Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


sábado, 14 de julio de 2012

Isaque como holocausto - A FÉ de Abraão

Isaque como holocausto = Um Tipo de Cristo


Gênesis 22; 1-19: Deus manda Abraão matar seu filho Isaque
E aconteceu depois destas coisas, que provou Deus a Abraão, e disse-lhe: Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. E disse: Toma agora o teu filho, o teu único filho, Isaque, a quem amas, e vai-te à terra de Moriá, e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas, que eu te direi. Então se levantou Abraão pela manhã de madrugada, e albardou o seu jumento, e tomou consigo dois de seus moços e Isaque seu filho; e cortou lenha para o holocausto, e levantou-se, e foi ao lugar que Deus lhe dissera. Ao terceiro dia levantou Abraão os seus olhos, e viu o lugar de longe. E disse Abraão a seus moços: Ficai-vos aqui com o jumento, e eu e o moço iremos até ali; e havendo adorado, tornaremos a vós. E tomou Abraão a lenha do holocausto, e pô-la sobre Isaque seu filho; e ele tomou o fogo e o cutelo na sua mão, e foram ambos juntos. Então falou Isaque a Abraão seu pai, e disse: Meu pai! E ele disse: Eis-me aqui, meu filho! E ele disse: Eis aqui o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto? E disse Abraão: Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho. Assim caminharam ambos juntos. E chegaram ao lugar que Deus lhe dissera, e edificou Abraão ali um altar e pós em ordem a lenha, e amarrou a Isaque seu filho, e deitou-o sobre o altar em cima da lenha. E estendeu Abraão a sua mão, e tomou o cutelo para imolar o seu filho; Mas o anjo do SENHOR lhe bradou desde os céus, e disse: Abraão, Abraão! E ele disse: Eis-me aqui. Então disse: Não estendas a tua mão sobre o moço, e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus, e não me negaste o teu filho, o teu único filho. Então levantou Abraão os seus olhos e olhou; e eis um carneiro detrás dele, travado pelos seus chifres, num mato; e foi Abraão, e tomou o carneiro, e ofereceu-o em holocausto, em lugar de seu filho. E chamou Abraão o nome daquele lugar: O SENHOR PROVERA; donde se diz até ao dia de hoje: No monte do SENHOR se proverá. Então o anjo do SENHOR bradou a Abraão pela segunda vez desde os céus. E disse: Por mim mesmo jurei, diz o SENHOR: Porquanto fizeste esta ação, e não me negaste o teu filho, o teu único filho, Que deveras te abençoarei, e grandissimamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus, e como a areia que está na praia do mar; e a tua descendência possuirá a porta dos seus inimigos; E em tua descendência serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste à minha voz. Então Abraão tornou aos seus moços, e levantaram-se, e foram juntos para Berseba; e Abraão habitou em Berseba.


Queridos, observemos que Deus prova a Fé de Abraão concernente ao seu único filho (Isaque), cuja existência havia sido um milagre concedido por Ele após promessas (o menino era o filho da velhice de Sara e Abraão; quando Isaque nascera, eram de 90 e 100 anos respectivamente); então Deus pede a Abraão que sacrifique aquele a quem ama, e ele não hesitou e nem questionou a Deus, pois confiava (tinha fé) nEle, creio que ele pensava que haveria um propósito para esta situação e que Deus não lhe permitiria tirar a vida do seu único filho, e mesmo que isso acontecesse, ele cria que Deus poderia ressuscitá-lo, pois muito antes de Isaque nascer e quando ainda se chamava Abrão, Deus já lhe havia feito promessas de que dele nasceria uma grande nação, ou seja, podemos entender isto quando Abraão diz aos moços: tornaremos a vós; ora, se só subiram ao monte Abraão e Isaque, então ambos voltariam até eles e tornariam todos juntos para Berseba. Abraão creu e Deus o honrou!

Gênesis 12; 2: Deus chama Abrão e lhe faz promessas
E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.

Gênesis 15; 1-6: Deus anima a Abrão e promete-lhe um filho
Depois destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão. Então disse Abrão: Senhor DEUS, que me hás de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa é o damasceno Eliézer? Disse mais Abrão: Eis que não me tens dado filhos, e eis que um nascido na minha casa será o meu herdeiro. E eis que veio a palavra do SENHOR a ele dizendo: Este não será o teu herdeiro; mas aquele que de tuas entranhas sair, este será o teu herdeiro. Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência. E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça.

Gênesis 17; 1-10: Deus muda o nome de Abrão
Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o SENHOR a Abrão, e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso, anda em minha presença e sê perfeito. E porei a minha aliança entre mim e ti, e te multiplicarei grandissimamente. Então caiu Abrão sobre o seu rosto, e falou Deus com ele, dizendo: Quanto a mim, eis a minha aliança contigo: serás o pai de muitas nações; E não se chamará mais o teu nome Abrão, mas Abraão será o teu nome; porque por pai de muitas nações te tenho posto; E te farei frutificar grandissimamente, e de ti farei nações, e reis sairão de ti; E estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência depois de ti em suas gerações, por aliança perpétua, para te ser a ti por Deus, e à tua descendência depois de ti. E te darei a ti e à tua descendência depois de ti, a terra de tuas peregrinações, toda a terra de Canaã em perpétua possessão e ser-lhes-ei o seu Deus. E te darei a ti e à tua descendência depois de ti, a terra de tuas peregrinações, toda a terra de Canaã em perpétua possessão e ser-lhes-ei o seu Deus. Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós, e a tua descendência depois de ti: Que todo o homem entre vós será circuncidado.

Gênesis 21; 1-8: O nascimento de Isaque

E o SENHOR visitou a Sara, como tinha dito; e fez o SENHOR a Sara como tinha prometido. E concebeu Sara, e deu a Abraão um filho na sua velhice, ao tempo determinado, que Deus lhe tinha falado. E Abraão pós no filho que lhe nascera, que Sara lhe dera, o nome de Isaque. E Abraão circuncidou o seu filho Isaque, quando era da idade de oito dias, como Deus lhe tinha ordenado. E era Abraão da idade de cem anos, quando lhe nasceu Isaque seu filho. E disse Sara: Deus me tem feito riso; todo aquele que o ouvir se rirá comigo. Disse mais: Quem diria a Abraão que Sara daria de mamar a filhos? Pois lhe dei um filho na sua velhice. E cresceu o menino, e foi desmamado; então Abraão fez um grande banquete no dia em que Isaque foi desmamado.

Hebreus 11; 17 e 18: Pela fé ofereceu Abraão a Isaque, quando foi provado; sim, aquele que recebera as promessas ofereceu o seu unigênito. Sendo-lhe dito: Em Isaque será chamada a tua descendência, considerou que Deus era poderoso para até dentre os mortos o ressuscitar.


Algo que muitos não pensam ao ler Gênesis 22; 1-19, é o que se passou na cabeça/mente de Isaque, cujo pouco tempo antes havia perguntado ao seu pai (Abraão) onde estava o cordeiro para o holocausto, e logo em seguida foi amarrado e posto deitado no altar sobre a lenha, ou seja, ele viu que seria o holocausto.

Mesmo que não tenha sido concretizado, pois o que Deus queria era ver se Abraão estaria disposto a ir até o fim, e quando viu (não só na atitude como na intenção do coração) logo o mandou parar e providenciou o carneiro.

Hebreus 4; 12: Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

Quando o comparamos a Cristo é neste momento, cujo foi entregue por holocausto e não esboçou nenhuma reação contrária à ação do seu pai, ali ele estava sendo um prenúncio da morte de Cristo.

Isaías 53; 7: Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca.

Façamos uma alusão/comparação de Isaque com uma criança comum, vemos que normalmente as crianças tem confiança em seus pais, e seu lhe pedirem para pular de um muro de 2 metros em sua direção, ela (a criança) confiará que seu pai/mãe irá lhe segurar e não lhe deixará cair no chão. Creio que deve ter sido esta sensação que Isaque teve, confiou no seu pai e que Ele sabia o que estava fazendo. Creio que Ele também confiou em Deus, que como seu pai dissera, haveria de prover para si o cordeiro e até o último instante acreditou nisto.

Salmos 37; 5: Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele tudo fará.

Creia, confie, tenha fé nEle, e o que for necessário pra sua vida, Ele fará!
 
Há coisas que não só precisamos crer, mais agir também; porém neste caso, a ação na realidade era a falta de reação contrária.
 
 
Por isto e por outros acontecimentos na vida de Abraão que hoje o temos como Pai da FÉ!
 
É uma benção ouvir a voz de Deus e obedecê-lo sem titubear, pois aos fiéis Ele galardoará/abençoará; quando digo fiéis, não são aqueles que fazem alguma coisa pra Deus esperando receber algo em troca, são aqueles que fazem crendo que há um propósito para tal, mesmo que a principio não compreenda bem a finalidade, porém após verem o resultado aumentam a sua fé, pois creram sem ver (isto é FÉ) e cumprem com a aliança que fez com Deus, pois é muito fácil dizer que vai fazer algo e quando chega o momento se esquece, porém a aliança/concerto que Deus fez com Abrão/Abraão em Gênesis 17; 10 o vemos cumprir em Gênesis 21; 4.
 
 

Não sejamos como Tomé, que precisou ver pra crer!
Precisamos ter Fé para Viver!
 
Hebreus 11; 1 e 6: Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem. Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.
 
João 13; 7: Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois.
 
João 20; 24-29: Ora, Tomé, um dos doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. Disseram-lhe, pois, os outros discípulos: Vimos o Senhor. Mas ele disse-lhes: Se eu não vir o sinal dos cravos em suas mãos, e não puser o dedo no lugar dos cravos, e não puser a minha mão no seu lado, de maneira nenhuma o crerei. E oito dias depois estavam outra vez os seus discípulos dentro, e com eles Tomé. Chegou Jesus, estando as portas fechadas, e apresentou-se no meio, e disse: Paz seja convosco. Depois disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão, e põe-na no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente. E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu! Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram.
 
 
VALE A PENA CRER EM DEUS!
 
 
 
Que Deus em Cristo vos Abençoe!
 
Fraternalmente,
Erica Carla

No hay comentarios.: