Motivos para ter criado o Blog:

Mi foto
Eu criei este Blog pra levar a Palavra de Deus a toda criatura. (Marcos 16; 15) Obs.: É por meio deste Blog que eu estou publicando os Estudos que já havia enviado aos meus amigos por e-mail, e aos que não viram todos, aqui terão acesso a eles; pois também foi pelo aumento na demanda de pessoas nos grupos de e-mail que criei o blog. Eu já publiquei os novos, após publicar os anteriores." A Palavra de Deus se renova a cada manhã!", "O céu e a terra passarão, mas as minhas Palavras não hão de passar. - Mateus 24; 35" Um outro motivo pra o blog existir foi por causa de alguns amigos que me incentivaram/estimularam e ajudaram pra que essa idéia se concretizasse e por meio dela, muitas almas sejam alcançadas. Aproveitem este espaço pra conhecer um pouco mais da Palavra de Deus e me ensinar também! Obs.: “Muitas das mensagens que postei fui eu quem “escreveu”, utilizando a Palavra de Deus; e as que não fui eu que “escrevi” completamente ou complementei, procurei citar o nome do autor, e alguns que não coloquei foi por não saber quem é!” Este Blog só existe pra levar a Mensagem do Sofrimento de Jesus na Cruz, que foi por Amor a mim e a você! E não para qualquer outro propósito!

"Mas importa que o Evangelho seja primeiramente pregado entre todas as nações."

Marcos 13;10


domingo, 15 de septiembre de 2013

Quando a solidão chegar, Conte com Ele!

Salmos 25; 16: Olha para mim, e tem piedade de mim, porque estou solitário e aflito.




Conversando com uma distinta e respeitada senhora, já idosa, que teve um casamento bem-sucedido, constituiu uma bela e sólida família, agora, nos seus anos de viuvez, me disse do seu intento de contrair um segundo casamento porque a dor da solidão, a falta de um amigo, companheiro eram bastante intensas.

O próprio Jesus experimentou a dor e a angústia no Jardim de Oração junto aos seus discípulos:

Marcos 14; 33 e 34: E tomou consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, e começou a ter pavor, e a angustiar-se. E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui, e vigiai.


Paulo, o apóstolo, quando na prisão em Roma, escreveu a Timóteo fazendo-lhe este pedido:

2 Timóteo 4; 9, 13 e 21 a: Procura vir ter comigo depressa, Quando vieres, traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, principalmente os pergaminhos. Procura vir antes do inverno.


O próprio Criador, nosso bondoso Deus, depois de criar todas as coisas pelo seu infinito poder, criou o homem:

Gênesis 1; 26 e 27: E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.


Sim, após criar o homem e colocá-lo no jardim, o quê nos diz que aconteceu depois?

Gênesis 2; 18: E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele.


Deus nos criou para os relacionamentos, para a comunhão.


Vivemos hoje numa sociedade globalizada, informatizada, com o mundo na ponta dos dedos. Basta acessar a internet e estamos conectados com o mundo. Os muros caíram, a cor, a raça, a língua, a religião, a cultura já não nos separam. Mas com todos os recursos à nossa disposição, ao nosso alcance, vivemos isolados: cônjuges, pais e filhos, amigos. Nossos laços de relacionamentos são frágeis e frios, nossa comunicação é técnica e formal. Moramos no mesmo prédio e não nos conhecemos, vivemos na mesma casa e não temos comunhão. Nosso trabalho, a sede de conquista não nos deixam tempo para nos curtir.

Que bom seria se os casais se abraçassem, se entendessem e se curtissem. Como seria lindo pais e filhos dialogando. Seria tão emocionante descobrirmos o poder de um elogio, de um gesto, de um abraço, de um passeio juntos, de mãos entrelaçadas, de olhares se cruzando, de mãos afagando. Tudo isto é possível, pode acontecer.

Podemos contar com Ele para nos capacitar e nos levar à prática de tudo aquilo que edifica e glorifica o Pai Celestial.


Pare para meditar no que estudamos hoje:

Romanos 12; 10: Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros.


Oremos:

Pai querido,
Confio em ti e reconheço que és o meu auxílio, que me socorre e me conforta nos momentos de solidão, enchendo-me da tua paz.
Muito obrigada. Eu te amo!
Em nome de Jesus. Amém!


Pastor Messias Anacleto Rosa



Que Deus em Cristo vos Abençoe!

Fraternalmente,
Erica Carla

No hay comentarios.: