apresenta com força e poder
É a Palavra do Deus da Verdade

Esta Palavra que alumia os olhos
Do entendimento de quem se deixar
Ser conduzido pelos seus ensinos
É a Palavra que o transformará

Esta Palavra perfeita, infinita
Que está escrita na Bíblia Sagrada
É a Palavra do Consolador
Que deve estar no cristão, guardada

Oh! Que Palavra que lavra na gente
Boa semente de luz e de fé
Esta Palavra em nós certamente
É o pão vivo que nos põe de pé.

Abdias Campos


A Bíblia é a Palavra que produz Vida, pois é a Palavra do Deus VIVO!

Salmos 119; 1-176:
Alef.
Bem-aventurados os retos em seus caminhos, que andam na lei do SENHOR. Bem-aventurados os que guardam os seus testemunhos, e que o buscam com todo o coração. E não praticam iniquidade, mas andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus mandamentos, para que diligentemente os observássemos. Quem dera que os meus caminhos fossem dirigidos a observar os teus mandamentos. Então não ficaria confundido, atentando eu para todos os teus mandamentos. Louvar-te-ei com retidão de coração quando tiver aprendido os teus justos juízos. Observarei os teus estatutos; não me desampares totalmente.
Bet.
Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra. Com todo o meu coração te busquei; não me deixes desviar dos teus mandamentos. Escondi a tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti. Bendito és tu, ó SENHOR; ensina-me os teus estatutos. Com os meus lábios declarei todos os juízos da tua boca. Folguei tanto no caminho dos teus testemunhos, como em todas as riquezas. Meditarei nos teus preceitos, e terei respeito aos teus caminhos. Recrear-me-ei nos teus estatutos; não me esquecerei da tua palavra.
Guímel.
Faze bem ao teu servo, para que viva e observe a tua palavra. Abre tu os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua lei. Sou peregrino na terra; não escondas de mim os teus mandamentos. A minha alma está quebrantada de desejar os teus juízos em todo o tempo. Tu repreendeste asperamente os soberbos que são amaldiçoados, que se desviam dos teus mandamentos. Tira de sobre mim o opróbrio e o desprezo, pois guardei os teus testemunhos. Príncipes também se assentaram, e falaram contra mim, mas o teu servo meditou nos teus estatutos. Também os teus testemunhos são o meu prazer e os meus conselheiros.
Dálet.
A minha alma está pegada ao pó; vivifica-me segundo a tua palavra. Eu te contei os meus caminhos, e tu me ouviste; ensina-me os teus estatutos. Faze-me entender o caminho dos teus preceitos; assim falarei das tuas maravilhas. A minha alma consome-se de tristeza; fortalece-me segundo a tua palavra. Desvia de mim o caminho da falsidade, e concede-me piedosamente a tua lei. Escolhi o caminho da verdade; propus-me seguir os teus juízos. Apego-me aos teus testemunhos; ó SENHOR, não me confundas. Correrei pelo caminho dos teus mandamentos, quando dilatares o meu coração.
He.
Ensina-me, ó SENHOR, o caminho dos teus estatutos, e guardá-lo-ei até o fim. Dá-me entendimento, e guardarei a tua lei, e observá-la-ei de todo o meu coração. Faze-me andar na vereda dos teus mandamentos, porque nela tenho prazer. Inclina o meu coração aos teus testemunhos, e não à cobiça. Desvia os meus olhos de contemplarem a vaidade, e vivifica-me no teu caminho. Confirma a tua palavra ao teu servo, que é dedicado ao teu temor. Desvia de mim o opróbrio que temo, pois os teus juízos são bons. Eis que tenho desejado os teus preceitos; vivifica-me na tua justiça.
Vav.
Venham sobre mim também as tuas misericórdias, ó SENHOR, e a tua salvação segundo a tua palavra. Assim terei que responder ao que me afronta, pois confio na tua palavra. E não tires totalmente a palavra de verdade da minha boca, pois tenho esperado nos teus juízos. Assim observarei de continuo a tua lei para sempre e eternamente. E andarei em liberdade; pois busco os teus preceitos. Também falarei dos teus testemunhos perante os reis, e não me envergonharei. E recrear-me-ei em teus mandamentos, que tenho amado. Também levantarei as minhas mãos para os teus mandamentos, que amei, e meditarei nos teus estatutos.
Záin.
Lembra-te da palavra dada ao teu servo, na qual me fizeste esperar. Isto é a minha consolação na minha aflição, porque a tua palavra me vivificou. Os soberbos zombaram grandemente de mim; contudo não me desviei da tua lei. Lembrei-me dos teus juízos antiquíssimos, ó SENHOR, e assim me consolei. Grande indignação se apoderou de mim por causa dos ímpios que abandonam a tua lei. Os teus estatutos têm sido os meus cânticos na casa da minha peregrinação. Lembrei-me do teu nome, ó SENHOR, de noite, e observei a tua lei. Isto fiz eu, porque guardei os teus mandamentos.
Het.
O SENHOR é a minha porção; eu disse que observaria as tuas palavras. Roguei deveras o teu favor com todo o meu coração; tem piedade de mim, segundo a tua palavra. Considerei os meus caminhos, e voltei os meus pés para os teus testemunhos. Apressei-me, e não me detive, a observar os teus mandamentos. Bandos de ímpios me despojaram, mas eu não me esqueci da tua lei. À meia noite me levantarei para te louvar, pelos teus justos juízos. Companheiro sou de todos os que te temem e dos que guardam os teus preceitos. A terra, ó SENHOR, está cheia da tua benignidade; ensina-me os teus estatutos.
Tet.
Fizeste bem ao teu servo, SENHOR, segundo a tua palavra. Ensina-me bom juízo e ciência, pois cri nos teus mandamentos. Antes de ser afligido andava errado; mas agora tenho guardado a tua palavra. Tu és bom e fazes bem; ensina-me os teus estatutos. Os soberbos forjaram mentiras contra mim; mas eu com todo o meu coração guardarei os teus preceitos. Engrossa-se-lhes o coração como gordura, mas eu me recreio na tua lei. Foi-me bom ter sido afligido, para que aprendesse os teus estatutos. Melhor é para mim a lei da tua boca do que milhares de ouro ou prata.
Iód.
As tuas mãos me fizeram e me formaram; dá-me inteligência para entender os teus mandamentos. Os que te temem alegraram-se quando me viram, porque tenho esperado na tua palavra. Bem sei eu, ó SENHOR, que os teus juízos são justos, e que segundo a tua fidelidade me afligiste. Sirva pois a tua benignidade para me consolar, segundo a palavra que deste ao teu servo. Venham sobre mim as tuas misericórdias, para que viva, pois a tua lei é a minha delícia. Confundam-se os soberbos, pois me trataram duma maneira perversa, sem causa; mas eu meditarei nos teus preceitos. Voltem-se para mim os que te temem, e aqueles que têm conhecido os teus testemunhos. Seja reto o meu coração nos teus estatutos, para que não seja confundido.
Cáf.
Desfalece a minha alma pela tua salvação, mas espero na tua palavra. Os meus olhos desfalecem pela tua palavra; entrementes dizia: Quando me consolarás tu? Pois estou como odre na fumaça; contudo não me esqueço dos teus estatutos. Quantos serão os dias do teu servo? Quando me farás justiça contra os que me perseguem? Os soberbos me cavaram covas, o que não é conforme a tua lei. Todos os teus mandamentos são verdade. Com mentiras me perseguem; ajuda-me. Quase que me têm consumido sobre a terra, mas eu não deixei os teus preceitos. Vivifica-me segundo a tua benignidade; assim guardarei o testemunho da tua boca.
Lámed.
Para sempre, ó SENHOR, a tua palavra permanece no céu. A tua fidelidade dura de geração em geração; tu firmaste a terra, e ela permanece firme. Eles continuam até ao dia de hoje, segundo as tuas ordenações; porque todos são teus servos. Se a tua lei não fora toda a minha recreação, há muito que pereceria na minha aflição. Nunca me esquecerei dos teus preceitos; pois por eles me tens vivificado. Sou teu, salva-me; pois tenho buscado os teus preceitos. Os ímpios me esperam para me destruírem, mas eu considerarei os teus testemunhos. Tenho visto fim a toda a perfeição, mas o teu mandamento é amplíssimo.
Mem.
Oh! quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia. Tu, pelos teus mandamentos, me fazes mais sábio do que os meus inimigos; pois estão sempre comigo. Tenho mais entendimento do que todos os meus mestres, porque os teus testemunhos são a minha meditação. Entendo mais do que os antigos; porque guardo os teus preceitos. Desviei os meus pés de todo caminho mau, para guardar a tua palavra. Não me apartei dos teus juízos, pois tu me ensinaste. Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca. Pelos teus mandamentos alcancei entendimento; por isso odeio todo falso caminho.
Nun.
Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho. Jurei, e o cumprirei, que guardarei os teus justos juízos. Estou aflitíssimo; vivifica-me, ó SENHOR, segundo a tua palavra. Aceita, eu te rogo, as oferendas voluntárias da minha boca, ó SENHOR; ensina-me os teus juízos. A minha alma está de contínuo nas minhas mãos; todavia não me esqueço da tua lei. Os ímpios me armaram laço; contudo não me desviei dos teus preceitos. Os teus testemunhos tenho eu tomado por herança para sempre, pois são o gozo do meu coração. Inclinei o meu coração a guardar os teus estatutos, para sempre, até ao fim.
Sámech.
Odeio os pensamentos vãos, mas amo a tua lei. Tu és o meu refúgio e o meu escudo; espero na tua palavra. Apartai-vos de mim, malfeitores, pois guardarei os mandamentos do meu Deus. Sustenta-me conforme a tua palavra, para que viva, e não me deixes envergonhado da minha esperança. Sustenta-me, e serei salvo, e de contínuo terei respeito aos teus estatutos. Tu tens pisado aos pés todos os que se desviam dos teus estatutos, pois o engano deles é falsidade. Tu tiraste da terra todos os ímpios, como a escória, por isso amo os teus testemunhos. O meu corpo se arrepiou com temor de ti, e temi os teus juízos.
Aín.
Fiz juízo e justiça; não me entregues aos meus opressores. Fica por fiador do teu servo para o bem; não deixes que os soberbos me oprimam. Os meus olhos desfaleceram pela tua salvação e pela promessa da tua justiça. Usa com o teu servo segundo a tua benignidade, e ensina-me os teus estatutos. Sou teu servo; dá-me inteligência, para entender os teus testemunhos. Já é tempo de operares, ó SENHOR, pois eles têm quebrantado a tua lei. Por isso amo os teus mandamentos mais do que o ouro, e ainda mais do que o ouro fino. Por isso estimo todos os teus preceitos acerca de tudo, como retos, e odeio toda falsa vereda.
Pe.
Maravilhosos são os teus testemunhos; portanto, a minha alma os guarda. A entrada das tuas palavras dá luz, dá entendimento aos símplices. Abri a minha boca, e respirei, pois que desejei os teus mandamentos. Olha para mim, e tem piedade de mim, conforme usas com os que amam o teu nome. Ordena os meus passos na tua palavra, e não se apodere de mim iniquidade alguma. Livra-me da opressão do homem; assim guardarei os teus preceitos. Faze resplandecer o teu rosto sobre o teu servo, e ensina-me os teus estatutos. Rios de águas correm dos meus olhos, porque não guardam a tua lei.
Tsádi.
Justo és, ó SENHOR, e retos são os teus juízos. Os teus testemunhos que ordenaste são retos e muito fiéis. O meu zelo me consumiu, porque os meus inimigos se esqueceram da tua palavra. A tua palavra é muito pura; portanto, o teu servo a ama. Pequeno sou e desprezado, porém não me esqueço dos teus mandamentos. A tua justiça é uma justiça eterna, e a tua lei é a verdade. Aflição e angústia se apoderam de mim; contudo os teus mandamentos são o meu prazer. A justiça dos teus testemunhos é eterna; dá-me inteligência, e viverei.
Cof.
Clamei de todo o meu coração; escuta-me, SENHOR, e guardarei os teus estatutos. A ti te invoquei; salva-me, e guardarei os teus testemunhos. Antecipei o cair da noite, e clamei; esperei na tua palavra. Os meus olhos anteciparam as vigílias da noite, para meditar na tua palavra. Ouve a minha voz, segundo a tua benignidade; vivifica-me, ó SENHOR, segundo o teu juízo. Aproximam-se os que se dão a maus tratos; afastam-se da tua lei. Tu estás perto, ó SENHOR, e todos os teus mandamentos são a verdade. Acerca dos teus testemunhos soube, desde a antiguidade, que tu os fundaste para sempre.
Reish.
Olha para a minha aflição, e livra-me, pois não me esqueci da tua lei. Pleiteia a minha causa, e livra-me; vivifica-me segundo a tua palavra. A salvação está longe dos ímpios, pois não buscam os teus estatutos. Muitas são, ó SENHOR, as tuas misericórdias; vivifica-me segundo os teus juízos. Muitos são os meus perseguidores e os meus inimigos; mas não me desvio dos teus testemunhos. Vi os transgressores, e me afligi, porque não observam a tua palavra. Considera como amo os teus preceitos; vivifica-me, ó SENHOR, segundo a tua benignidade. A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre.
Shin.
Príncipes me perseguiram sem causa, mas o meu coração temeu a tua palavra. Folgo com a tua palavra, como aquele que acha um grande despojo. Abomino e odeio a mentira; mas amo a tua lei. Sete vezes no dia te louvo pelos juízos da tua justiça. Muita paz têm os que amam a tua lei, e para eles não há tropeço. SENHOR, tenho esperado na tua salvação, e tenho cumprido os teus mandamentos. A minha alma tem observado os teus testemunhos; amo-os excessivamente. Tenho observado os teus preceitos, e os teus testemunhos, porque todos os meus caminhos estão diante de ti.
Tav.
Chegue a ti o meu clamor, ó SENHOR; dá-me entendimento conforme a tua palavra. Chegue a minha súplica perante a tua face; livra-me segundo a tua palavra. Os meus lábios proferiram o louvor, quando me ensinaste os teus estatutos. A minha língua falará da tua palavra, pois todos os teus mandamentos são justiça. Venha a tua mão socorrer-me, pois escolhi os teus preceitos. Tenho desejado a tua salvação, ó SENHOR; a tua lei é todo o meu prazer. Viva a minha alma, e louvar-te-á; ajudem-me os teus juízos. Desgarrei-me como a ovelha perdida; busca o teu servo, pois não me esqueci dos teus mandamentos.


Provérbios 3; 1-3: Filho meu, não te esqueças da minha lei, e o teu coração guarde os meus mandamentos. Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz. Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração.

Provérbios 7; 1-3: Filho meu, guarda as minhas palavras, e esconde dentro de ti os meus mandamentos. Guarda os meus mandamentos e vive; e a minha lei, como a menina dos teus olhos. Ata-os aos teus dedos, escreve-os na tábua do teu coração.

Provérbios 2; 1-5: Filho meu, se aceitares as minhas palavras, e esconderes contigo os meus mandamentos, Para fazeres o teu ouvido atento à sabedoria; e inclinares o teu coração ao entendimento; Se clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz, Se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares, Então entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus.

Mateus 13; 44: Também o reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo, que um homem achou e escondeu; e, pelo gozo dele, vai, vende tudo quanto tem, e compra aquele campo.

Provérbios 4; 13 e 23: Apega-te à instrução e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida. Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.

Salmos 40; 7-10: Então disse: Eis aqui venho; no rolo do livro de mim está escrito. Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração. Preguei a justiça na grande congregação; eis que não retive os meus lábios, SENHOR, tu o sabes. Não escondi a tua justiça dentro do meu coração; apregoei a tua fidelidade e a tua salvação. Não escondi da grande congregação a tua benignidade e a tua verdade.

Romanos 10; 8-11: Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido.

Tiago 1; 22-27: E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era. Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecidiço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito. Se alguém entre vós cuida ser religioso, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a religião desse é vã. A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.

Salmos 1; 1 e 2: Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.

Marcos 12; 30: Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento.

Eclesiastes 12; 1: Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento.

1 João 4; 15: Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus.


A Palavra de Deus por si só já se explica, nem é necessário falar muito sobre os versículos acima citados, pois são autoexplicativos, e na ordem que os expus, já entram em contexto e completam um ao outro. A Bíblia é um livro lindo e maravilhoso (Josué 1; 8: Não se aparte da tua boca o livro desta lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.), que temos o privilégio de lê-la na companhia do autor, o qual nos faz entender o que nela contém e contextualizá-la para a realidade que vivemos, para as necessidades que temos, Ela foi escrita a muitos anos, porém os seus assuntos são sempre atuais e nunca será obsoleta e muito menos uma utopia, ela produz vida (Hebreus 4; 12: Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.) por que, nela encontramos respostas para todos os questionamentos humanos e nos aproxima de Deus (Ele é o pão da vida – João 6; 35: E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede.); pois Deus em sua onisciência já sabia o que nos angustiaria, afligira, afrontaria,... mesmo em tempos diferentes, com tecnologias avançadas ou sem elas, Ele É e sempre Será Deus, e tudo está no controle de suas mãos, pois com tantos avanços que vemos, ainda há coisas que a humanidade não tem respostas (não compreendem) e que Ele não permite que tenhamos acesso, pois conhece a estrutura do ser humano e sabe o que irá suportar (saber, conhecer, conviver) a ponto de não alucinar/alienar, como podemos comparar com pessoas que usam drogas, nem sempre estão no estado mental e psicológico equilibrado, imagine se fosse uma grande parte da população terrestre ou toda ela, provavelmente ninguém mais existisse.

Não tente usar a Bíblia para provar teorias errôneas ou pra confrontá-la (1 Coríntios 2; 14 e 15: Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.), pois ao lê-la você irá cada dia mais ter vontade de ler muito mais, e se você já a leu toda uma vez, recomece, pois com o tempo, com as experiências, a maturidade espiritual que fores adquirindo, você irá ler os mesmos textos e terá outras percepções que não teve na primeira vez que leu, sem falar que ela é nova a cada manhã, ou seja, ela sempre se atualiza mesmo sem ter alterações nem novas inserções (não é necessário, pois nela mesma vemos que não podemos tira ou acrescentar nem um til- Mateus 5; 18: Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.)


Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

No hay comentarios.: